A alegria da restauração!!

Salmos 71:20,23  “Restaurarás a minha vida, e das profundezas da terra de novo me farás subir.” “Os meus lábios gritarão de alegria quando eu cantar louvores a ti, pois tu me redimiste”.

Estudamos os primeiros dois motivos de nossa real alegria: o primeiro motivo de nossa alegria é termos a nossa reserva no céu, o segundo motivo de alegria é o prazer de descobrir a presença , o propósito e o poder de Cristo através das nossas tribulações. O terceiro motivo vamos estudar hoje: a alegria que  vai  mais além ainda do  resultado da  salvação e da  descoberta do Deus que nos salvou, é a alegria que vem do resultado da  nossa restauração. Vamos observar 3 circunstâncias onde Deus traz restauração.

Salmos 71:1-24  “Em ti, Senhor, busquei refúgio; nunca permitas que eu seja humilhado. Resgata-me e livra-me por tua justiça; inclina o teu ouvido para mim e salva-me. Peço-te que sejas a minha rocha de refúgio, para onde eu sempre possa ir; dá ordem para que me libertem, pois és a minha rocha e a minha fortaleza. Livra-me, ó meu Deus, das mãos dos ímpios, das garras dos perversos e cruéis. Pois tu és a minha esperança, ó Soberano Senhor, em ti está a minha confiança desde a juventude. Desde o ventre materno dependo de ti; tu me sustentaste desde as entranhas de minha mãe. Eu sempre te louvarei! Tornei-me um exemplo para muitos, porque tu és o meu refúgio seguro. Do teu louvor transborda a minha boca, que o tempo todo proclama o teu esplendor. Não me rejeites na minha velhice; não me abandones quando se vão as minhas forças. Pois os meus inimigos me caluniam; os que estão à espreita juntam-se e planejam matar-me. “Deus o abandonou”, dizem eles; “persigam-no e prendam-no, pois ninguém o livrará”. – Não fiques longe de mim, ó Deus; ó meu Deus, apressa-te em ajudar-me. Pereçam humilhados os meus acusadores; sejam cobertos de zombaria e vergonha os que querem prejudicar-me. Mas eu sempre terei esperança e te louvarei cada vez mais. A minha boca falará sem cessar da tua justiça e dos teus incontáveis atos de salvação. Falarei dos teus feitos poderosos, ó Soberano Senhor; proclamarei a tua justiça, unicamente a tua justiça. Desde a minha juventude, ó Deus, tens me ensinado, e até hoje eu anuncio as tuas maravilhas. Agora que estou velho, de cabelos brancos, não me abandones, ó Deus, para que eu possa falar da tua força aos nossos filhos, e do teu poder às futuras gerações. Tua justiça chega até as alturas, ó Deus, tu, que tens feito coisas grandiosas. Quem se compara a ti, ó Deus? Tu, que me fizeste passar muitas e duras tribulações, restaurarás a minha vida, e das profundezas da terra de novo me farás subir. Tu me farás mais honrado e mais uma vez me consolarás. E eu te louvarei com a lira por tua fidelidade, ó meu Deus; cantarei louvores a ti com a harpa, ó Santo de Israel. Os meus lábios gritarão de alegria quando eu cantar louvores a ti, pois tu me redimiste. Também a minha língua sempre falará dos teus atos de justiça, pois os que queriam prejudicar-me foram humilhados e ficaram frustrados. “

1-      Que tipo de relacionamento o salmista tinha com Deus e por que?____________

2-      Identifique os medos do salmista. ( V. 1,4,9-12)______________________

3-      Você reconhece amargura nas palavras do salmista? (  ) sim   (  )  não

4-      De onde o salmista está sendo restaurado? (V. 20)____________________

5-      Qual será a resposta do salmista para a restauração? (V. 22-24)__________

Uma razão para Deus nos permitir experimentar problemas é porque Ele deseja nos revelar Sua alegria através da restauração. Essas duras palavras de Davi: “Tu, que me fizeste passar muitas e duras tribulações”. Podemos ver através da Palavra de Deus que as situações na vida do cristão é o resultado da perfeita vontade de Deus. Não estamos nos referindo a vontade permissiva de Deus, quando decidirmos nos desviar. Estamos nos referindo a Sua perfeita escolha para nós, para  que conheçamos as dificuldades para que ganhemos o reino…tempos em que Ele ordena dificuldades nas nossas vidas com propósito, Deus não tem nenhum prazer em que soframos. Temos experimentado situações onde finalmente somos forçados a reconhecer como absoluta vontade de Deus. A nossa vida nunca é fácil…e podemos ter a certeza de que nunca será. Podemos ter a certeza também de que o melhor de Deus nunca vai ser fácil também. Deus raramente irá remover de nossas vidas circunstâncias ou pessoas que nos levarão a dobrar os joelhos em oração. Muitas de nossas dificuldades devem ter sido ordenadas por Ele.

