O Gigante chamado Inveja

Os Gigantes se apresentam de muitas formas e personalidades, mas todos eles têm o mesmo efeito sobre nós – querem nos paralisar – eles restringem as nossas vidas e minam a nossa esperança, a nossa fé e a determinação para lutar. Hoje estaremos olhando para um gigante chamado ciúme.

 Tiago 3:14-16Mas, se tendes amarga inveja, e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade.Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica.Porque onde há inveja e espírito faccioso aí há perturbação e toda a obra perversa. ”

 1. Reconheça a sua presença.

 Temos a tendência de buscarmos desculpas para o que estamos sentindo e temos dificuldades em reconhecer o ciúme e a inveja em nossas vidas. Por exemplo: alguém falhou ou não conosco por isso sentimos isso ou aquilo..o fato que ocorreu leva a uma reação. Essa reação pode ser desencadeada por uma série de fatos, como por exemplo:: Alguém que está tendo mais popularidade ou mais amigos no facebook… tem um carro ou uma casa que queríamos…uma roupa mais bonita…ou está coma aparência muito boa….muitas razões podem causar o ciúme e a inveja….

 O ciúme acontece quando:

- Acreditamos que nós é que merecemos as vantagens, aplausos, valorização, reconhecimento ou a promoção que alguém está recebendo.Resumindo: merecemos mais popularidade.

- Comparando nossas vidas e circunstâncias com alguém de maneira desfavorável, com o desejo de ter o que eles têm.

-Temos medo de perder algo que valorizamos para outra pessoa, um rival. Pode ser uma pessoa ou qualquer coisa.Até em casa, um exemplo simples, uma torta, um bolo, guardo ou pego logo o primeiro pedaço para me garantir. Se preciso escolher algo, tenho urgência em ser logo o primeiro a pegar a melhor parte, sentar nos melhores lugares, ser reconhecido e honrado.

-Somos inseguros com relação a nossa capacidade, a nossa aceitação e oportunidade que os outros perto de nós também podem vir a ter e estão envolvidos na mesma situação, ou seja, quando percebemos competição.

 Essas coisas nos tornam vulneráveis ao ciúme e a inveja.

 2. Reconheça de onde veio.

 Quando diminuímos o sucesso ou algo que alguém conquistou ou possui, podemos pensar o motivo de estarmos agindo dessa forma. Podemos observar em exemplos simples como: Alguém está muito bonito ou bonita, dizemos que é claro, é porque fez plástica….uma alfinetada, ao invés de estar feliz com a aparência do outro.

O ciúme e a inveja são frutos de nossa natureza caída dando legalidade a entidades demoníaca que levam o caos e o mal a qualquer situação onde existam relacionamentos sob seu domínio, seja no trabalho, em família, na rua, vizinhança…em todo o mundo. Guarde seu coração! Queremos descobrir uma falta na pessoa que está crescendo, melhorando…? Ou nos alegramos com ela?

O problema não está na pessoa ou fato em si, está na nossa resposta, se reagimos de forma errada ou certa.

Observe o mundo, quanta fofoca, quanta confusão, quanta corrupção, armações chegando mesmo a agressões e assassinatos.

Marcos 7:21-23 “Porque de dentro, do coração de uma pessoa, saem os maus pensamentos, as imoralidades sexuais, os roubos, os homicídios, os adultérios, a avareza, as maldades, o engano, desejos lascivos, inveja, difamação, orgulho e insensatez. Todas estas más coisas procedem de dentro, eles são o que contamina você.”

 Satanás era um anjo de luz que se rebelou contra Deus porque queria ter a glória de Deus. A inveja, o ciúme, o orgulho fez com que fosse expulso com um terço dos anjos. A Palavra fala pra guardarmos o nosso oração e precisamos guardá-lo contra:

 - Descontentamento e insatisfação; ingratidão. Vivem uma vida inteira dessa forma, só reclamando. Se eu tivesse isso ou aquilo…O que está cheio no coração , a boca fala.

- Medo, insegurança, falta de confiança em você e em Deus.

- Orgulho. Diz: “Eu mereço”.

- Ganância. Diz “Eu quero””Nossa vida é mais do que material.

- Ressentimento e amargura. Traz fatalmente ciúmes e inveja.

Tem bençãos de Deus para nós hoje. Deus tem nos abençoado.

Sempre te adoraremos Senhorcom gratidão por tudo que tens feito por nós!

 3. Saiba onde a inveja age.

Não é uma força passiva, é uma força ativa.

-O ciúme levou Caim a matar Abel.

A inveja de Caim o levou a raiva, onde acabou matando seu irmão.

Gênesis 4:3-5 Passado algum tempo, Caim trouxe do fruto da terra uma oferta ao Senhor.Abel, por sua vez, trouxe as partes gordas das primeiras crias do seu rebanho. O Senhor aceitou com agrado Abel e sua oferta, mas não aceitou Caim e sua oferta. Por isso Caim se enfureceu e o seu rosto se transtornou.”

1 João 3:12 “Não sejamos como Caim, que pertencia ao Maligno e matou seu irmão. E por que o matou? Porque suas obras eram más e as de seu irmão eram justas.

-A inveja levou os irmãos de José ao tráfico de seres humanos e decepção.

Gênesis 37:11Assim seus irmãos tiveram ciúmes dele; o pai, no entanto, refletia naquilo.

Gênesis 37:23,24 “Chegando José, seus irmãos lhe arrancaram a túnica longa,agarraram-no e o jogaram no poço, que estava vazio e sem água.”

Gênesis 37:26-28 “Judá disse então a seus irmãos: “Que ganharemos se matarmos o nosso irmão e escondermos o seu sangue?Vamos vendê-lo aos ismaelitas. Não tocaremos nele, afinal é nosso irmão, é nosso próprio sangue”. E seus irmãos concordaram.”

Atos 7:09 “Os patriarcas, tendo inveja de José, venderam-no como escravo para o Egito. Mas Deus estava com ele”

-O ciúme levou Saul à bruxaria e insanidade.

1 Samuel 18:8-12 “Saul ficou muito irritado, com esse refrão e, aborrecido disse: “Atribuíram a Davi dezenas de milhares, mas a mim apenas milhares. O que mais lhe falta senão o reino? “Daí em diante Saul olhava com inveja para Davi. No dia seguinte, um espírito maligno mandado por Deus apoderou-se de Saul e ele entrou em transe profético em sua casa, enquanto Davi tocava harpa, como costumava fazer. Saul estava com uma lança na mão e a atirou, dizendo: “Encravarei Davi na parede”. Mas Davi desviou-se duas vezes.Saul tinha medo de Davi porque o Senhor o havia abandonado e agora estava com Davi.”

-O ciúme levou os inimigos de Daniel a traçarem a sua própria destruição.

Daniel 6:3-9 Ora, Daniel se destacou tanto entre os supervisores e os sátrapas por suas grandes qualidades, que o rei planejava colocá-lo à frente do governo de todo o império.Diante disso, os supervisores e os sátrapas procuraram motivos para acusar Daniel em sua administração governamental, mas nada conseguiram. Não puderam achar falta alguma nele, pois ele era fiel; não era desonesto nem negligente.Finalmente esses homens disseram: “Jamais encontraremos algum motivo para acusar esse Daniel, a menos que seja algo relacionado com a lei do Deus dele”. E assim os supervisores e os sátrapas de comum acordo foram falar com o rei: “Ó rei Dario, vive para sempre!Todos os supervisores reais, os prefeitos, os sátrapas, os conselheiros e os governadores concordaram em que o rei deve emitir um decreto ordenando que todo aquele que orar a qualquer deus ou a qualquer homem nos próximos trinta dias, exceto a ti, ó rei, seja atirado na cova dos leões. Agora, ó rei, emite o decreto e assina-o para que não seja alterado, conforme a lei dos medos e dos persas, que não pode ser revogada”. E o rei Dario assinou o decreto.”

