“Está consumado” Max Lucado

João 15: 1-7  ”Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que, estando em mim, não dá fruto, ele corta; e todo que dá fruto ele poda, para que dê mais fruto ainda. Vocês já estão limpos, pela palavra que lhes tenho falado. Permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês. Nenhum ramo pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira. Vocês também não podem dar fruto, se não permanecerem em mim. ”Eu sou a videira; vocês são os ramos. Se alguém permanecer em mim e eu nele, esse dá muito fruto; pois sem mim vocês não podem fazer coisa alguma. Se alguém não permanecer em mim, será como o ramo que é jogado fora e seca. Tais ramos são apanhados, lançados ao fogo e queimados. Se vocês permanecerem em mim, e as minhas palavras permanecerem em vocês, pedirão o que quiserem, e lhes será concedido.”

João 19:30   Jesus disse: “Está consumado! ” Com isso, curvou a cabeça e entregou o espírito.

Há vários anos atrás, Paul Simon e Art Garfunkel nos encantaram com uma canção sobre um menino pobre que foi para Nova Iorque cheio de sonhos e caiu vítima da vida cruel da cidade. Sem dinheiro, tendo apenas estranhos como amigos, ele passava os dias escondido, procurando os lugares mais pobres onde os mendigos vão, buscando pontos que só eles conhecem .

É fácil imaginar esse jovenzinho de rosto sujo e roupas velhas, procurando trabalho e não encontrando. Ele se arrasta pelas calçadas, lutando contra o frio e sonhando em ir para algum lugar “onde os invernos da cidade de Nova Iorque não me façam sangrar, levando-me para casa”.

O garoto pensa em desistir. Em voltar para sua cidade. Desistir — algo que nunca pensou que pudesse fazer.

Mas no momento em que pega a toalha para atirá-la ao ringue, encontra um boxeador. Lembra das palavras da canção?

No espaço vazio se acha um lutador profissional levando golpes que o cortavam até que gritasse de ira e vergonha – “Vou embora, vou embora!” mas o lutador permanece mesmo assim.”

“O lutador permanece.” Existe algo magnético nessa frase. Ela soa autêntica.

Os que permanecem como o lutador são uma espécie rara. Não quero dizer necessariamente vencer, mas apenas permanecer. Ficar agarrado ali. Terminar. Não ir embora até que seja feito. Mas infelizmente muitos poucos de nós fazem isso. Nossa tendência humana é desistir cedo demais. Nossa inclinação é parar antes de cruzar a linha de chegada.

Nossa incapacidade de terminar o que começamos é vista nas menores coisas:

Um jardim com metade da grama cortada.
Um livro lido pela metade.
Cartas começadas, mas inacabadas.
Um regime posto de lado.
Um carro sobre cavaletes. 

Ou se mostra nos pontos penosos da vida:
Uma criança abandonada.
Uma fé vacilante.
A pessoa que muda sempre de emprego.
Um casamento falido.
Um mundo não evangelizado.

Estou tocando em algumas feridas abertas? Há qualquer possibilidade de estar me dirigindo a alguém que esteja considerando desistir? Se estou, quero encorajar você a permanecer. Quero encorajá-lo a lembrar a determinação de Jesus na cruz.

Jesus não desistiu. Não pense, porém, nem por um minuto, que não foi tentado a fazê-lo. Observe como ele estremece ao ouvir seus apóstolos caluniarem e discutirem. Olhe para ele quando chora junto ao túmulo de Lázaro ou quando se lamenta ao agarrar-se ao solo de Getsêmani.

Ele jamais quis desistir? Claro que sim!

Essa a razão pela qual suas palavras são tão esplêndidas. “Está consumado.”

Pare e ouça. Você pode imaginar o grito da cruz? O céu está escuro. As outras duas vítimas gemem. As bocas zombeteiras se calam. Talvez haja trovões. Talvez choro. Talvez silêncio. Jesus inala então profundamente, empurra os pés sobre o prego romano e grita: “Está consumado!”