Filipenses 3:10  “Quero conhecer a Cristo, ao poder da sua ressurreição e à participação em seus sofrimentos, tornando-me como ele em sua morte.”

-Qual era o maior desejo de Paulo?____________________

Quais os dois assuntos que Paulo vê como parte de “conhecer a Cristo”?

- O poder da Sua ________________________

-A participação em __________________________

Não podemos realmente conhecer Cristo até que  aprendamos a nos  identificar  em seus sofrimentos. Os amigos mais chegados foram aqueles que contamos na hora da dor. Quanto mais o nosso precioso Redentor! Não é só para nossa maturidade espiritual que Deus permite que passemos por dificuldades….

2 Coríntios 1:3-7   “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Pai das misericórdias e Deus de toda consolação, que nos consola em todas as nossas tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus, possamos consolar os que estão passando por tribulações. Pois assim como os sofrimentos de Cristo transbordam sobre nós, também por meio de Cristo transborda a nossa consolação. Se somos atribulados, é para consolação e salvação de vocês; se somos consolados, é para consolação de vocês, a qual lhes dá paciência para suportarem os mesmos sofrimentos que nós estamos padecendo. E a nossa esperança em relação a vocês está firme, porque sabemos que, da mesma forma como vocês participam dos nossos sofrimentos, participam também da nossa consolação.”

 Em que situações você tem confortado com o mesmo conforto que recebeu de Deus?______________________

Fazendo uma retrospectiva, você é capaz de identificar algum propósito nas suas dificuldades?_______________________________

Você deve estar perguntando: devemos aceitar que nossas vidas sejam vividas em constante dor? Vamos ver o que a palavra diz….

1 Pedro 5:10   “E o Deus de toda a graça, que em Cristo Jesus vos chamou à sua eterna glória, depois de haverdes padecido um pouco, ele mesmo vos aperfeiçoará, confirmará, fortificará e fortalecerá. “

Quanto tempo Pedro diz que devemos sofrer?____________________________

O que Pedro diz que virá depois do sofrimento?_____________________________

Se Deus ordena a dificuldade para você , Ele ordenará também a restauração. Tenha a certeza disso.

Salmos 85: 4-7   “Restaura-nos mais uma vez, ó Deus, nosso Salvador, e desfaze o teu furor para conosco. Ficarás indignado conosco para sempre? Prolongarás a tua ira por todas as gerações? Acaso não nos renovarás a vida, a fim de que o teu povo se alegre em ti? Mostra-nos o teu amor, ó Senhor, e concede-nos a tua salvação! “

Deus quer nos restaurar do abismo causado pelo pecado. Falamos sobre verdadeiro arrependimento. A parte maravilhosa do arrependimento é a benção da restauração que vem a seguir.Você tem estado separado de Deus por causa do laço de algum pecado? Sei que é um terrível sentimento, nos deixa miseráveis. Você pode não estar disposto a desistir desse pecado…. nada se compara a alegria da restauração.

Vamos olhar outra área onde Deus deseja trazer restauração.

