Da Infantilidade à Maturidade – Segunda Parte

Provérbios 4:23  Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida.”

Romanos 12:2Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”

1 Coríntios 13:1  Quando eu era menino, falava como menino, pensava como menino e raciocinava como menino. Quando me tornei homem, deixei para trás as coisas de menino.”

2 Coríntios 10:3-5 Porque, andando na carne, não militamos segundo a carne. Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas;Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo.”

Temos um cérebro e pensamos todo o tempo. O que pensamos gera sentimentos que terminam no que falamos e agimos. A Palavra de Deus nos ensina a renovarmos o nosso pensamento e o dominarmos se queremos agradar a Deus. É no pensamento onde o inimigo entra. Se ele dominar nossos pensamentos , ele vai nos dominar.

Vimos na primeira parte desse estudo “Da Infantilidade à Maturidade”: Os sinais da pessoa infantil; as consequências da infantilidade; a decisão de deixar essas infantilidades pedindo a Deus para revelar a origem e nos restaurar.

Continuando o mover da Infantilidade à maturidade….

 5- Repare o danos que a sua infantilidade causou.

 Podemos com nossas atitudes, como e o que falamos ter magoado ou ferido. Como consertar?

  •  Seja sensível a voz de Deus. Se nasceu de novo, aceitou a Jesus com Senhor e Salvador da sua vida , o Espírito Santo habita em você ;
  • Aceite responsabilidades; quando errou não de desculpas ou coloque a culpa do erro em outros

  • Admita o fracasso;

  • Peça perdão;

  • Dê tempo para a confiança ser restaurada; é necessário frutos de arrependimento;

  • Saiba que nem todas as tentativas da vida serão um sucesso.

 6- Ponha rédea nos seus pensamentos.

 Gálatas 5:22-23Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei.

2 Timóteo 1:7 Pois Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder, de amor e de equilíbrio.

 Como vamos colocar uma rédea nos nossos pensamentos?

-Sentindo que a força da nossa mente está na direção errada, o Espírito Santo nos alerta;

-Vendo que as nossas atitudes e ações estão mostrando que já estamos indo no caminho errado em nossos pensamentos;

- Aplicando freios mentais;

- Observando as consequências  de continuarmos nessa forma de pensar e onde iremos chegar;

-Lembrando do que realmente queremos, queremos crescer!

7- Redirecionar a nossa mente para a maturidade espiritual e emocional.

Efésios 4:22-24Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano; E vos renoveis no espírito da vossa mente; E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade.

Use a lista do “Fruto do Espírito”como um guia para o pensamento maduro.

- amor

-Alegria

-Paz

-Paciência

-Bondade

-Fidelidade

-Gentileza

-Mansidão

-Auto-controle, domínio próprio

 2 Coríntios 13:11 “Quanto ao mais, irmãos, regozijai-vos, sede perfeitos, sede consolados, sede de um mesmo parecer, vivei em paz; e o Deus de amor e de paz será convosco.”

 Quando estivermos ansiosos, tensos ou preocupados… direcionaremos as rédeas da nossa mente para a Paz que só Deus pode dar. Sabemos quem Ele é, conhecemos o Seu amor, sabemos que deu a Sua vida para nos resgatar da morte…podemos confiar!

Trazendo os frutos do Espírito para a nossa mente vamos viver como Jesus quer que vivamos, à Sua semelhança.

Share
Posted in biblia, estudo by agnes at April 3rd, 2014.
Tags: ,