O que estava consumado?

O plano da redenção do homem, longo como a história, estava consumado. A mensagem de Deus para o homem havia terminado. As palavras de Jesus como homem na terra não mais se repetiriam. A tarefa de escolher e treinar embaixadores terminara. O trabalho estava terminado. A canção fora cantada. O sangue derramado. O sacrifício feito. O aguilhão da morte fora removido. Tudo acabara.

Um grito de derrota? Dificilmente. Se as suas mãos não tivessem sido pregadas, ouso dizer que um punho triunfante teria sido levantado para o céu escuro. Não, não foi um grito de desespero. Mas de realização. Um grito de vitória, de cumprimento. Também um grito de alívio.

O lutador permaneceu. E agradecemos por tê-lo feito. Graças a Deus que Ele suportou.

Você está prestes a desistir? Não faça isso. Está desanimado como pai? Fique firme. Está cansado de fazer o bem? Faça apenas um pouco mais. Está pessimista em relação a seu emprego? Arregace as mangas e persevere. Não existe comunicação em seu casamento? Dê-lhe mais uma injeção. Não consegue resistir às tentações. Aceite o perdão de Deus e continue em frente. Seu dia está cheio de tristeza e desapontamentos? Seus amanhãs estão se transformando em “nuncas”? A esperança é uma palavra esquecida?

Lembre-se, quem persevera não é aquele que não apresenta ferimentos, nem está cansado. Pelo contrário, ele, como o lutador de boxe, está cheio de cicatrizes e sangrando. Estas palavras foram atribuídas a Madre Teresa: “Deus não nos chamou para ser bem-sucedidos, mas fiéis.” O lutador, como nosso Mestre, foi traspassado e está cheio de dores. Ele, como Paulo, pode ter sido até algemado e açoitado. Mas permanece, persevera.

A Terra Prometida, diz Jesus, aguarda os que perseveram. Ela não é apenas para aqueles que alcançam a vitória ou bebem champanhe. Não, de modo algum. A Terra Prometida é para aqueles que simplesmente permanecem até o fim.

Vamos perseverar.

Ouçam este coro de versículos destinados a dar-nos poder para manter-nos firmes:

Meus irmãos, tende por motivo de toda a alegria o passardes por várias provações, sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança.

Por isso restabelecei as mãos descaídas e os joelhos trôpegos; e fazei caminhos retos para os vossos pés, para que não se extravie o que é manco, antes seja curado.

E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não desfalecermos.

Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé. Já agora a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, reto juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos quantos amam a sua vinda.

Bem-aventurado o homem que suporta com perseverança a provação; porque, depois de ter sido aprovado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor prometeu aos que o amam.

Obrigado, apóstolo Paulo. Obrigado, apóstolo Tiago. Mas, obrigado mais que tudo ao Senhor Jesus, por nos ensinar a perseverar, a nos manter firmes e, no final, terminar.

 

 

Share
Postado por Agnes nas categorias biblia, reflexao em September 13th, 2014. No Comments.

Estar conectado – João 15

Necessito de poder para ser a pessoa que Deus quer que eu seja, necessito de poder para caminhar com Jesus, somente o poder de Deus pode me sustentar para que eu dê frutos nesse mundo. O que eu fizer aqui na Terra que não transcender o aqui e o agora vai terminar no túmulo. Como ter esse poder? Deus prometeu esse poder….