O ciúme levou os fariseus e sacerdotes em Israel a crucificarem Jesus.

João 12:47, 48 “Se alguém ouve as minhas palavras, e não as guarda, eu não o julgo. Pois não vim para julgar o mundo, mas para salvá-lo.Há um juiz para quem me rejeita e não aceita as minhas palavras; a própria palavra que proferi o condenará no último dia.”

O ciúme conduziu Pedro a questionar o plano de Jesus para João.

João 21:20-22 Pedro voltou-se e viu que o discípulo a quem Jesus amava os seguia. ( Este era o que se inclinara para Jesus durante a ceia e perguntara: “Senhor, quem te irá trair? ” )Quando Pedro o viu, perguntou: “Senhor, e quanto a ele? “Respondeu Jesus: “Se eu quiser que ele permaneça vivo até que eu volte, o que lhe importa? Siga-me você”.

O ciúme levou os judeus a tentar matar Paulo.

Atos 17:2-5 “Segundo o seu costume, Paulo foi à sinagoga e por três sábados discutiu com eles com base nas Escrituras, explicando e provando que o Cristo deveria sofrer e ressuscitar dentre os mortos. E dizia: “Este Jesus que lhes proclamo é o Cristo”.Alguns dos judeus foram persuadidos e se uniram a Paulo e Silas, bem como muitos gregos tementes a Deus, e não poucas mulheres de alta posição.Mas os judeus ficaram com inveja. Reuniram alguns homens perversos dentre os desocupados e, com a multidão, iniciaram um tumulto na cidade. Invadiram a casa de Jasom, em busca de Paulo e Silas, a fim de trazê-los para o meio da multidão.”

Tiago 3:14-16 Mas, se tendes amarga inveja, e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade.Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica.Porque onde há inveja e espírito faccioso aí há perturbação e toda a obra perversa. ”

Ciúme:

Faz você miserável.

Enfraquece sua alma.

Faz você se isolar.

Cria o caos nos relacionamentos – interior e exterior.

Faz você vulnerável para todos os tipos de mal.

Faz com que você perca a bênção que Deus tem para você.

 4. Saiba o que fazer para derrotar o ciúme e a inveja.

-Ore aumentando as bênçãos que estão sobre as pessoas que você achava que já seriam abençoadas o suficiente!

-Seja grato pelo que você tem!

-Louve e promova as pessoas que são o objeto de seu ciúme.

Pastor Dale

Share
Postado por Agnes nas categorias biblia, estudo em July 9th, 2013. 1 Comment.

“UM GIGANTE CHAMADO PREOCUPAÇÃO – Parte 2

A preocupação não é uma emoção normal e natural , saiba que é um ataque , um inimigo espiritual que quer nos destruir. 40% das nossas preocupações não se tornam realidade.O que podemos fazer para evitá-la? Como vencer esse gigante que tira nossa paz, nossa saúde, nossa alegria?

 1. Viver responsavelmente.

O que posso e devo fazer é viver com responsabilidade o hoje. Se vivo irresponsavelmente hoje, pagarei o preço, é claro, amanhã. Vou colher o que plantar. É importante fazer o nosso melhor hoje.Preciso escolher se quero viver em obediência aos princípios de Deus ou viver das minhas emoções.

 Mateus 6:34Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã se preocupará consigo mesmo. Basta a cada dia o seu próprio mal” 

Jesus disse: “Concentre-se no hoje!” Não conseguimos ter certeza de como será o nosso amanhã. A preocupação constrói mundos falsos sobre o nosso amanhã. Quando nos preocupamos com o amanhã perdemos tempo e energia.O hoje precisa e é digno de nossa atenção. Viver melhor hoje vai cuidar das nossas preocupações com o amanhã.

 Para viver responsavelmente precisamos:

- Viver em Obediência. Quanto mais se aprende os princípios de Deus, e os obedecemos, mas sabiamente viveremos.

- Viver fielmente.

- Viver sabiamente, cada dia crescendo em sabedoria,

- Viver honrando a Deus com a nossa vida.

Deuteronômio 28:2-6 Todas estas bênçãos virão sobre vocês e os acompanharão, se vocês obedecerem ao Senhor, ao seu Deus:Vocês serão abençoados na cidade e serão abençoados no campo. Os filhos do seu ventre serão abençoados, como também as colheitas da sua terra e os bezerros e os cordeiros dos seus rebanhos.A sua cesta e a sua amassadeira serão abençoadas.Vocês serão abençoados em tudo o que fizerem. ”

Provérbios 12:11Quem trabalha a sua terra terá fartura de alimento, mas quem vai atrás de fantasias não tem juízo.”

Provérbios 28:19Quem lavra sua terra terá comida com fartura, mas quem persegue fantasias se fartará de miséria.”

1 Coríntios 4:2O que se requer destes encarregados é que sejam fiéis. “

 Como estamos dirigindo a nossa vida? Pelos princípios de Deus ou pelas nossas emoções?

 2. Aprenda com o passado, tenha esperança no futuro, mas viva o presente.

Não devemos viver do passado, mas devemos aprender com ele. Precisamos criar memoriais que nos lembrem a fidelidade do Senhor.

Salmo 77:11Recordarei os feitos do Senhor; recordarei os teus antigos milagres. ”

Jeremias 29:11Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês”, diz o Senhor, “planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro. “

A preocupação pega emprestado os problemas de amanhã – se preocupar traz os problemas do amanhã .para hoje. Temos a tendência de imaginar o que pode acontecer, e que pode não ser real. A Preocupação não vai nos evitar os problemas de amanhã , vai roubar nossa energia de hoje. Somente Deus sabe tudo e todos os detalhes da nossa vida, por isso ao invés de vivermos ansiosos e preocupados, devemos colocar nossa vida nas mãos do senhor porque Ele é fiel.

Mateus 6: 34Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã se preocupará consigo mesmo. Basta a cada dia o seu próprio mal”. 

3.Orar e avançar

 Salmo 37:5 Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele agirá “.

Salmo 62:8 Confiem nele em todos os momentos, ó povo; derramem diante dele o coração, pois ele é o nosso refúgio. “

Filipenses 4:6-8 Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus. Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas. 

A oração que vence a preocupação envolve:

Falar com Deus honestamente o que me atormenta.

Crer que Ele é poderoso.

Entregar suas preocupações ao Senhor.

Agradecer ao Senhor antes de receber.

Share
Postado por Agnes nas categorias biblia, estudo em July 9th, 2013. 1 Comment.

Um gigante chamado Preocupação – parte 1

Como conquistar esse gigante? Deus quer nos tratar internamente. O que te preocupa nesse momento? O que tira sua paz? A preocupação, a ansiedade é seu adversário, uma força espiritual que quer te destruir.

 1. Veja a preocupação como um inimigo.

O que ela faz?

-Rouba a paz e a alegria.

- Reduz a produtividade.

- Suga a energia.

- Leva a ações e decisões ruins.

- Distorce a realidade. Acaba acreditando que as suas preocupações são reais.

- Seqüestra emoções.

- Limita o progresso e o dinamismo.

Marcos 4:7 “Outra parte caiu entre espinhos, que cresceram e sufocaram as plantas, de forma que ela não deu fruto. “. ( Palavra das sementes que caem em diferentes tipos de solo).

 Marcos 4: 18, 19 “Outras ainda, como a semente lançada entre espinhos, ouvem a palavra; mas quando chegam as preocupações desta vida, o engano das riquezas e os anseios por outras coisas, sufocam a palavra, tornando-a infrutífera. “

 Mateus 6:28  “Por que vocês se preocupam com roupas? Vejam como crescem os lírios do campo. Eles não trabalham nem tecem. ”

 Mateus 6:31 Portanto, não se preocupem, dizendo: ‘Que vamos comer? ’ ou ‘que vamos beber? ’ ou ‘que vamos vestir?”

