João 17

Quero abrir meu coração para a Palavra de Deus. Creio que vou receber revelação, entendimento, luz da Palavra de Deus para gerar fé no meu espírito. Creio que serei alimentado, transformado de glória em glória pelo poder de Deus, santificado na verdade de Deus, em nome de Jesus, Amém.”

 João 17: 3 “A vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.”

 O capítulo de João 17 é uma oração, chamada oração sacerdotal. Em João 18, Jesus já vai para o Getsêmani, onde Jesus vai orar novamente, sendo registrado nos outros evangelhos.

 Qual é o ponto central do Capítulo 17?

 Observação: Deus não ouve orações gerais, vagas. Ex: “Deus abençoe minha família”.É genérico , amplo. Jesus nos dá o exemplo, Ele ora especificamente, nossas orações devem ser específicas também.

Aproximando-se de Deus

de Max Lucado

Jesus nos convida a nos aproximar de Deus como uma criança se aproxima de seu papai! E como é que crianças se aproximam de seus pais? Eu fui para a área de recreio de uma escola para descobrir. Quando uma criança de cinco anos vê seu pai no estacionamento, o que é que ela faz?

Oba!” gritou um menino de cabelo ruivo com uma mochila do Batman.

Painho! Venha para cá me empurrar!” gritou um menino com boné do Flamengo que correu direto para o balanço.

Eis o que eu não ouvi: “Pai, é demais gracioso do senhor conduzir o carro do senhor para o meu local de educação. Rogo que o senhor saiba da minha profunda gratidão pela sua benevolência. Pois o senhor é esplêndido em vosso cuidado e diligente em vossa dedicação.”

Eu escutei crianças que estavam felizes por ver seus pais e ansiosas para falar com eles! Deus nos convida a nos aproximar dEle da mesma maneira. Que alívio!

2 pedidos dessa oração:

Primeiro pedido – Jesus pede para ser glorificado e com essa glorificação o Pai também ser glorificado.

v.1-5 “Jesus falou assim e, levantando seus olhos ao céu, e disse: Pai, é chegada a hora; glorifica a teu Filho, para que também o teu Filho te glorifique a ti; Assim como lhe deste poder sobre toda a carne, para que dê a vida eterna a todos quantos lhe deste. E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste. Eu glorifiquei-te na terra, tendo consumado a obra que me deste a fazer. E agora glorifica-me tu, ó Pai, junto de ti mesmo, com aquela glória que tinha contigo antes que o mundo existisse.”

O que é glorificação? O que é glória?

Na religião falamos ou fazemos algo que muitas vezes podem não ter realidade interior, não sabemos muitas vezes o que estamos falando ou mesmo fazendo, meros “papagaios”

Glorificação é manifestação. Jesus nos diz que já nos deu a Glória que recebeu do Pai. Ele veio para revelar o Pai a nós e Ele o fez. . O alvo de Deus era essa revelação , manifestação, glorificação.

Deus criou o homem a sua imagem e semelhança com um propósito.

Efésios 1:12a fim de que nós, os que primeiro esperamos em Cristo, sejamos ( o que?) para o louvor ( enaltecer, elogiar ,reverência através de gestos e ações) da sua glória.” ( Fomos criados para exaltar a glória de Deus)
Gênesis 1:27E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.”

Fomos criados para expressar Deus. Fomos criados para expressar a imagem de Deus. Deus queria que quando se visse o homem, se veria o próprio Deus revelado.

E Jesus?

Colossenses 1: 15 “Ele (em Jesus estava a glória) é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação.”

Quem foi criado a imagem de Deus? Jesus e Nós.

Fomos feitos a imagem e semelhança de Deus, porém o pecado destruiu essa imagem.

Jesus era diferente de nós aqui na terra? Não, mas em nós a imagem de Deus foi destruída pelo pecado.

Essa glorificação se cumpre na ressurreição. Na ressurreição de Jesus essa imagem é restaurada, primeiro em Jesus , depois em nós.Por que o diabo nos odeia tanto? Por que o Homem é capaz de fazer coisas tão terríveis? O diabo queria ser como Deus e Deus faz o homem a sua imagem e semelhança. Satanás odeia o homem e decide destruir esse homem. O homem perde a imagem de Deus por causa da desobediência.