 Antes de Jesus ser crucificado, Jesus ensinou como ter poder, foi um dos seus últimos ensinos….vamos ler :

 João 15: 1-8 “Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que, estando em mim, não dá fruto, ele corta; e todo que dá fruto ele poda, para que dê mais fruto ainda.Vocês já estão limpos, pela palavra que lhes tenho falado. Permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês. Nenhum ramo pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira. Vocês também não podem dar fruto, se não permanecerem em mim. “Eu sou a videira; vocês são os ramos. Se alguém permanecer em mim e eu nele, esse dá muito fruto; pois sem mim vocês não podem fazer coisa alguma. Se alguém não permanecer em mim, será como o ramo que é jogado fora e seca. Tais ramos são apanhados, lançados ao fogo e queimados. Se vocês permanecerem em mim, e as minhas palavras permanecerem em vocês, pedirão o que quiserem, e lhes será concedido. Meu Pai é glorificado pelo fato de vocês darem muito fruto; e assim serão meus discípulos. “

 Como é estar conectado a Jesus?

 1- É permanecer com Ele.

A transformação que ocorre quando conhecemos a Deus e as mudanças que ocorrem em nossas vidas são visíveis. Irão progredindo do que era mau, para o que é bom, do que é bom para o que é melhor e até chegarmos ao melhor que Deus tem para nós. Decisões vão determinando nossa vida nessa jornada na relação com Jesus. 

Qual é a palavra que é repetida no que lemos acima? Permanecer. Este é o segredo do poder.

O que é dar fruto segundo Jesus? É ser como Jesus, refletir sua imagem, caráter e natureza.

Quando perguntamos a alguém onde vive, isso representa seu endereço, a cidade onde vive, sua rua, seu Cep. É o local onde podemos achá-la, onde dorme, come , descansa, vive…não é? Estar visitando ou estar em outro lugar provisóriamente não nos dá a mesma sensação de conforto de quando estamos em nossa casa. O mesmo no relacionamento com Jesus, estamos firmados , estabelecidos ou só o visitamos quando temos problemas?É estar comprometido, não somente estar namorando. Como permanecer Nele? Não é estar agora e daqui a pouco não estar mais, não é estar aos domingos no culto ou na missa e quando volta pra casa não está mais. Como fazer?

  •  Decidir se quer realmente se relacionar com Jesus.

Lucas 14:33 “Da mesma forma, qualquer de vocês que não renunciar a tudo o que possui não pode ser meu discípulo. “

  •  Viver a vida Nele. Como num casamento, não decido nada sem a opinião do meu conjuge.

Atos 17:28 “Pois nele vivemos, nos movemos e existimos’, como disseram alguns dos poetas de vocês: ‘Também somos descendência dele.”

  •  Ter prazer em estar com Ele. Se sentir seguro, confortável em Sua presença para expor tudo, desde alegrias, situações difíceis, fáceis e problemas também.

João 15:15 “Já não os chamo servos, porque o servo não sabe o que o seu senhor faz. Em vez disso, eu os tenho chamado amigos, porque tudo o que ouvi de meu Pai eu lhes tornei conhecido. “

  •  Saber que Ele é o lugar de segurança, descanso e paz.

Mateus 11:28 “”Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso. “

2- Não olhar, nem voltar atrás.

 O povo de Israel que esteve cativo por muitos anos no Egito e foi liberto por Deus no caminho para a terra prometida quando apareceram os problemas queriam voltar para o Egito se esquecendo da escravidão e dos castigos que passavam

 Genesis 19:17 “Assim que os tiraram da cidade, um deles disse a Ló: “Fuja por amor à vida! Não olhe para trás e não pare em lugar nenhum da planície! Fuja para as montanhas, ou você será morto! “

 Genesis 19:26 “Mas a mulher de Ló olhou para trás e se transformou numa coluna de sal.”

 Lucas 17:32 “Lembrem-se da mulher de Ló! 

 A mulher de Ló ainda queria os prazeres da pervertida Sodoma e Gomorra e isso a matou.

 2 Timóteo 4:10 “Pois Demas, amando este mundo, abandonou-me e foi para Tessalônica.”

 Demas era ajudador de Paulo, não se sabe por quanto tempo, mas perdeu a visão.