 Mateus 6:34 Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã se preocupará consigo mesmo. Basta a cada dia o seu próprio mal”. 

Filipenses 4:6 Não andem ansiosos ( preocupados) por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. ”

 1 Pedro 5:7 Lancem sobre ele toda a sua ansiedade, ( preocupação) porque ele tem cuidado de vocês. ”

A preocupação não te livra das lágrimas de amanhã , ela te rouba o dia de hoje.

2. Conheça a Deus como seu Pai e Amigo.

 Mateus 6:31-33 Portanto, não se preocupem, dizendo: ‘Que vamos comer? ’ ou ‘que vamos beber? ’ ou ‘que vamos vestir? Pois os pagãos ( aqueles que não tem um relacionamento pessoal com Deus) é que correm atrás dessas coisas; mas o Pai celestial sabe que vocês precisam delas. Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas.” 

Mateus 28:19, 20 Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos”.

 Romanos 8:28 Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito. “

 Romanos 8:38, 39 Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes, nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor. “

Filipenses 4:13 Tudo posso naquele que me fortalece. 

Filipenses 4:19 O meu Deus suprirá todas as necessidades de vocês, de acordo com as suas gloriosas riquezas em Cristo Jesus.O meu Deus suprirá todas as necessidades de vocês, de acordo com as suas gloriosas riquezas em Cristo Jesus.”

Hebreus 13:5, 6Conservem-se livres do amor ao dinheiro e contentem-se com o que vocês têm, porque Deus mesmo disse: “Nunca o deixarei, nunca o abandonarei”. Podemos, pois, dizer com confiança: “O Senhor é o meu ajudador, não temerei. O que me podem fazer os homens? “ 

Como cristãos em Jesus Cristo, temos as promessas de Deus da :

- Providência. Vai antes de nós.

- Provisão. Supre as nossas necessidades

- Proteção. Nos guarda do mal

- Poder. Nos deu o seu Espírito.

- Presença. Estou conosco, nunca nos deixará.

- Produtividade. Nos capacita e fortalece.

 João 14:27Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbem os seus corações, nem tenham medo. ”

Share
Postado por Agnes nas categorias biblia, estudo em May 30th, 2013. No Comments.

O final da história.

Uma coisa podemos ter certeza: Não interessa as situações, os problemas que estamos enfrentando  ou ainda enfrentaremos, se pusermos a nossa fé em Jesus, ficarmos firmes, nossa história terá um final feliz, com certeza!!!!Essa é a nossa certeza, a nossa alegria!!!!

 Apocalipse 21: 1-8   “E vi um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido. E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus. E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas. E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis.E disse-me mais: Está cumprido. Eu sou o Alfa e o Omega, o princípio e o fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida.Quem vencer, herdará todas as coisas; e eu serei seu Deus, e ele será meu filho. Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte.”

O livro de Apocalipse foi escrito para dar coragem aos corações dos cristãos que estavam enfrentando problemas. A palavra “revelação” significa “manifestação” “conhecer algo ignorado”. Apocalipse é um livro que desvenda e revela a batalha espiritual invisível contra Satanás, com a qual a igreja está envolvida.

A mensagem central do Apocalipse é absolutamente clara, prática e essencial para os cristãos de todas as gerações: no final, Jesus Cristo será vitorioso! No fim do mundo, todos os inimigos de Deus serão derrotados. Reinos humanos cairão. Satanás será lançado para baixo. E o maior  - a morte – será vencida para sempre.

 Deus fará um novo mundo.

 Apocalipse 21 :1E vi um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe.”

 1. João escreve no versículo 1 que viu “um novo céu e uma nova terra.” João está descrevendo o nosso mundo e o universo, mas ele o vê rejuvenescido e fundamentalmente transformado. O Deus que falou pela primeira vez ao mundo e a toda a criação o trazendo à existência, vai fazer o mundo novo. E isso vai ser perfeito. O mundo vai ser libertado da escravidão do pecado e da decadência. Vai ser novo. Terminada a maldade humana que estragou tudo.

 2. Em Apocalipse, o mar é o símbolo do caos, da rebelião humana e perigo. É do mar que os inimigos de Deus surgem. É o mar, onde as nações más dobram seu comércio e governam a terra. Quando João diz: “o mar já não existe”, ele está dizendo que “todos os efeitos do pecado humano e da traição que Deus odeia foram apagados!”

Não vamos parar de sermos humanos no céu. Em vez disso, vamos aprender o que significa ser verdadeiramente humanos. Vamos trabalhar, criar, construir e estudar científicamente como nunca fizemos antes. Vamos explorar, descobrir e fazer música como nunca se imaginou.. OApóstolo Paulo nos diz que na nova terra “a própria criação será libertada da escravidão da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus.”

 Romanos 8:20-21 “ Porque a criação ficou sujeita à vaidade, não por sua vontade, mas por causa do que a sujeitou,Na esperança de que também a mesma criatura será libertada da servidão da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus”.

Deus habitará entre o seu povo.

 Apocalipse 21:2-3 E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido.E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus.” 

 1. Nos versículos 2-3, a cidade santa, Jerusalém representa o povo de Deus habitando no lugar de Deus. Assim, a Nova Jerusalém descrita aqui é a igreja de Jesus Cristo. É o povo de Deus de todas as tribos, nações e línguas.

 2. Aqui está a mais incrível notícia: o Deus que nos salvou pela graça, habita em nós. Esta é uma realidade presente para a igreja – mas há uma plenitude futura ainda a ser experimentada. Temos o Espírito Santo e a sua presença agora. Mas isso é apenas uma antecipação da glória futura!

 1 João 3:2 Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que havemos de ser, mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, pois o veremos como ele é.”

 Vamos vê-lo como ele é porque estaremos livres dos efeitos do ofuscamento ou do nosso pecado. Teremos sem impedimentos e sem fim a comunhão com o nosso Criador e Salvador.

 Deus fará com que todas as coisas fiquem certas.

Apocalipse 21: 4 ”Ele enxugará dos seus olhos toda lágrima. Não haverá mais morte, nem tristeza, nem choro, nem dor, pois a antiga ordem já passou”.

 O versículo 4 diz que Deus não está indo só refazer o mundo e eliminar o pecado, ele também vai tirar todos os efeitos remanescentes do pecado em nossos corações e vidas. Lágrimas de arrependimento. Lágrimas de culpa. Lágrimas de promessas quebradas. Lágrimas de perda e separação. Lágrimas sobre o que foi tirado de nós. Lágrimas de solidão e angústia secreta. Temos nossas próprias histórias de como o nosso pecado e o pecado de outras pessoas nos têm prejudicado. Um dia, Jesus estará indo consertar tudo. As mãos que foram perfuradas por nós para que toda a nossa culpa fosse perdoada, um dia enxugará as nossas lágrimas.

 Nossa resposta ao Apocalipse de João :

 Apocalipse 21: 5-8 “Aquele que estava assentado no trono disse: “Estou fazendo novas todas as coisas! ” E acrescentou: “Escreva isto, pois estas palavras são verdadeiras e dignas de confiança”.Disse-me ainda: “Está feito. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim. A quem tiver sede, darei de beber gratuitamente da fonte da água da vida. O vencedor herdará tudo isto, e eu serei seu Deus e ele será meu filho. Mas os covardes, os incrédulos, os depravados, os assassinos, os que cometem imoralidade sexual, os que praticam feitiçaria, os idólatras e todos os mentirosos — o lugar deles será no lago de fogo que arde com enxofre. Esta é a segunda morte”.

 Receber a salvação gratuita de Deus.

 Esta passagem termina com um aviso muito sério: aqueles que se afastam de Jesus, aqueles que desobedecem a Deus e rejeitam o seu governo vão morrer e serão condenados ao lago de fogo. O inferno é um lugar real. Jesus falou sobre isso antes de mais nada. Deus é um juiz justo. Todo pecado e maldade foi pago por Jesus que morreu pelos que depositam sua fé nele.