Isaías 14:13-14 “Você que dizia no seu coração: “Subirei aos céus; erguerei o meu trono acima das estrelas de Deus; eu me assentarei no monte da assembléia, no ponto mais elevado do monte santo. Subirei mais alto que as mais altas nuvens; serei como o Altíssimo”.

Na ressurreição , Jesus nos devolve a glória de Deus. Não é algo físico, não é questão de nariz ,boca…) é a sua presença manifesta em nós. Jesus é a exata expressão de Deus Pai, é o primogênito. Quem é o segundo, terceiro…?Nós, nós seremos. Essa é a oração de Jesus, que o Pai o glorificasse, porque ai Ele glorificaria todos, bilhões e bilhões de pessoas.

Quando Deus criou o homem esperava que o homem fosse igual a Ele, mas o inimigo aprontou e estragou a imagem de Deus, mas não importa o quanto estragou, Jesus pode restaurar.

v.2 “Pois lhe deste autoridade sobre toda a humanidade, para que conceda a vida eterna a todos os que lhe deste.”

Qual é a glória de uma semente de rosa? A rosa já esta dentro da semente, mas ela precisa morrer para crescer e florescer. A flor é a glória da semente.O mesmo ocorre conosco, precisamos morrer para nós mesmos e Jesus ser o Senhor das nossas vidas para que toda a criação possa ver a glória de Deus em nós. Agora essa glória esta limitada, mas um dia vai brotar. Não se podia ver essa glória de Jesus quando ele estava na carne, mas ela estava lá. O mesmo ocorre com quem é de Deus hoje, ninguém pode ver, mas vai desabrochar.

Apocalipse 4:1-3 “Depois dessas coisas olhei, e diante de mim estava uma porta aberta no céu. A voz que eu tinha ouvido no princípio, falando comigo como trombeta, disse: “Suba para cá, e lhe mostrarei o que deve acontecer depois dessas coisas”.Imediatamente me vi tomado pelo Espírito, e diante de mim estava um trono no céu e nele estava assentado alguém.Aquele que estava assentado era de aspecto semelhante a jaspe e sardônio. Um arco-íris, parecendo uma esmeralda, circundava o trono.”

Apocalipse 21: 10-11 “Ele me levou no Espírito a um grande e alto monte e mostrou-me a Cidade Santa, Jerusalém,( a noiva, a igreja, reunião dos santos de todas as épocas) que descia do céu, da parte de Deus. Ela resplandecia com a glória de Deus, e o seu brilho era como o de uma jóia muito preciosa, como jaspe, clara como cristal.”

A imagem de Deus é expressada pela igreja. Não é só Jesus que é a expressão de Deus. É toda a Igreja. Ele é o cabeça, sem Ele não há expressão.

A última expressão dada a Igreja é como a noiva. Deus criou o homem , e do homem fez a mulher porque não era bom que o homem estivesse sozinho. Agora eram 2? Não, o propósito de Deus é que seriam uma só carne.

Gênesis 2:24 “Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne.’

Efésios 3:20-21 “Àquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos, de acordo com o seu poder que atua em nós, a ele seja a glória na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre! Amém!”

2- Para que eles sejam um.

v.6-13Eu revelei teu nome àqueles que do mundo me deste. Eles eram teus; tu os deste a mim, e eles têm guardado a tua palavra. Agora eles sabem que tudo o que me deste vem de ti.Pois eu lhes transmiti as palavras que me deste, e eles as aceitaram. Eles reconheceram de fato que vim de ti e creram que me enviaste. Eu rogo por eles. Não estou rogando pelo mundo, mas por aqueles que me deste, pois são teus.Tudo o que tenho é teu, e tudo o que tens é meu. E eu tenho sido glorificado por meio deles. Não ficarei mais no mundo, mas eles ainda estão no mundo, e eu vou para ti. Pai santo, protege-os em teu nome, o nome que me deste, para que sejam um, assim como somos um.Enquanto estava com eles, eu os protegi e os guardei pelo nome que me deste. Nenhum deles se perdeu, a não ser aquele que estava destinado à perdição, para que se cumprisse a Escritura. “Agora vou para ti, mas digo estas coisas enquanto ainda estou no mundo, para que eles tenham a plenitude da minha alegria.”

