Humildade Altruista ( Quem pensa mais nos outros do que em si)

Tito 3:1-2   “Lembre a todos que se sujeitem aos governantes e às autoridades, sejam obedientes, estejam sempre prontos a fazer tudo o que é bom, não caluniem a ninguém, sejam pacíficos e amáveis e mostrem sempre verdadeira mansidão para com todos os homens. “

Estamos estudando a Mansidão, Praotes no grego, 8 característica do Fruto do Espírito, que significa basicamente “parar de lutar com Deus”. A submissão à vontade de Deus é a prioridade. Perderemos a batalha se não nos submetemos a Deus e as autoridades que Ele coloca sobre nós. O segundo aspecto de praotes é a humildade.

A Palavra praotes do grego é traduzida para o portugues como humildade, releia a passagem acima de Tito 3:1-2. Através desse estudo de hoje estaremos indo procurar entender a respeito de uma das ordens mais importantes de Deus.

Leia cada uma dessas passagens abaixo e diga o resultado da humildade em cada uma delas.

2 Cronicas 7:14   ”Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se afastar dos seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei o seu pecado e curarei a sua terra.”______________________________

2 Cronicas 34:27   “Já que o seu coração se abriu e você se humilhou diante de Deus quando ouviu o que ele falou contra este lugar e contra os seus habitantes, e você se humilhou diante de mim, rasgou as suas vestes e chorou na minha presença, eu o ouvi, declara o Senhor.”_________

Esdras 8: 21-23   “Ali, junto ao canal de Aava, proclamei um jejum, a fim de que nos humilhássemos diante do nosso Deus e lhe pedíssemos uma viagem segura para nós e nossos filhos, com todos os nossos bens. Tive vergonha de pedir soldados e cavaleiros ao rei para nos protegerem dos inimigos na estrada, pois tínhamos dito ao rei: “A mão bondosa de nosso Deus está sobre todos os que o buscam, mas o seu poder e a sua ira são contra todos os que o abandonam”. Por isso jejuamos e suplicamos essa bênção ao nosso Deus, e ele nos atendeu. ” ________________

Proverbios 6: 1-3   “Meu filho, se você serviu de fiador do seu próximo, se, com um aperto de mãos, empenhou-se por um estranho e caiu na armadilha das palavras que você mesmo disse, está prisioneiro do que falou. Então, meu filho, uma vez que você caiu nas mãos do seu próximo, vá e humilhe-se; insista, incomode o seu próximo!” ______________

Tiago 4:10   “Humilhem-se diante do Senhor, e ele os exaltará.” _____________________

1 Pedro 5:6   “Portanto, humilhem-se debaixo da poderosa mão de Deus, para que ele os exalte no tempo devido. “______

A lista de passagens sobre a humildade  são muitas e continuam e continuam… Com certeza podemos notar uma ordem comum em todas as passagens: que nos humilhemos! Através de toda a  o nossa  série de estudos temos observado o preço do orgulho. Nenhum de nós quer ser arrogante ou cheio de orgulho, mas então como podemos estimular a humildade em nós?

A Palavra grega frequentemente traduzida para humildade é tapeinos. É uma palavra que basicamente significa modéstia e “auto piedade para com Deus”. Tapeinos traz a idéia correta da estimativa de quem realmente somos. É o  resultado de nos esvaziarmos de nós mesmos. Aqueles com autentica humildade, são aqueles que praticam realmente a confissão, e se sentem indignos  de merecer qualquer coisa… por isso precisam  receber a maravilhosa Graça ( favor que não merece) de Deus. Resumindo todas essas definições cuidadosamente, descobriremos que a  humildade  é a correta estimativa de quem somos e de quem Deus é.

Vamos examinar a vida de pessoas que literalmente concretizaram essas definição. As Escrituras nos falam de um homem que conhecia a chave de um Espírito cheio de humildade e praticou a arte de se humilhar através de sua vida na Terra. Seu nome? João Batista. O texto? João 1 : 6-35.