A misericórdia de Deus e o perdão são oferecidoa a todos nós hoje! Sua salvação é grátis! Não temos que ganhá-la. O versículo 6 fala desta salvação gratuita quando diz: “Para quem tem sede eu darei da fonte da água da vida gratuitamente.”

 - Acreditar e perseverar

 Se você é um cristão, Deus te chama hoje a acreditar na promessa de Sua Palavra. A última vitória sobre o qual ele falou vai acontecer. É por isso que João escreveu, “estas palavras são fiéis e verdadeiras.”

Não devemos viver de acordo com nossos sentimentos ou emoções. Devemos crer na Palavra fiel e verdadeira de Deus. Não podemos deixar que o inimigo use nossas circunstâncias para nos afastar de Deus e da sua bondade. Devemos fixar nossos olhos em Jesus, segurar as promessas de Sua Palavra e clamar pelo poder do Espírito Santo para nos sustentar.

 - Chorar com esperança

 Esta passagem não ignora a realidade do sofrimento deste mundo ou levianamente vem nos dizer para nos animarmos porque vamos para o céu. Ela reconhece a nossa dor. Ele reconhece as nossas enfermidades e as nossas lágrimas. Ele não nos pede para fingirmos que tudo está bem no mundo. Mas isso não vai nos impedir de acreditar e esperar na promessa de que Jesus um dia vai afastar todo mal. Nosso conforto final não virá completamente nesta vida. Essa terra não é nossa morada final. Não iremos encontrar nenhum paraíso nesse mundo, nesse mundo caído. O final da nossa história será maravilhoso se persistirmos !!!

Joshua Harris 

 

Share
Postado por Agnes nas categorias biblia, estudo em May 23rd, 2013. No Comments.

“Ficar firme: A receita de Estabilidade”.

Filipenses 4:1- 7 Portanto, meus irmãos, a quem amo e de quem tenho saudade, vocês que são a minha alegria e a minha coroa, permaneçam assim firmes no Senhor, ó amados! O que eu rogo a Evódia e também a Síntique é que vivam em harmonia no Senhor. Sim, e peço a você, leal companheiro de jugo, que as ajude; pois lutaram ao meu lado na causa do evangelho, com Clemente e meus demais cooperadores. Os seus nomes estão no livro da vida. Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: alegrem-se!Seja a amabilidade de vocês conhecida por todos. Perto está o Senhor. Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus .’

Introdução

Paulo quando escreveu esta carta estava preso por causa do evangelho, tendo no entanto o seu tom de voz extremamente otimista. Paulo tinha várias razões para escrever aos Filipenses. Queria agradecer-lhes por o terem apoiado e pela parceria no avanço do evangelho. Queria incentivá-los a imitarem a humildade de servo de Jesus e buscarem a unidade na relação com todas as pessoas. Queria incentivá-los a viverem a vida fielmente como cidadãos do reino de Deus. Queria exortá-los a permanecerem firmes na fé do Evangelho.

 Paulo nos dá a receita da estabilidade através de 5 exortações. Sã elas:

 1 Exortação. Devemos valorizar os nossos relacionamentos no Senhor.

“Portanto, meus amados e mui queridos irmãos, minha alegria e coroa, estai assim firmes no Senhor, amados.” Verso 1

A primeira exortação é muito pessoal e carinhosa: “Meus irmãos, a quem amo e de quem tenho saudades, vocês são minha alegria e coroa, permaneçam firmes no Senhor.” Paulo guardava as relações que teve com estes irmãos e irmãs. Eles eram muito caros a ele. Nós também devemos valorizar os relacionamentos que temos uns com os outros por meio do evangelho. Eles vão durar por toda a eternidade.

Pensar que podemos permanecer firmes por nós mesmos é um grande erro. Na verdade, precisamos de Cristo em cada um dos irmãos para nos ajudar. Por causa do mundo ou por causa do nosso próprio pecado, podemos perder a visão do que é a verdade. Alguém disse uma vez: “Eu não preciso de novidade, eu preciso da verdade.” Precisamos do amor de verdadeiros amigos no Senhor que vão nos dizer o que é a verdade.

 2 Exortação.Devemos nos esforçar para mantermos essas relações .

“Rogo a Evódia, e rogo a Síntique, que sintam o mesmo no Senhor. E peço-te também a ti, meu verdadeiro companheiro, que ajudes essas mulheres que trabalharam comigo no evangelho, e com Clemente, e com os outros cooperadores, cujos nomes estão no livro da vida. ” Versos 2 e 3

No versículo 2, Paulo  fala a respeito de duas mulheres, Evódia e Síntique. Elas não foram capazes de viver em harmonia, provavelmente tiveram uma forte discussão.

Paulo já havia falado sobre a importância de ter a mente de Cristo e humildemente buscar a unidade. O versículo 3 nos diz que essas mulheres trabalharam lado a lado com Paulo na missão do evangelho. Elas eram evidentemente pessoas muito significativas na igreja. Parece de fato que Paulo poderia resolver o problema entre elas pela importância de seu nome. Mas notem, ele não dá ordens. Ele implora e suplica . Podemos ver o coração de preocupação de Paulo por elas e com a unidade da igreja.

É um fato triste constatarmos que nem sempre a reconciliação pode ser bem sucedida, mas devemos nos esforçar para ter uma consciência limpa diante de Deus por temos feito todos os esforços que estavam ao nosso alcance para manter a unidade que existe no Espírito. E, independentemente da presente situação de coisas que estamos vendo, saiba:  a história não acabou. Podemos continuar a lutar.

 3 Exortação. Alegrai-vos sempre no Senhor! Outra vez digo, regozijai-vos!

“Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos. “ Verso 4

A repetição de Paulo é para dar ênfase a importância da alegria do coração. Para nos mantermos firmes no Senhor, precisamos Dele, nos alegrando sempre. Podemos ver claramente que esssa alegria não é baseada em circunstâncias, mas no Senhor.

No início da fundação da Igreja de Filipos (Atos 16), quando Paulo e Silas vão­ pela primeira vez a Filipos, eles foram espancados injustamente e lançados na prisão. E o que eles fizeram? Eles oraram e cantaram hinos a Deus – alegraram-se! E Deus operou um livramento milagroso. Ele causou um terremoto que abalou a prisão.

Podemos nos alegrar Nele quando nos lembramos de que o Senhor tem tudo sob Seu controle. Ele está ordenando todas as coisas que acontecem para a Sua glória e para o bem de seu povo. Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que O amam e são chamados segundo o seu propósito. Nele podemos nos alegrar.

 4 Exortação. O Senhor está às portas, está perto . 

“Seja a vossa eqüidade notória a todos os homens. Perto está o Senhor.” Verso 5

Versículo 5 não é tanto uma exortação para se  obedecer,  mas sim  uma declaração para que Deus seja acreditado e valorizado. O Senhor está próximo. Ele está próximo.

“O Senhor está perto dos contritos de coração” (Sl 34,18). Quando você sentir que seu coração está partindo para a tristeza, ligue para ele e você vai experimentar a Sua presença.

“O Senhor está perto de todos os que o invocam, de todos os que o invocam em verdade” (Sl 145,18). Tudo o que é necessário é nos aproximarmos Dele com sinceridade. Ele fará o resto. Tudo o que você precisa será encontrado Nele.

5 Exortaçào. Expresse sua fé através da oração.

“Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças.E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus.” Versos 6 e 7

1. A chave para superar a ansiedade sobre qualquer coisa é orar sobre tudo.

2. Oração, petições, pedidos são três palavras que significam praticamente a mesma coisa. Fale com Deus sobre tudo, ele sabe o que você quer, o que você precisa, mas fale com ação de graças, que é simplesmente lembrar com gratidão o que Deus já fez.

3. O exercício da oração traz maravilhosos benefícios:

a. A oração é o meio pelo qual a ansiedade será vencida.

b. A oração é a chave para o avanço do evangelho, porque se concentra na nossa dependência de Deus.

Ele é o único responsável por quaisquer ganhos obtidos na missão.

c. Ela nos conecta com o Deus da paz, que nos dá a paz que excede o entendimento e protege nossos corações contra todo o medo e preocupação.

E o resultado disso ?

“E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e mentes em Cristo Jesus.”

A palavra guardar é um termo militar, usado para soldados que guardavam a cidade de um ataque. Imagine, seria como se tivéssemos um pelotão de soldados nos guardando de todo o mal em cada etapa de nossa vida, dia e noite. Bem, a promessa de Deus aqui é ainda melhor. A paz de Deus, que excede todo o entendimento vai manter, proteger e guarnecer os nossos corações e as nossas mentes da ansiedade em Cristo Jesus.

Quando estamos atormentados com pensamentos ansiosos, quando nossas mentes correm adiante, no futuro, podemos raciocinar e levar o nosso caminho para um lugar de paz. Entendimento humano – corações e mentes – não são oniscientes, mas Deus é onisciente. Simplesmente não podemos manejar e controlar todas as situações. E assim, muitas vezes não entendemos tudo o que o Senhor está fazendo. Mas a fé, expressada na oração repousa em Deus, no onisciente benevolente Soberano Criador e Redentor e Sustentador de nossas vidas. Por isso, quando oramos, pode não ser imediatamente, mas a paz de Deus que excede todo o nosso entendimento humano guardará nossos corações e mentes, sabendo que Ele tem tudo sob controle.

Conclusão

Jesus disse: “Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbem os seus corações, nem tenham medo  “(João 14:27).

Nós que cremos em Jesus, estamos unidos com ele na mais profunda e possível união espiritual: nossa vida está escondida com Cristo em Deus. E, portanto …

Nenhum poder do inferno, nem planos do homem nunca poderão nos arrancar da sua mão.

Pense:

1. Como posso valorizar e manter os relacionamentos cristãos que Deus me deu?

2. De que forma as circunstâncias roubam minha alegria? Como ação de graças e uma visão da grandeza de Deus posso devolver no meu coração a alegria?

3. Por que a verdade de que o Senhor está próximo precisa para ser acreditada e valorizada?

4. “A chave para superar a ansiedade  é orar sobre tudo.” O que faz a preocupação ansiedade ou medo em você? Quantas vezes você traz todas as suas preocupações ao Pai em oração?

5. Como posso conseguir mais tempo para orar?

Robin Boisvert

Share
Postado por Agnes nas categorias biblia, estudo em May 17th, 2013. No Comments.

“Regra- ligião”

Mateus 12:1-15 “Naquele tempo passou Jesus pelas searas, em um sábado; e os seus discípulos, tendo fome, começaram a colher espigas, e a comer.E os fariseus, vendo isto, disseram-lhe: Eis que os teus discípulos fazem o que não é lícito fazer num sábado. Ele, porém, lhes disse: Não tendes lido o que fez Davi, quando teve fome, ele e os que com ele estavam? Como entrou na casa de Deus, e comeu os pães da proposição, que não lhe era lícito comer, nem aos que com ele estavam, mas só aos sacerdotes? Ou não tendes lido na lei que, aos sábados, os sacerdotes no templo violam o sábado, e ficam sem culpa? Pois eu vos digo que está aqui quem é maior do que o templo. Mas, se vós soubésseis o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício, não condenaríeis os inocentesPorque o Filho do homem até do sábado é Senhor. E, partindo dali, chegou à sinagoga deles. E, estava ali um homem que tinha uma das mãos mirrada; e eles, para o acusarem, o interrogaram, dizendo: É lícito curar nos sábados? E ele lhes disse: Qual dentre vós será o homem que tendo uma ovelha, se num sábado ela cair numa cova, não lançará mão dela, e a levantará? Pois, quanto mais vale um homem do que uma ovelha? É, por conseqüência, lícito fazer bem nos sábados. Então disse àquele homem: Estende a tua mão. E ele a estendeu, e ficou sã como a outra.E os fariseus, tendo saído, formaram conselho contra ele, para o matarem.Jesus, sabendo isso, retirou-se dali, e acompanharam-no grandes multidões, e ele curou a todas. ”

 “Regra-ligião” é uma palavra inventada para dar a idéia de que um relacionamento correto com Deus é obtido por meio da manutenção de regras. “Regra-ligião”, diz que temos de ganhar o favor e o amor de Deus pela nossa performance, obediência e boas ações: se seguimos as regras, vamos viver uma vida boa e Deus estará em nossa vida.

“Regra-ligião” está completamente em desacordo com as boas novas de Jesus Cristo.A Bíblia nos diz que a salvação é um dom gratuito. Não somos salvos por nossas obras. Somos salvos pela graça mediante a fé em Jesus. Jesus viveu uma vida perfeita e cumpriu a lei em nosso nome. Na cruz, Jesus tomou o nosso pecado e o castigo da morte que nós merecíamos. Então ele ressuscitou para nos dar a vida eterna. A verdadeira salvação  não é algo que ganhamos. Era uma coisa que Jesus fez por nós.

Em Mateus 12, Jesus interagiu com um grupo de fariseus que estavam tão presos em suas regras que estavam cegos ao fato de que o Filho de Deus estava de pé na frente deles. Mas eles não são os únicos legalistas “regra-ligião.”; Podemos ser vítimas da “regra-ligião” também.

Não deixe que a Lei tome o lugar do Legislador (versos 1-8)

 1. O capítulo começa com uma história: Jesus está andando com seus discípulos através de um campo de grãos. Os discípulos estão com fome. Então eles arrancam alguns grãos para mastigar. Imediatamente, os fariseus os atacam e os acusam  de fazer o que é ilegal no sábado.

Para os judeus, o sábado era o sétimo dia da semana. A Lei de Moisés designou o sábado como um dia santo. Neste dia, eles descansavam de seu trabalho. (Ver Êxodo 20:8-12, Deuteronômio 05:12, 15). O sábado foi separado pelo Senhor para ser um dia para se lembrar o quanto Deus os amava e como ele os havia resgatado da escravidão no Egito. Assim, o sábado foi um lembrete da relação especial que Deus tinha com o seu povo. Foi um momento para se aproximarem de Deus, para desfrutarem de Deus.

 2. Em sua obsessão com os detalhes de como manter melhor  a Lei, os fariseus  cegos mudaram a intenção original de Deus com relação a lei. Em seu afã de obter as regras certas, eles mesmos e seus seguidores ficaram sobrecarregados. Perdidos no meio de todas as suas normas e regras, perderam a consciência de que a Lei foi dada para atraí-los para o Senhor.

 3. Então, o que Jesus faz? Ele vai às Escrituras e começa a mostrar-lhes que as suas interpretações e aplicações da lei estão equivocadas. Ele lembra de uma história da vida de Davi (1 Samuel 21) e dos sacerdotes que serviam (“trabalho”) no templo no sábado. E em ambos os casos, ele está tentando mostrar-lhes que o Senhor foi quem deu a Lei e é quem tem o direito de interpretar a lei. Por quê? Jesus resume tudo no versículo 8 “Porque o Filho do Homem é Senhor do sábado”. Jesus tem autoridade para interpretar corretamente a lei. Ele tem prioridade sobre todo o resto.

 4. O erro dos fariseus é um erro que podemos facilmente cometer: permitir que a Lei se torne maior aos nossos olhos do que o Legislador. Em vez da Lei atrair para uma relação mais profunda em amor, permitir que a Lei apague aquele que deu a lei.

Não deixe que a letra da lei apague o coração da Lei (versículos 7, 9-14)

 No versículo 7, Jesus diz: “E se você soubesse o que isso significa: ‘Eu quero a misericórdia e não o sacrifício’, não teríeis condenado inocentes.” Citando Oséias, Jesus desafia os homens que interpretaram mal a intenção de Deus. O coração da lei de Deus é amar a Deus com todo o seu ser e amar ao próximo como a nós mesmos. O coração dos fariseus eram cegos a essas verdades.