 João 13:27 “Tão logo Judas comeu o pão, Satanás entrou nele. “O que você está para fazer, faça depressa”, disse-lhe Jesus. “

 Judas se tornou um dos 12 discípulos, viveu com Jesus muito de perto, não tinha intenção de traí-lo no começo, no meio da jornada olhou para traz e Satanás achou uma porta aberta.

 Lucas 9:62 “Jesus respondeu: “Ninguém que põe a mão no arado e olha para trás é apto para o Reino de Deus”. 

Filipenses 3: 13,14 “Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante,prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus. ”

 Como evitar de olhar para traz e voltar?

  • Estar preparado para as tentações

Mateus 26:41Vigiem e orem para que não caiam em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca”. 

  • Veja a decepção que é o “sonho”.

João 8:44 “”Vocês pertencem ao pai de vocês, o diabo, e querem realizar o desejo dele. Ele foi homicida desde o princípio e não se apegou à verdade, pois não há verdade nele. Quando mente, fala a sua própria língua, pois é mentiroso e pai da mentira.”

Satanás é expert em ilusão, fantasias. Ele nunca diz a verdade, ele cria armadilhas na nossa vida. Precisamos da voz da verdade.

  • Saber que o trabalho constante é o que dá significado a vida

Gálatas 6:9 “E não nos cansemos de fazer o bem, pois no tempo próprio colheremos, se não desanimarmos. ’

 3- Investir o seu melhor.

João 15:5 “Eu sou a videira; vocês são os ramos. Se alguém permanecer em mim e eu nele, esse dá muito fruto; pois sem mim vocês não podem fazer coisa alguma. ”

 Se você esta por 1 semana ou 1 mês num hotel você consertaria o ar condicionado que quebrou, ou o carpet que está velho, ou trocarias as cores das paredes? Não, você ligaria para a portaria e pediria para trocar de quarto , correto?

Mas quando se trata da sua casa, você investe o que for necessário. Invisto no que é meu.

O mesmo acontece com Jesus…. caminhar com Jesus não é por um curto espaço de tempo…por 2 ou 3 anos…é para toda a vida , aqui e na eternidade.

Como no casamento cada vez melhor e melhor…. Quanto mais invisto, mais benefício tenho.

Minha oração é de que o ano de 2014 seja um ano de transformação em sua vida. Permanecer em Jesus como nunca.

Share
Postado por Agnes nas categorias biblia, estudo em September 7th, 2014. No Comments.

João 14

Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai a não ser por mim.” João 14:6

 Podemos dividir em 3 partes o capítulo 14 do Evangelho de João:

 1 Parte: Revelação da Casa do Pai : Endereço e como chegar.

 João 14: 1-6 “Não se perturbe o coração de vocês. Creiam em Deus; creiam também em mim. Na casa de meu Pai há muitos aposentos; se não fosse assim, eu lhes teria dito. Vou preparar-lhes lugar. E se eu for e lhes preparar lugar, voltarei e os levarei para mim, para que vocês estejam onde eu estiver.Vocês conhecem o caminho para onde vou”.Disse-lhe Tomé: “Senhor, não sabemos para onde vais; como então podemos saber o caminho? “Respondeu Jesus: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim.”

 Algumas passagens bíblicas que falam sobre a casa de Deus:

 João 2:16 “E disse aos que vendiam pombos: tirai daqui estes, e não façais da casa de meu Pai casa de venda.”

Onde é a casa de meu Pai? O Templo?

Se a casa de Meu Pai é o Templo e em João 14? Vamos continuar….

João 2:20 “Disseram, pois os judeus: em 46 anos foi edificado este templo e tu o levantarás em 3 dias?”

Ele se referia ao santuário do seu corpo.

O templo significa 2 coisas : o nosso corpo e o corpo de Cristo.