João 1: 6-35   “Surgiu um homem enviado por Deus, chamado João. Ele veio como testemunha, para testificar acerca da luz, a fim de que por meio dele todos os homens cressem. Ele próprio não era a luz, mas veio como testemunha da luz. Estava chegando ao mundo a verdadeira luz, que ilumina todos os homens. Aquele que é a Palavra estava no mundo, e o mundo foi feito por intermédio dele, mas o mundo não o reconheceu. Veio para o que era seu, mas os seus não o receberam. Contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus, os quais não nasceram por descendência natural, nem pela vontade da carne nem pela vontade de algum homem, mas nasceram de Deus. Aquele que é a Palavra tornou-se carne e viveu entre nós. Vimos a sua glória, glória como do Unigênito vindo do Pai, cheio de graça e de verdade. João dá testemunho dele. Ele exclama: “Este é aquele de quem eu falei: Aquele que vem depois de mim é superior a mim, porque já existia antes de mim”. Todos recebemos da sua plenitude, graça sobre graça. Pois a Lei foi dada por intermédio de Moisés; a graça e a verdade vieram por intermédio de Jesus Cristo. Ninguém jamais viu a Deus, mas o Deus Unigênito, que está junto do Pai, o tornou conhecido. Esse foi o testemunho de João, quando os judeus de Jerusalém enviaram sacerdotes e levitas para lhe perguntarem quem ele era. Ele confessou e não negou; declarou abertamente: “Não sou o Cristo”. Perguntaram-lhe: “E então, quem é você? É Elias? ” Ele disse: “Não sou”. “É o Profeta? ” Ele respondeu: “Não”. Finalmente perguntaram: “Quem é você? Dê-nos uma resposta, para que a levemos àqueles que nos enviaram. Que diz você acerca de si próprio? “ João respondeu com as palavras do profeta Isaías: “Eu sou a voz do que clama no deserto: ‘Façam um caminho reto para o Senhor’ “. Alguns fariseus que tinham sido enviados interrogaram-no: “Então, por que você batiza, se não é o Cristo, nem Elias, nem o Profeta? “ Respondeu João: “Eu batizo com água, mas entre vocês está alguém que vocês não conhecem. Ele é aquele que vem depois de mim, cujas correias das sandálias não sou digno de desamarrar”. Tudo isso aconteceu em Betânia, do outro lado do Jordão, onde João estava batizando. No dia seguinte João viu Jesus aproximando-se e disse: “Vejam! É o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! Este é aquele a quem eu me referi, quando disse: Vem depois de mim um homem que é superior a mim, porque já existia antes de mim. Eu mesmo não o conhecia, mas por isso é que vim batizando com água: para que ele viesse a ser revelado a Israel”.Então João deu o seguinte testemunho: “Eu vi o Espírito descer do céu como pomba e permanecer sobre ele. Eu não o teria reconhecido, se aquele que me enviou para batizar com água não me tivesse dito: ‘Aquele sobre quem você vir o Espírito descer e permanecer, esse é o que batiza com o Espírito Santo’. Eu vi e testifico que este é o Filho de Deus”. No dia seguinte João estava ali novamente com dois dos seus discípulos. “

- O que João Batista confessou que ele não era (v.20)?_____________

- O que João Batista falou a respeito dele mesmo?________________

- Ao ver Jesus, qual foi o nome que João Batista usou para chamar Jesus?__________

- Que outras evidências você ve que  mostram a humildade de João Batista?__________

Mateus 11:11   “Digo-lhes-lhes a verdade: Entre os nascidos de mulher não surgiu ninguém maior do que João Batista; todavia, o menor no Reino dos céus é maior do que ele. “

- Qual era a opinião de Jesus com relação a João Batista?__________

Lucas 1:5-17   ”  No tempo de Herodes, rei da Judéia, havia um sacerdote chamado Zacarias, que pertencia ao grupo sacerdotal de Abias; Isabel, sua mulher, também era descendente de Arão. Ambos eram justos aos olhos de Deus, obedecendo de modo irrepreensível a todos os mandamentos e preceitos do Senhor. Mas eles não tinham filhos, porque Isabel era estéril; e ambos eram de idade avançada. Certa vez, estando de serviço o seu grupo, Zacarias estava servindo como sacerdote diante de Deus. Ele foi escolhido por sorteio, de acordo com o costume do sacerdócio, para entrar no santuário do Senhor e oferecer incenso. Chegando a hora de oferecer incenso, o povo todo estava orando do lado de fora. Então um anjo do Senhor apareceu a Zacarias, à direita do altar do incenso. Quando Zacarias o viu, perturbou-se e foi dominado pelo medo. Mas o anjo lhe disse: “Não tenha medo, Zacarias; sua oração foi ouvida. Isabel, sua mulher, lhe dará um filho, e você lhe dará o nome de João. Ele será motivo de prazer e de alegria para você, e muitos se alegrarão por causa do nascimento dele, pois será grande aos olhos do Senhor. Ele nunca tomará vinho nem bebida fermentada, e será cheio do Espírito Santo desde antes do seu nascimento. Fará retornar muitos dentre o povo de Israel ao Senhor, o seu Deus. E irá adiante do Senhor, no espírito e no poder de Elias, para fazer voltar o coração dos pais a seus filhos e os desobedientes à sabedoria dos justos, para deixar um povo preparado para o Senhor”.