Unidade, 3 vezes o Senhor Jesus orou para que fôssemos um. Deus é triúno: Pai, Filho e Espírito Santo, três tem o sentido de completo. Paulo orou três vezes para que o Senhor tirasse um espinho que tinha na carne. Jesus foi tentado 3 vezes no deserto. Jesus orou 3 vezes no Getsêmani. Três vezes indica completo, até o final, pleno. Há alguma oração de Jesus que o Pai não ouviu?

Romanos 8:15-16Pois vocês não receberam um espírito que os escravize para novamente temer, mas receberam o Espírito que os adota como filhos, por meio do qual clamamos: “Aba, Pai”( paizinho). O próprio Espírito testemunha ao nosso espírito que somos filhos de Deus.”

Gálatas 4:1 “Digo porém que, enquanto o herdeiro é menor de idade, em nada difere de um escravo, embora seja dono de tudo. ”

Somos adotados ou filhos legítimos? Se lermos o capítulo inteiro de romanos vamos entender bem. Toda criança naquela época ainda não era considerada filho até os 14 ou 15 anos, quando havia uma cerimônia, ai ele passava a ser filho e herdeiro do pai. Teknon no grego é filho criança, que não pode usar nem ter nada que o pai tem, precisa ser huius, filho adulto no grego, para usufruir a herança do pai. Ser filho é participar da vida que o pai tem. Deus não é pai como um título, Ele não é hipócrita, somos filhos Dele. Porque morremos e nascemos de novo. No dia em que Jesus morreu, morri com ele, como ele ressuscitou , recebi nova vida, não sou mais pecador, nem sou mais filho do diabo, agora sou salvo e justificado pelo sangue do Cordeiro..

João 1: 12-13 “Contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus, os quais não nasceram por descendência natural, nem pela vontade da carne nem pela vontade de algum homem, mas nasceram de Deus.”

Quando se compreende o que é ser filho, se é capaz de entender a intimidade de chamar Deus de “Paizinho”. Por isso que podemos testificar que somos filhos de Deus , chamamos Deus de “Aba Pai” . Dentro de nós tem um clamor que confirma que somos filhos.

O que tem isso a ver com a unidade pedida por Jesus?

v.11 “Não ficarei mais no mundo, mas eles ainda estão no mundo, e eu vou para ti. Pai santo, protege-os em teu nome, o nome que me deste, para que sejam um, assim como somos um.”

Podemos estar separados , com detalhes diferentes , mas temos o mesmo Pai. Cristãos podem se chamar católicos, presbiterianos, batistas, da Assembleia de Deus… não importa o nome de onde você congrega, se você recebeu a Jesus como Senhor e Salvador da sua vida, há unidade, porque Deus ouviu a oração de Jesus. Por que há críticas? Por causa da imaturidade.

Estágios de unidade;

- Primeiro estágio – porque somos irmãos, temos o mesmo Pai, nível elementar, a maioria está nesse nível.

-Segundo estágio – Santificação.

v.7 “Eu revelei teu nome àqueles que do mundo me deste. Eles eram teus; tu os deste a mim, e eles têm guardado a tua palavra.” (logos= palavra escrita,eterna, palavra constante que não muda)

v.8 “Pois eu lhes transmiti as palavras que me deste, e eles as aceitaram. Eles reconheceram de fato que vim de ti e creram que me enviaste.”( rhema=ouvir Deus falando)

v.17 “Santifica-os na verdade; a tua Palavra é a verdade.”

v.20-21 “Minha oração não é apenas por eles. Rogo também por aqueles que crerão em mim, por meio da mensagem deles, para que todos sejam um, Pai, como tu estás em mim e eu em ti. Que eles também estejam em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.”

Deus ora outra vez pela unidade. Você tem idéia dessa comunhão? A mesma comunhão que Deus tem com Jesus, de Jesus com o Espírito Santo….essa mesma comunhão é que teremos. Isso ocorre na santificação visto no v.17.

Fomos gerados filhos pela Palavra. Deus gera tudo pela Palavra.

A unidade ocorre porque temos o mesmo pai, mas a unidade real ocorre na santidade.A diferença é o mundo . Mas perigoso do que o diabo é o mundo, porque as coisas do mundo nem sempre tem aparência de  más, podem inclusive serem até boas em si mesmas. É na santificação que crescemos em unidade.

A unidade cresce quando temos coisas em comum, mas se a prioridade do meu irmão é o mundo….A igreja pode ser comparada a um barco, ele pode estar no mar, mas o mar não pode estar no barco, porque senão o barco afunda. Por que tem muito cristão afundando na vida? Afundando espiritualmente, afundando na família, no casamento? Se submeter ao marido? Nunca, isso não existe mais….se quer ser moderna, se torna mundano. Quando o mundo entra na sua casa destrói a sua família, quando ele entra no seu coração estraga sua comunhão com Deus. O Senhor não orou para nos livrar do pecado, nem do diabo, orou para que nos livrasse do mundo. Mais perigoso do que o diabo e o pecado, é o mundo, porque o amor do Pai não vai estar ali. O que é pior :não achamos que amar o mundo é pecado porque de fato não é,são coisas legítimas, ninguém se escandaliza.

Quando se fala em santificação, se pensa em pecado , não é? Quando se fala que uma pessoa está andando em santificação, se imagina que ela esta vivendo em integridade. Mas para Jesus , santificação significa separação, do que? Do mundo. Por que não é do pecado? Porque aquele que é de Deus não vive na prática do pecado.Santificação não é se livrar do diabo, porque ele não pode mais nos tocar.

A mulher quando se veste, a intenção dela é para cobrir ou para  mostrar o corpo? Existe a desculpa do clima brasileiro. Ninguém pode dizer que alguém esta pecando por usar roupa A ou B, a questão é :  é do mundo ou não? No Gênesis, ocorreu a primeira menção de roupa na Bíblia quando o homem pecou, descobriram que estavam nus e se cobriram com roupas de folhas e depois Deus fez uma roupa. O significado de roupa é para cobrir. Com que intenção você se veste? É para cobrir ou para se mostrar? Guarde-os do mundo era a oração de Jesus. O mundo é que provoca separação no povo de Deus.

Não pense que é a doutrina quem separa as igrejas, uma das coisas que separa é a política, o mundo entra para causar divisão. A ida de uma pessoa para congregar em outro lugar é desprestígio. Prédio cheio , bancos cheios é porque o lugar está abençoado. Uma multidão de pessoas significa a glória do líder espiritual. Não importa se as pessoas estão sendo edificadas, se estão sendo alimentadas e se estão crescendo em Deus,isso é mundo. O mundo quer aparecer , estar em evidência, “ a minha igreja é a maior “ porque isso tem peso político. Inimigos terríveis do homem: dinheiro, poder, sexo e a preguiça.

Por que a santidade nos leva a crescer em unidade?

Observamos dois aspectos:

-O primeiro aspecto é porque ela nos leva a mudar de posição. Saiu de um lugar para o outro. Estava no mundo, está em Deus. Estava fazendo errado e agora faz o certo. Significa separação.

- O segundo aspecto é o desposicional. O boi que estava no pasto ele era secular, normal. Quando Moisés o leva para o Tabernáculo ele muda de posição, ele é santificado. Mas quando ele é imolado, colocado no altar e queimado, isso é o aspecto desposicional. Significa mudança de disposição interior. Há uma santificação que não é só rejeitar as coisas do mundo, é mudar as posturas, motivações e atitudes interiores, é se colocar inteiramente no altar. Quando se avança nesse segundo nível a unidade também avança.

v.22Dei-lhes a glória que me deste, para que eles sejam um,assim como nós somos um:eu neles e tu em mim. Que eles sejam levados à plena unidade, para que o mundo saiba que tu me enviaste, e os amaste como igualmente me amaste.”

A base da nossa unidade não é opinião humana, nem pensamento humano, nem doutrina, a base deve ser a Glória de Deus. É um nível profundo. Quando isso acontece há cura,libertação, unidade, proximidade, restauração e comunhão. Estamos no processo, o buscar é importante. É importante conhecer a Deus e a Sua Palavra, ter fome para a vida de Deus se manifestar em cada um de nós.

Amém!!!!

Share
Posted in biblia, estudo by agnes at November 25th, 2014.