 Vemos os dois grandes mandamentos ilustrados na cura do homem com a mão atrofiada. A única preocupação dos fariseus é pegar Jesus na desobediência. Os fariseus diziam: “Você não pode curar um homem no sábado porque a cura é um trabalho e você não pode trabalhar no sábado.” Eles não se perguntaram : “O que Deus sente no coração por esse homem? “A letra da lei é tudo o que vêem. Jesus aponta a hipocrisia, usando a história de uma ovelha precisando de resgate. Eles estão dispostos a quebrar a lei do sábado por uma ovelha e não por um homem? Eles não estão dispostos a enxergar que a cura de um homem feito à imagem de Deus, é muito mais importante do que as ovelhas. Em seguida, Jesus faz uma pergunta muito importante para que pensem, “Por isso, é lícito fazer o bem no sábado”.

Quando perdemos de vista o coração das leis de Deus – que é sempre o amor a Deus e aos outros – vamos começar a usar a lei para controlar e manipular os outros. Em vez de ser um meio de amar a Deus e amar os outros, a lei vai se tornar uma ferramenta para construir o nosso próprio pequeno reino do ego.

Depois que Jesus cura a mão do homem, os fariseus saem e começam a tramar como destruí-lo. A incrível duplicidade! Eles estão amarrados em nós sobre essa suposta infração de uma lei sábado. Mas seus corações estão cheios de malícia e ódio e estão tramando o assassinato, uma violação do sexto mandamento.

Não fazemos a mesma coisa? Podemos nos vestir bem do lado de fora e ser todo sorrisos na igreja, mas odeiar o nosso irmão ou irmã no interior. Podemos ser fiéis ao dar o nosso dízimo e não ter generosidade para alguém em necessidade. E a lista poderia continuar…

 Como está a sua vida ?Com amor genuíno, sincero a Deus e ao próximo?

 Mateus 11: 28-30“Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso.Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas. Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”.

Não encontramos descanso quando nos firmamos nas regras.

1. Estes versos devem ser colocado no seu contexto. Em Mateus 11:28-30, Jesus está falando para as pessoas que estão trabalhando e que estão oprimidas sob o peso de uma abordagem baseada em regras para Deus. Ele está falando com as pessoas que se sentem esmagadas pelo jugo dos fariseus: regras em cima de regras. Nunca fazem o suficiente. Nunca se sentem bem o suficiente.

2. As histórias da abordagem dos fariseus para o sábado é uma ilustração do fardo pesado, o jugo pesado que a”regras- ligião” coloca nas pessoas. A mentira de uma abordagem baseada em que a obra de Deus é eu trabalhar duro o suficiente para me sentir seguro. Posso encontrar descanso no meu desempenho. Posso encontrar descanso para a minha alma em meu próprio esforço. Isso nunca funciona. Crescemos fracos. Nunca sabemos se estamos fazendo o suficiente. Falhamos. Haverá sempre alguém que estará nos fazendo sentir culpados porque não fizemos mais.

3. Mas Jesus vem até nós e se preocupa com cuidado e nos ama. Seguir a Jesus não é menos exigente ou difícil. Na verdade, seguir a Jesus pode envolver desistir de tudo, até mesmo da sua própria vida.

Trata-se de trabalho, esforço e obediência. Mas o seu jugo é diferente. É leve, porque não estamos obedecendo para ganhar a salvação. Estamos obedecendo porque Jesus já ganhou a nossa salvação. Seu jugo é leve, porque ele está carregando o peso com a gente. É leve, porque não estamos apenas obedecendo a uma regra, estamos caminhando com o nosso Salvador e amigo. Ele é o verdadeiro descanso sabático. Então, vamos colocar para baixo “regra-ligião”, corra para Jesus e assuma o Seu jugo cheio da graça.

 Você se encontra na “regra-ligião” ou está descansando em Jesus? Considere a seguinte lista:

Você acha que Deus se esqueceu de você, virou as costas ou o acha inaceitável quando tem um dia ruim ?

Se Deus lhe perguntasse: “Por que eu deveria responder a sua oração?” Você contaria todos os pecados não confessados, lembraria Deus dos momentos de silêncio consistentes ou diria as suas boas obras para com os outros?

Ao ler a Bíblia, o que o seu coração percebe em primeiro lugar : as coisas que você precisa fazer ou a obras feitas pelo Salvador?

O que você está mais consciente – das maneiras que você precisa para crescer ou quem você é em Cristo?

Você acha que o perdão de Deus só entra em ação depois de chegar a um nível misterioso de remorso, o arrependimento ou sofrimento para o seu pecado?

Você acha que ser conduzido pelo Espírito e confiar na sabedoria soberana de Deus não é tão atraente como ter um conjunto de regras que irão resolver todas as questões?

Quando você ouve o ensinamento que inclui instrução prática, isso o tende a deixá-lo desanimado porque a sua lista de tarefas que era esmagadora só aumentou?

Você se sente desanimado ou condenado quando falha, comete um erro ou pecado?

Você tende a ser crítica, perfeccionista, ou hipócrita?

Você acha que é difícil se relacionar com outras pessoas que praticam de forma diferente de você  em questões não essenciais ou discutíveis? Suas convicções pessoais sobre assuntos controvertidos tendem a se tornar leis que todos devem seguir?

Pastor Joshua Harris

Share
Postado por Agnes nas categorias biblia, estudo em May 16th, 2013. No Comments.

O gigante chamado raiva – parte 2

Efésios 4:26,27   “Quando vocês ficarem irados, não pequem”. Apazigüem a sua ira antes que o sol se ponha,e não dêem lugar ao diabo. “

Cinco coisas que se deve fazer para DETER A RAIVA EM SUA VIDA:

1. Reconheça a raiva que está sentindo. Damos outros nomes ao que estamos sentindo, nos defendemos e não reconhecemos que estamos realmente com raiva. Você é agressivo ou passivo quando está com raiva?

Efésios 4:26, 27 ”Quando vocês ficarem irados, não pequem”. Apazigüem a sua ira antes que o sol se ponha, e não dêem lugar ao diabo. “

2. Analise o caminho que o levou a raiva. A raiva é fruto de um caminho tomado. Descubra o caminho que a sua raiva o está levando.

Hebreus 12:15   ” Tenham cuidado para que ninguém fique aquém da graça de Deus e que nenhuma raiz de amargura cresça e cause problemas e contamine muitos.”

3. Saiba o que fazer com a raiva. Não permita que faça parte da sua personalidade.

-Aceite a responsabilidade pelo que ocorreu. Sempre nos sentimos como vítimas. 

-Exponha seus pensamentos e sentimentos de raiva sinceramente.

-Escolha a perdoar.

Mateus 18:35    ” “Assim também lhes fará meu Pai celestial, se cada um de vocês não perdoar de coração a seu irmão”.

-Ajuste o seu pensamento. Deus nos deu o livre arbitrio e nos deu a capacidade de pensar e de fazer a escolha de como viver. Dependendo dos nossos pensamentos, serão as emoções que teremos.

Filipenses 4:08   ”Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas.

- Faça o bem.

 Romanos 12:21   “Não te deixes vencer pelo mal, mas vence o mal com o bem.”

4. Evite pessoas irritadiças.

Provérbios 22:24, 25   “Não se associe com quem vive de mau humor, nem ande em companhia de quem facilmente se ira; do contrário você acabará imitando essa conduta e cairá em armadilha mortal. 

Ou seja: Não saia com pessoas irritadas, não mantenha na empresa pessoas exaltadas. O mau humor é contagiante – infecta.

3 escolhas temos de fazer na nossa vida: a primeira é escolher se vamos servir a Deus ou não, a segunda é a esposa ou marido que vamos ter; a terceira é que tipos de amigos vamos ter, que tipo de pessoas convido para a minha vida.