1 Coríntios 3:16 “Não sabeis vós que sois templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós.”

1 Coríntios 6:19 ” Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?

Efésios 2: 20-21 edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, tendo Jesus Cristo como pedra angular,no qual todo o edifício é ajustado e cresce para tornar-se um santuário santo no Senhor.”

1 Timóteo 3:15 “Mas, se eu tardar, para que saibais como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade.”

Hebreus 3: 6 “mas Cristo é fiel como Filho sobre a casa de Deus; e esta casa somos nós.”

Jesus é Deus. Como se chega ao Pai? É entrando em Jesus. Jesus não é só um homem bom, Ele é Deus. Os fariseus quiseram apedrejá-lo porque Ele dizia que era o “Eu sou”, Ele se igualou a Deus.A casa do Pai é a Igreja, as muitas moradas somos cada um de nós.

Vamos entender melhor o que é preparar lugar e o que são os muitos aposentos…

Até esse momento, em João 14, Deus não morava em pessoa nenhuma, só em Jesus. Jesus veio a esse mundo, tomou a forma de homem para nos revelar o Pai e  nos preparar como lugar para estarmos Nele e Ele em nós.

Jesus teria que morrer na cruz para que o nosso corpo estivesse em condições de receber o Espírito do Deus vivo. É pela morte na cruz de Jesus, o Cordeiro de Deus, que a igreja é edificada, que significa o mesmo que dizer que Ele veio para nos preparar como moradas para o Pai.

Jesus não falou para onde Ele estava indo porque estava indo para a morte e depois para a ressurreição. Ele também não falou que precisava ir para que o Espirito Santo pudesse vir, não era uma corrida de revezamento. Primeiro,  a morada do Espírito de Deus precisava  ser preparada.

O Espírito Santo não pode habitar em casa suja, não entra em casa cheia de demônios, cheia de pecado, mundanismo, egos, idolatrias e corrompida. O Espirito Santo só podia vir se Jesus morresse. A única forma de se limpar a casa é pelo sangue do Cordeiro.Quando aceitamos Jesus como nosso Salvador, a casa se torna preparada! Preparar a casa é preparar a redenção!!! Ele veio revelar Deus ao homem, e na sua ida nos  preparou para sermosa casa para  o Pai.

Depois que Jesus morreu os discípulos podiam ser um com Jesus. Podemos experimentar e desfrutar o céu em nós hoje. Jesus veio preparar o nosso corpo para o Pai, unidos Nele e Ele em nós. Fomos unidos ao Senhor e somos inseparáveis do Senhor. É uma união para toda eternidade, ninguém pode nos separar do amor do Pai. Não somos salvos por merecimento, mas pela graça de Deus. Deus vem morar nas pessoas que foram lavadas pelo sangue do Cordeiro.

É na sua morte que a casa fica preparada!!! É na sua morte que entramos em Cristo!!!! Nos tornamos aptos para sermos moradia do Senhor”

A Nova Jerusalém no Apocalipse fala da noiva, a cidade santa. A noiva é a Igreja. Quem é a Igreja? Somos nós. Pessoas vivas, regeneradas, transformadas, estamos sendo edificados para sermos moradas de Deus.

A questão não é ir para o Céu, é ir para Deus.

 João 7: 38-39 “Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva”.Ele estava se referindo ao Espírito, que mais tarde receberiam os que nele cressem. Até então o Espírito ainda não tinha sido dado, pois Jesus ainda não fora glorificado.”

 V.3 “E se eu for e vos preparar lugar…”

Os discípulos ainda não podiam estar em Cristo, mas depois da sua morte, poderiam. Nós temos isso hoje!!!!! Não interessa onde é o céu. O céu é estar em Deus, não interessa onde será. Estamos em Deus!!!!!!

Não somos Deus. Não fizemos nada. Não foi por obra humana. Deus veio, preparou a morada, abriu o caminho, foi ressuscitado e glorificado. Somos parte Dele. Como uma mão não pode se separar do corpo, somos parte Dele. