O que é blasfêmia contra o Espirito Santo?

  • Quem é o Espirito Santo?

É o Espírito da:

  • Verdade.

João 16:13 “Mas quando o Espírito da verdade vier, Ele os guiará a toda a verdade. Não falará de si mesmo; falará apenas o que ouvir, e lhes anunciará o que está por vir. Ele me glorificará, porque receberá do que é meu e o tornará conhecido a vocês.”

  • Da alegria, da paz, da Justiça .

Romanos 14:17 “ Pois o Reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, paz e alegria no Espírito Santo.”

  • Consolação, amigo e companheiro na caminhada com Jesus.

João 14:16E eu pedirei ao pai, e ele lhes dará outro Conselheiro para estar com vocês para sempre, o Espírito da verdade. O mundo não pode recebê-lo porque não o vê nem o conhece. Mas vocês o conhecem, pois ele vive com vocês e estará em vocês.”

O Espirito Santo de Deus é a Terceira pessoa da Trindade e, por essência, Santo. O Espírito Santo é que nos “sela” para o dia da redenção, ou seja, o Espírito Santo em nós é a garantia, o selo, e a certeza da vida, e a certeza da herança que nos aguarda. Ele está em nossos corações.

  • O que é blasfêmia contra o Espírito Santo de Deus e que não tem perdão?

Conforme a popularidade de Jesus crescia, seus inimigos procuravam, desesperadamente, meios para explicar seus maravilhosos poderes. Finalmente, decidiram alegar que ele expulsava demônios pelo poder do próprio Satanás

Mateus 12:22-32 ‘Depois disso, levaram-lhe um endemoninhado que era cego e mudo, e Jesus o curou, de modo que ele pôde falar e ver. Todo o povo ficou atônito e disse: Não será este o Filho de Davi? Mas quando os fariseus ouviram isso disseram: É somente por Belzebu, o príncipe dos demônios, que ele expulsa demônios. Jesus conhecendo seus pensamentos, disse-lhes: Todo reino dividido contra si mesmo será arruinado, e toda cidade ou casa dividida contra si mesma não subsistirá. Se Satanás expulsa Satanás, está dividido contra si mesmo. Como, então, subsistirá seu reino? E se eu expulso demônios por Belzebu, por quem os expulsam os filhos de vocês? Por isso eles mesmos serão juízes sobre vocês. Mas se é pelo Espírito Santo de Deus que eu expulso demônios, então chegou a vocês o reino de Deus. Ou, como alguém pode entrar na casa do homem forte e levar dali seus bens, sem antes amarrá-lo? Só então poderá roubar a casa dele. Aquele que não está comigo, está contra mim; e aquele que comigo não ajunta, espalha. Por esse motivo eu lhes digo: Todo pecado e blasfêmia serão perdoados aos homens, mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada. Todo aquele que disser uma palavra contra o Filho do homem será perdoado, mas quem falar contra o Espirito Santo não será perdoado, nem nesta era nem na que há de vir.”

As mesmas passagens pode se ver em: Marcos 3:22-30 e Lucas 11:14-23.

Os argumentos de Jesus foram os seguintes:

1. Satanás não atacaria a si mesmo, pois ninguém luta contra si mesmo.

2. Se eu expulso demônios por Satanás, como seus filhos os expelem?

3. Para roubar a casa de um homem forte, tem-se primeiro que amarrá-lo. Expulsando demônios, estou amarrando Satanás, de modo que eu possa cumprir minha missão de resgatar àqueles que Satanás mantém cativos.

Sua advertência foi: “Em verdade vos digo que tudo será perdoado aos filhos dos homens: os pecados e as blasfêmias que proferirem. Mas aquele que blasfemar contra o Espírito Santo não tem perdão para sempre, visto que é réu de pecado eterno.” (Marcos 3:28-30).

O que é este pecado imperdoável?

Muitos trechos ensinam que é possível ir tão longe de Deus que não se pode retornar.

  • Paulo adverte sobre consciências insensíveis.

1 Timóteo 4:2 “Tais ensinamentos vêm de homens hipócritas e mentirosos, que Têm a consciência cauterizada…”

  • Hebreus fala de corações endurecidos.

Hebreus 3: 7-12 “ Assim como diz o Espírito santo: Hoje, se vocês ouvirem a sua voz, não endureçam o coração como na rebelião, durante o tempo da provação no deserto, onde os seus antepassados me tentaram, pondo-me à prova, apesar de, durante quarenta anos, terem visto o que eu fiz. Por isso fiquei irado contra aquela geração e disse: O seu coração está sempre se desviando, e eles não reconheceram os meus caminhos. Assim jurei na minha ira: Jamais entrarão no meu descanso. Cuidado irmãos, para que nenhum de vocês tenha coração perverso e incrédulo, que se afaste do Deus vivo.”

  • Hebreus fala daqueles pecados que não podem ser trazidos de volta ao arrependimento.

Hebreus 6: 4-6 “Ora, para aqueles que uma vez foram iluminados, provaram o dom celestial, tornaram-se participantes do Espírito Santo, experimentaram a bondade da palavra de deus e os poderes da era que há de vir, e caíram, é impossível que sejam reconduzidos ao arrependimento; pois para si mesmos estão crucificando de novo o Filho de Deus, sujeitando-o à desonra pública.”

  • João fala daqueles cujos pecados levam à morte. Uma vez que eles se recusam a se arrependerem e a confessá-los .

1 João 5:16-17 “Se alguém vir seu irmão cometer pecado que não leva à morte, ore, e Deus dará vida ao que pecou. Refiro-me àqueles cujo pecado não leva a morte. Há pecado que leva a morte; não estou dizendo que se deva orar por este. Toda injustiça é pecado, mas há pecado que não leva a morte.”

  • O próprio Jesus fala do solo que foi pisoteado e compactado ao ponto em que nenhuma semente pode germinar.

Lucas 8:5 “O semeador saiu a semear. Enquanto lançava a semente, parte dela caiu à beira do caminho; foi pisada, e as aves do céu a comeram.”

Cada passo que damos afastando-nos de Deus aproxima-nos do ponto sem retorno. Podemos perder o poder moral para mudar e voltar ao Senhor. A blasfêmia contra o Espírito Santo consiste na rejeição da graça divina ou rejeição do evangelho, dureza do coração humano rejeitando a obra, a divindade, do ministério salvador de Jesus Cristo, o Filho de Deus. A negação da verdade do perdão trazido pelo sacrifício de Jesus e a consequente remissão de pecados , é não permitir que sejam anulados os pecados. Ë a rejeição da obra do Espírito de Deus em levar o arrependimento e ao perdão. Não nos compete julgar, porque não sabemos exatamente o que se passou no coração, mas avaliando o  caso de Judas Iscariotes: acompanhou Jesus de perto; participou do seu ministério, até ajudou nos milagres, conhecia os lugares de oração, mas não conhecia Jesus como salvador. Por esse motivo, a blasfêmia contra o Espírito Santo dá como resultado a condenação eterna. Ora, o perdão em Cristo é o elo de restauração entre Deus e o ser humano. Se não há perdão, não há redenção, comunhão nem compartilhar com Deus. É resistência ao Espírito; é tornar o coração como pedra, insensível aos apelos do Espírito. Assim sendo, não pode haver perdão. O próprio Deus fez tudo por nós enviando o seu próprio filho para morrer na cruz e consequentemente pagar o preço que era nosso. Deus alegremente aceita e perdoa a todos que se arrependem.

Lucas 15 - Jesus conta da alegria no céu quando um pecador se arrepende na parábola da ovelha perdida, no encontro da moeda perdida e na volta do filho pródigo.

2 Pedro 3:9O Senhor não demora em cumprir a sua promessa, como julgam alguns. Ao contrário, ele é paciente com vocês, não querendo que ninguém pereça, mas que todos cheguem ao arrependimento.”

O problema está em que alguns rejeitam cada tentativa de Deus para motivar o arrependimento. Depois que Jesus deixou a terra, o Espírito Santo veio para revelar a mensagem final da salvação. Para aqueles que a recusam e se voltam contra o Espírito Santo, Deus não tem nenhum outro plano. Não há outro sacrifício pelo pecado.

Hebreus 10:26-31 “Se continuarmos a pecar deliberadamente depois que recebemos o conhecimento da verdade, já não resta sacrifício pelos pecados, mas tão somente uma terrível expectativa de juízo e de fogo intenso que consumirá os inimigos de Deus. Quem rejeitava a Lei de Moisés morria sem misericórdia pelo depoimento de duas ou três testemunhas. Quão mais severo castigo, julgam vocês, merece aquele que pisou aos pés o Filho de Deus, profanou o sangue da aliança pelo qual ele foi santificado, e insultou o espírito da graça? Pois, conhecemos aquele que disse: A mim pertence a vingança; eu retribuirei; e outra vez: O Senhor julgará o seu povo. Terrível coisa é cair nas mãos do Deus vivo.”

Aqueles cujo estado endurecido faz com que recusem o rogo final de Deus, nunca serão perdoados. Esta é a blasfêmia contra o Espírito Santo. Queira Deus conceder-nos corações tenros para prontamente responder à sua Palavra.

  • O que é entristecer o Espírito Santo de Deus?

É cometer o que não combina com Jesus em pensamento, palavras ou ações:

I Tessalonicenses 5: 19Não apaguem o Espírito.”

Efésios 4:30 “Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção.”

Atos 7:51 “Povo rebelde, obstinado de coração e de ouvidos! Vocês são iguais aos seus antepassados, sempre resistem ao Espírito Santo.”

  • Quando mentimos, Ele é o Espírito da verdade. Fora a falsidade, a mentira e a deslealdade.

  • Quando descremos, porque Ele é o espírito da Fé. Fora a ansiedade, a desconfiança, a duvida , a preocupação!

  • Quando não perdoamos, porque Ele é o espírito da Graça. Fora o que é maliciosos, indelicado e demorado para operdoar!

  • Quando nos degradamos, porque Ele é o espírito da santidade. Fora o que é impuro, ultrajante e degradante!

    Importante sempre lembrar:

I Coríntios 2: 9-12 “Mas como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam. Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito. O Espírito penetra todas as coisas, até mesmo as profundezas de Deus. Pois qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o espírito de Deus. Mas nós, não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus.”

As coisas de Deus são reveladas pelo seu Espírito. O Espírito nos faz conhecer as profundezas de Deus. O Espirito Santo é o próprio Deus!

Share
Posted in estudo by agnes at September 27th, 2010.
Tags: ,