- Qual foi a profecia do anjo com relação ao futuro do bebe? (v. 15-17)________

Somente um homem em toda a história foi escolhido  para preparar o caminho do esperado Messias. A intervenção milagrosa de Deus favorecendo seu precioso filho. Ele cresceu como homem para ser reverenciado como rei dos Reis! Se existia alguem na terra que tinha motivo para se orgulhar era João Batista.

João 3:30   “É necessário que ele cresça e que eu diminua. “

João Batista possuía uma incomparável humildade. Diversos fatores cruciais alimentaram a chama da humildade nessa pessoa única.

Primeiro, não podemos perder as significantes palavras do anjo Gabriel em Lucas 1:15   “pois será grande aos olhos do Senhor. Ele nunca tomará vinho nem bebida fermentada, e será cheio do Espírito Santo desde antes do seu nascimento. “João foi cheio do Espírito Santo desde o nascimento! Como foi o impacto que o enchimento do Espírito teve na visão de João com relação a Deus e a ele próprio? O supernatural  resultado de ser cheio do Espírito certamente incluiu a humildade – elemento abundante naa mansidão! Humildade vem  do enchimento com o Espírito Santo. Quanto mais João se esvaziava dele mesmo, mais o Espírito Santo podia enchê-lo!

O segundo fator que alimentava a chama da humildade de João era a humildade de sua mãe! Podemos ver que Isabel era uma mulher humilde diante de Deus e dos outros. No nascimento de João podemos observar   esse exemplo de humildade.

O terceiro fator que influenciou a humildade de João foi o ensinamento que havia recebido. Isabel sabia que Jesua era o Cristo. Ele era seu “Senhor”. Ela ensinou seu filho a reconhecê-lo como Ele realmente era.

Vamos agora aplicar esses princípios para a humildade em nós mesmas, Como João Batista se tornou um homem humilde?

- Foi cheio com o Espírito Santo.

- Conheceu a humildade através do exemplo.

- Honrou a Jesus Cristo.

Amadas , João teve as mesmas oportunidades que nós temos hoje para aprendermos a lição da humildade.

- Podemos orar para sermos cheios do Espírito Santo e podemos ter os requisitos necessários para Deus responder as nossas orações.

- Podemos adotar um homem ou uma mulher da Bíblia como modelo e nos cercarmos com aqueles que são cheios do Espírito  para serem nossos exemplos de humildade.

- Podemos parar de confraternizarmos com pessoas arrogantes e orgulhosas.

-Podemos orar por uma convicção contínua de pecado e por um espírito pronto para o arrependimento como João possuía.

-Podemos estudar continuamente quem Cristo é na Palavra de Deus; podemos ser dramaticamente transformados pelo que descobrimos.

Humildade é um dos supernatural resultados do correto relacionamento com Deus.

A palavra hebraica frequentemente traduzida para a palavra humildade  no Velho Testamento é Kana que significa “dobrar o joelho”. Humildade não significa baixa auto -estima e humilhação. Por outro lado   , a falsa humildade é nada mais do que uma outra forma de orgulho.

Colossenses 2:18, 23   “Não permitam que ninguém que tenha prazer numa falsa humildade e na adoração de anjos os impeça de alcançar o prêmio. Tal pessoa conta detalhadamente suas visões, e sua mente carnal a torna orgulhosa. “”Essas regras têm, de fato, aparência de sabedoria, com sua pretensa religiosidade, falsa humildade e severidade com o corpo, mas não têm valor algum para refrear os impulsos da carne. “

A falsa humildade não faz nada, mas engana os outros e nos desqualifica para uma genuína recompensa. A genuína humildade nasce de joelhos dobrados.