Jeremias 31: 1-20   “”Naquele tempo”, diz o Senhor, “serei o Deus de todas as famílias de Israel, e eles serão o meu povo. ” Assim diz o Senhor: “O povo que escapou da morte achou favor no deserto”. Quando Israel buscava descanso, o Senhor lhe apareceu no passado, dizendo: “Eu a amei com amor eterno; com amor leal a atrai. Eu a edificarei mais uma vez, ó virgem, Israel! Você será reconstruída! Mais uma vez você se enfeitará com guizos e sairá dançando com os que se alegram. De novo você plantará videiras nas colinas de Samaria; videiras que os lavradores que as tinham plantado antes profanaram. Porque vai chegando o dia em que os sentinelas gritarão nas colinas de Efraim: ‘Venham e subamos a Sião, à presença do Senhor, do nosso Deus’ “. Assim diz o Senhor: “Cantem de alegria por causa de Jacó; gritem, exaltando a principal das nações! Proclamem e dêem louvores dizendo: ‘O Senhor salvou o seu povo, o remanescente de Israel’. Vejam, eu os trarei da terra do norte e os reunirei dos confins da terra. Entre eles estarão o cego e o aleijado, mulheres grávidas e em trabalho de parto; uma grande multidão voltará. Voltarão com choro, mas eu os conduzirei em consolações. Eu os conduzirei às correntes de água por um caminho plano, onde não tropeçarão, porque sou pai para Israel e Efraim é o meu filho mais velho. “Ouçam a palavra do Senhor, ó nações, e proclamem nas ilhas distantes: ‘Aquele que dispersou Israel os reunirá e, como pastor, vigiará o seu rebanho’. O Senhor resgatou Jacó e o libertou das mãos do que é mais forte do que ele. Eles virão e cantarão de alegria nos altos de Sião; ficarão radiantes de alegria pelos muitos bens dados pelo Senhor: o cereal, o vinho novo, o azeite puro, as crias das ovelhas e das vacas. Serão como um jardim bem regado, e não mais se entristecerão. Então as moças dançarão de alegria, como também os jovens e os velhos. Transformarei o lamento deles em júbilo; eu lhes darei consolo e alegria em vez de tristeza. Satisfarei os sacerdotes com fartura; e o meu povo será saciado pela minha bondade”, declara o Senhor. Assim diz o Senhor: “Ouve-se uma voz em Ramá, pranto e amargo choro; é Raquel que chora por seus filhos e recusa ser consolada, porque os seus filhos já não existem”. Assim diz o Senhor: “Contenha o seu choro e as suas lágrimas, pois o seu sofrimento será recompensado”, declara o Senhor. “Eles voltarão da terra do inimigo. Por isso há esperança para o seu futuro”, declara o Senhor. “Seus filhos voltarão para a sua pátria. “Ouvi claramente Efraim lamentando-se: ‘Tu me disciplinaste como a um bezerro indomado, e fui disciplinado. Traze-me de volta, e voltarei, porque tu és o Senhor, o meu Deus. De fato, depois de desviar-me, eu me arrependi; depois que entendi, bati no meu peito. Estou envergonhado e humilhado porque trago sobre mim a desgraça da minha juventude’. Não é Efraim o meu filho querido? O filho em quem tenho prazer? Cada vez que eu falo sobre ele, mais intensamente me lembro dele. Por isso o meu coração por ele anseia; tenho por ele grande compaixão”, declara o Senhor. “

O capítulo 31 é o capítulo  da restauração que tem a ver com disciplina.

Jeremias 31:3   “o Senhor lhe apareceu no passado, dizendo: “Eu a amei com amor eterno; com amor leal a atrai. “

Por que Deus odeia estar separado de seus filhos?_________________

Jeremias 31:18   “”Ouvi claramente Efraim lamentando-se: ‘Tu me disciplinaste como a um bezerro indomado, e fui disciplinado. Traze-me de volta, e voltarei, porque tu és o Senhor, o meu Deus. “

Lembre disciplina precede a restauração. Lembre, disciplinar basicamente significa ensinar. Como pais ensinamos nossos filhos em muitos diferentes caminhos, as vezes gentilmente,as vezes firmemente e em caminhos que as crianças não gostam muitas vezes.

Hebreus 12:6-7,10   “pois o Senhor disciplina a quem ama, e castiga todo aquele a quem aceita como filho”. Suportem as dificuldades, recebendo-as como disciplina; Deus os trata como filhos. Pois, qual o filho que não é disciplinado por seu pai? Nossos pais nos disciplinavam por curto período, segundo lhes parecia melhor; mas Deus nos disciplina para o nosso bem, para que participemos da sua santidade. “

Deus nos trata como filhos. Deus nos disciplina para nosso bem para que compartilhemos de Sua santidade.

Releia Jeremias 31. Localize pelo menos 10 promessas de restauração: ___________

Amada, você necessita de restauração? Você tem experimentado dificuldades vindas com o da mão do Senhor e não da sua? Ou tem você estado separada de Deus por causa da culpa do pecado? Tem você ultimamente experimentado a disciplina do Senhor?Minha amiga, se  desejar , a restauração está chegando!Quem promete é fiel!!!

Share
Posted in biblia, estudo by agnes at October 3rd, 2011.
Tags:
  • DIRCE

    É UMA BENÇÃO LER E REFLETIR OS ESTUDOS BIBLICOS. NECESSITO SIM, DE RESTAURAÇÃO E TENHO CERTEZA ELA IRÁ CHEGAR PELAS MÃOS DO SENHOR.
    ELE QUER NOS ENSINAR AS VEZES COM AUTORIDADE, O QUE MUITAS PESSOAS NÃO ACEITAM.
    OUTRAS VEZES DÓCIL, CAVALHEIRO, NOBRE.
    UMA ESPÉCIE DE TESTE: O SENHOR QUER TESTAR ATÉ ONDE VAI A NOSSA FÉ.
    ESTOU ACOMPANHANDO O ESTUDO COM VCS.
    UM BEIJÃO AMADINHA,
    DIRCE