5. Não se ofenda.

Colossenses 3:12-14   ”Portanto, como povo escolhido de Deus, santo e amado, revistam-se de profunda compaixão, bondade, humildade, mansidão e paciência. Suportem-se uns aos outros e perdoem as queixas que tiverem uns contra os outros. Perdoem como o Senhor lhes perdoou. Acima de tudo, porém, revistam-se do amor, que é o elo perfeito. “

1 Coríntios 13:4-8   “O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.O amor nunca perece; mas as profecias desaparecerão, as línguas cessarão, o conhecimento passará. “

Salmo 119:165   ” Muita paz têm os que amam a tua lei, e para eles não há tropeço.”

Pastor Dale

Share
Postado por Agnes nas categorias biblia, estudo em May 15th, 2013. 2 Comments.

Conhecendo a Jesus

João 17: 3 “E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste”.

 O que é a vida eterna.

Estas palavras foram ditas pelo próprio Senhor Jesus. Ele está orando diante de seus discípulos. É sua última oração com eles. Seu coração angustiado com a proximidade da morte ainda encontra forças para amá-los: “amou-os até o fim”João 13:1. Nesta oração Ele se refere à vida eterna, e então, como que pensando que os discípulos possam não entender o que isto significa, Ele diz: “que te conheçam a ti…e a Jesus Cristo…”.

A vida eterna não é só uma vida sem fim. Os ímpios terão uma vida sem fim na condenação, mas não terão vida eterna! O que Jesus chama de vida eterna (no grego – Zoe), é, na verdade, um tipo de vida. É a própria vida divina inserida no homem. E qual é a essência básica desta vida? Jesus está dizendo que é conhecer ao Pai e ao Filho.

Muitos vêm a Deus buscando bençãos. E Deus, que é infinitamente bondoso e poderoso, as concede.Mas o que Deus mais deseja é dar-se a si mesmo. Ele é a maior benção, que recebemos quando O conhecemos. Conhecê-lo é a maior e mais bendita aventura desta vida. Aquele que O conhece O ama, pois vê nele a sua maior riqueza.

 Como conhecemos a Deus?

Nesta oração Jesus fala sobre conhecer ao Pai e ao Filho. Mas antes Ele já havia falado em conversa com seu discípulo Filipe que o Pai seria conhecido através do Filho, pois o Filho encarnado revela como o Pai é.

“Filipe , há tanto tempo que estou convosco e não me tens conhecido. Quem me vê a mim vê ao Pai; como dizes tu: : Mostra-nos o Pai? Não crês que eu estou no Pai e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo não as digo por mim mesmo, mas o Pai que permanece em mim, faz as suas obras”João 14: 9-10

Esta verdade depois foi reforçada pelos apóstolos. O próprio João afirma na introdução de seu evangelho:

“Ninguém jamais viu a Deus: o Deus unigênito (Jesus) que está no seio do Pai, é quem O revelou.”João 1: 18

 Então:

A vida eterna está em conhecer ao Pai e ao Filho.

Conhecemos ao Pai na face do Filho.

Portanto a vida eterna está em conhecermos a Jesus.

 A questão básica da vida não está em uma religião, ou em uma doutrina, ou em um conceito, mas ESTÁ EM UMA PESSOA, JESUS.

O importante é conhecer Jesus e colocar nossos olhos nele. Necessitamos de um conhecimento interior realizado pelo próprio Deus, pois “ele mesmo resplandeceu em nossos corações...”

 O que é esse conhecimento interior? É uma revelação?

Revelação : palavra não muito bem compreendida.

Geralmente se fala que se teve uma revelação com relação a um fato ou alguma verdade que desconhecíamos e passamos a percebê-la , a descobrimos ou passamos a entender.

A obra de Deus em nossos corações se refere a algo muito profundo . Muitas vezes ocorre quando uma verdade já conhecida em nosso intelecto é iluminada diante de nossos olhos espirituais e passamos a conhecê-la de uma forma pessoal e experimental. O que já conhecíamos mentalmente, agora cremos e experimentamos.

Em sua carta aos efésios, Paulo diz que estava orando para que eles entendessem algumas coisas: a esperança do seu chamamento, a riqueza da glória da sua herança nos santos e a suprema grandeza do seu poder (Efésios 1:18-19). Mas se Paulo queria que os efésios entendessem estas coisas por que simplesmente não as explicava? Ora, certamente Paulo já tinha ensinado todas estas coisas, pois ficou três anos com eles. Já não era mais questão de falar e ouvir, mas sim de que recebessem revelação. Por isso Paulo estava orando. E o que pedia? Pedia “espírito de sabedoria, de revelação e de conhecimento Dele,tendo os seus corações iluminados.”Efésios 1: 17-18

Pode o homem receber o conhecimento dos céus e ficar impassível? Pode contemplar com os olhos do seu coração a face de Cristo sem que todo o seu ser interior estremeça? Com choro ou sem choro; seja com intensa vibração ou na quietade da devoção silenciosa, a revelação sempre produz forte impacto no homem interior e muda tanto a ele como a sua história.

 Extraído do Livro “A si mesmo se esvaziou” Marcos S. De Moraes

Share
Postado por Agnes nas categorias biblia, estudo em May 11th, 2013. No Comments.

O Gigante chamado Raiva – parte 1

1. A raiva é uma emoção. Podemos manejá-la da forma correta ou  da forma errada. Tristemente, podemos até dizer, que ela tem arruinado vidas e relacionamentos.

Efésios 4:26, 27     “Quando vocês ficarem irados, não pequem”. Apazigüem a sua ira antes que o sol se ponha, e não dêem lugar ao diabo.” 
Colossenses 3:13   “Suportem-se uns aos outros e perdoem as queixas que tiverem uns contra os outros. Perdoem como o Senhor lhes perdoou.” 
1 Timóteo 2:08    ”Quero, pois, que os homens orem em todo lugar, levantando mãos santas, sem ira e sem discussões. “
Tiago 1:20   “Pois a ira do homem não produz a justiça de Deus. ”

Basta vermos as pessoas no trânsito para podermos perceber a agressividade e a  raiva gratuita que ocorrem muitas vezes por nada.A raiva é uma emoção normal , sendo uma energia que nos faz partir para a ação, mas pode ser muito perigosa. Muita coisa ruim ocorre por causa do acúmulo de raiva. O cristão não pode reagir como o mundo, através do Espírito Santo  de Deus esse gigante pode ser vencido.

A ira , a raiva por uma injustiça cometida é uma emoção saudável e até necessária para que medidas sejam tomadas para a correção, mas não podemos  deixar que nos domine, temos que agir segundo a Palavra de Deus,  não respondendo e agindo levados pela emoção natural e corrompida.

A raiva é uma resposta ou reação que pode ser por um motivo real ou por percepção: Pode ocorrer devido a:

  • Obstáculos. Quando tem um obstáculo a ser enfrentado, uma opinião diferente, o que sente? Quando uma pessoa está dirigindo o carro na sua frente  devagar e você está com pressa, o que sente?
  • Dores. Sofrimentos anteriores afloram a reação agressiva.
  • Expectativas não cumpridas. Expectativas que ocorreram que não eram reais ou reais que não ocorrem.
  • Perdas. Perda de alguém que ama, divórcio, perda de trabalho acarretam frustrações.
  • Injustiça. Quando somos injustiçados ou vemos alguém sofrer injustiça.
  • Controle. Quando queremos manter pessoas e situações sob controle e não conseguimos. Pode acontecer no casamento, dando lugar a agressividade.
  • Orgulho. O orgulho traz feridas. Achamos que não fomos tratados como merecemos. O centro do orgulho é o “EU”.
  • Ameaça. Responde explosivamente sem pensar ou analisar. Se defende agressivamente.
  • Hábitos e temperamentos. Se justifica dizendo que é a personalidade. A resposta é sempre a mesma. não podemos ter só uma resposta diante de situações adversas.