Mateus 2:1-12   “Depois que Jesus nasceu em Belém da Judéia, nos dias do rei Herodes, magos vindos do Oriente chegaram a Jerusalém e perguntaram: “Onde está o recém-nascido rei dos judeus? Vimos a sua estrela no Oriente e viemos adorá-lo”. Quando o rei Herodes ouviu isso, ficou perturbado, e com ele toda a Jerusalém. Tendo reunido todos os chefes dos sacerdotes do povo e os mestres da lei, perguntou-lhes onde deveria nascer o Cristo. E eles responderam: “Em Belém da Judéia; pois assim escreveu o profeta: ‘Mas tu, Belém, da terra de Judá, de forma alguma és a menor entre as principais cidades de Judá; pois de ti virá o líder que, como pastor, conduzirá Israel, o meu povo’ “. Então Herodes chamou os magos secretamente e informou-se com eles a respeito do tempo exato em que a estrela tinha aparecido. Enviou-os a Belém e disse: “Vão informar-se com exatidão sobre o menino. Logo que o encontrarem, avisem-me, para que eu também vá adorá-lo”. Depois de ouvirem o rei, eles seguiram o seu caminho, e a estrela que tinham visto no Oriente foi adiante deles, até que finalmente parou sobre o lugar onde estava o menino. Quando tornaram a ver a estrela, encheram-se de júbilo. Ao entrarem na casa, viram o menino com Maria, sua mãe, e, prostrando-se, o adoraram. Então abriram os seus tesouros e lhe deram presentes: ouro, incenso e mirra. E, tendo sido advertidos em sonho para não voltarem a Herodes, retornaram a sua terra por outro caminho.”

Nessa passagem do encontro dos Magos com Jesus vemos o resultado da verdadeira humildade.

- Como os magos mostraram sua humildade? (V,11)________________________

Então , nos perguntamos: – Como nos tornarmos verdadeiramente humildes? Busque a Deus e irá descobrí-lo. Descubra Deus e irá se encontrar…dobrando os joelhos diante do Todo Poderoso. Não será capaz de resistí-lo dando às costas por nenhum tesouro desse mundo.

É forte descrever o sentimento da necessidade de assumir a postura literal de humildade diante de Deus em oração. Frequentemente falamos sobre ter uma correta atitude de coração ,  nosso coração é introduzido para uma grande humildade quando dobramos nossos joelhos e nos humilhamos diante de Deus. Nos ajoelharmos diante de Deus em nossos momentos particulares com Ele, fará com que evitemos que o orgulho se acenda em nossas vidas.A física postura pode ter um grande impacto na nossa estatura espiritual!

Em poucas e ultimas palavras: Muitas vezes a parte mais difícil não é nos humilharmos diante de Deus…sabemos que Ele é muito maior do que nós! A parte mais difícil  é nos humilharmos perante os outros.

Filipenses 2:3   “Nada façam por ambição egoísta ou por vaidade, mas humildemente considerem os outros superiores a si mesmos. ”

- O que Paulo nos ordena fazer em Filipenses 2:3 ?

(   )Amar Deus com todo o nosso coração, mente, alma e força.

(   ) Considerar os outros melhores superiores a nós.

(   ) Orar sem cessar.

(   ) Ter a fé como a semente do grão de mostarda.

Vamos ter em mente: Como  podemos verdadeiramente estimar os outros mais do que a nós mesmos? Não existe uma resposta pré determinada.    Podemos identificar caminhos concretos onde podemos provocar atitudes certas em nós com relação aos outros e estar confortável estimando   eles mais do que a nós mesmas.

- Quais são as suas idéias para estimar outros?____________________

Espero que tenha listado algumas específicas idéias, quando estamos num correto relacionamento com Deus, nossos próprios pecados vem à tona para restaurar o relacionamento com os outros. Voce pode confiar Nele! Podemos começar a ver agora como é importante o enchimento do Espírito Santo? Ele é a chave para a vitoriosa vida cristã!

Beth Moore

Share
Posted in biblia, estudo by agnes at November 2nd, 2012.
Tags: ,