2. A raiva traz péssimos resultados. Até termos consciência do mau que nos traz a raiva por dentro, não iremos direcioná-la para  o caminho correto. São eles:

  • Consome nossa atenção. E toda nossa energia. Nos destrói fisiológicamente dependendo da intensidade. Levando a impulsos que podem destruir.
  • Destrói a nossa saúde. Até nosso rosto se transforma quando estamos com raiva. Seria o mesmo que tentar afundar uma bola. Muita energia gasta com pouco resultado.
  • Enfraquece a nossa imunidade. 
  • Confunde nosso julgamento. Fica sujeito a influências.
  • Stress. Não necesssitamos de mais stress na vida.
  • Diminui a capacidade de tomada de decisão. 
  • Danifica ou destrói nossos relacionamentos. Abre espaço para atividades satânicas. Se sabemos que determinada pessoa é ladra e assassina não a convidamos para nossa casa. Como então permitimos Satanás na nossa casa? Ele é ladrão e assassino.
  • Leva a opressão espiritual. 
  • Leva a explosão ou implosão. Se acumular um certo nível de raiva fatalmente essas duas coisas ocorrerão.

3. A Raiva cresce dependendo do que se pensa e/ou fala. Pode-se tornar um monstro na nossa vida.

  • Quanto mais você “pensa”,  ”mais irado” você se torna.
  • Quanto mais você “murmura”,  ”mais irado” você se torna.

Tudo o que você alimenta, cresce! Pequeninas coisas podem se transformar em montanhas e grandes gigantes

dependendo da forma com que são alimentadas. Cuidado com a lingua que inflama a raiva.

Marcos 6:19 (NVI) Então Herodias cuidou rancor contra João e queria matá-lo.

Pastor Dale

Share
Postado por Agnes nas categorias biblia, estudo em May 7th, 2013. No Comments.

Problemas no relacionamento, algumas observações…

É sempre bom quando  lembramos de algumas coisas que a Palavra de Deus ensina quando lidamos com as pessoas, que podem ser da família,  amigos ou vizinhos, colegas de trabalho… , principalmente ainda, quando estamos tendo problemas nesse tipo de  relacionamento : 

Primeira coisa a ser lembrada:

-Não podemos consertar os outros, mas podemos nos perguntar se erramos em algum ponto, essa é a vontade de Deus. Não podemos mudar ninguém, mas Ele quer que respondamos as situações de acordo com a Sua vontade.

Segunda coisa a ser lembrada:

-No que depender de nós, devemos manter a paz com todos.
Terceira coisa a ser lembrada:
- Precisamos nos perguntar : -Tenho  dificuldade em aceitar a correção? Sempre queremos estar certos. Essa dificuldade vem acompanhada da necessidade de elogios. Preciso ser elogiado? É uma necessidade que tenho?
Se temos dificuldade em aceitar correção e reconhecer nossos erros, não vamos perceber que nossas fraquezas e pecados geralmente ofendem e trazem danos aos outros. Se falamos indevidamente, ou ofendemos, ou julgamos, ou difamamos alguém, nossos pecados podem ter causado profundas feridas. Se pela graça de Deus chegamos a peceber o erro, devemos estar prontos para que a nossa retratação seja sincera e profunda.  Muitas vezes isto pode levar a um conserto diante de outras pessoas que foram envolvidas. Entretanto , em certas ocasiões, o orgulho se levantará e vai querer tudo da forma mais rápida e com o menor sacrificio possível. A velha preservação da imagem volta a reinar e o Espírito de Cristo é mais uma vez ignorado.
Quarta coisa a ser lembrada:

- O nosso  orgulho tem exigido a retratação da forma que queremos porque fomos feridos e ofendidos? É uma forma de dizermos que não toleramos que a nossa imagem seja maculada ou nossa dignidade desrespeitada sem a devida retratação.

Lembre-se: A atitude do Pai é diferente na parábola do filho pródigo, Ele manifestou alegria e pleno perdão à simples visão do filho que retornava. Se Deus agisse como agimos, não poderíamos ir para o céu.

Continuando…Preste atenção:

Quando Paulo disse para julgarmos todas as coisas, estava falando das coisas em si e não das pessoas envolvidas nelas (excetuando-se os casos de pecados graves ou de heresias, em que as próprias pessoas devem ser julgadas, para que sejam disciplinadas ou para que delas nos afastemos), mas há muitas coisas que temos que julgar. Podemos e devemos julgar aquilo que ouvimos, podemos concordar ou não. Mas vemos o orgulho quando somamos ao julgamento correto de comportamentos e situações, um julgamento de caráter e aí concluímos: “Fulano faz assim ou procede desta maneira porque ele é…”E após este “é…” fazemos tristes acusações de caráter. Novamente agimos como se fôssemos o próprio Deus e trazendo sobre nós mesmos o Seu juízo.

Finalizando , cada  situação é impar, cada uma com características diferentes da outra . Precisamos ver  onde a brecha foi aberta para a discórdia e onde o inimigo teve legalidade para entrar no lar, no trabalho…

O que fazer?

O primeiro passo é pedir a Deus que sonde nosso coração para que  possamos reconhecer se ou onde falhamos em alguma momento.

O segundo passo , se houve algum erro , é pedir perdão. Se não ocorreu nada de que nos lembremos, devemos ver o que os outros tem contra nós. A Palavra diz que se alguém tem algo contra nós, devemos ir e resolver a situação e depois trazermos o  dízimo ou oferta ao Senhor.  Nem os dízimos o Senhor recebe quando há discórdias. Deus prioriza as pessoas.

O importante é olhar para Jesus. Podemos fazer isso porque recebemos olhos espirituais quando recebemos a Jesus como Senhor e Salvador da nossa vida. Fixando os nossos olhos em Jesus vamos experimentar uma felicidade e paz cada vez maior. Se olharmos para a humildade de Jesus, o orgulho fugirá, porque o orgulho não pode permanecer onde Jesus se faz presente. 

Jesus é poderoso. Viver como Jesus não é resultado dos nossos esforços. Estamos sendo transformados à Sua imagem!  O nosso Cristo é poderoso!  A Bíblia ensina sobre esforço , perseverança e até sacrifício. Tudo isso será em vão se não olharmos para Jesus. Olhar para Jesus é o segredo da transformação e agrada ao Pai.

Não precisamos ter medo de nada, Deus não nos deu o espírito de medo, isso é artimanha do inimigo.

Entregue sua vida ao Senhor cada dia, cada minuto…quando estiver entrando no seu trabalho, na sua casa ou em outro lugar que esteja tendo problemas com as pessoas. Veja se há algum caminho que está errado. Se sim, conserte e obedeça ao Senhor. Se não, perdoe o que estão errando com relação a vc e faça o seu melhor, fazendo o possível para agir como Deus gostaria que agisse.

Onde você está,  só tem você para Deus usar. Ele quer te usar como luz onde você vive, trabalha, caminha…. As coisas, as situações são importantes, mas tudo passa, as pessoas são muito mais importantes. São as vidas que são preciosas para o Pai.

Passagens bíblicas:

Efésios 4:26, 27     “Quando vocês ficarem irados, não pequem”. Apazigüem a sua ira antes que o sol se ponha, e não dêem lugar ao diabo.” 
Colossenses 3:13   “Suportem-se uns aos outros e perdoem as queixas que tiverem uns contra os outros. Perdoem como o Senhor lhes perdoou.” 
1 Timóteo 2:08    ”Quero, pois, que os homens orem em todo lugar, levantando mãos santas, sem ira e sem discussões. “
Tiago 1:20   “Pois a ira do homem não produz a justiça de Deus. ”

Você já está acertando quando busca a Ele quando tem problemas. Dependemos Dele para tudo!

Marcos S. de Moraes – “A si mesmo se esvaziou”

Share
Postado por Agnes nas categorias reflexao em May 4th, 2013. No Comments.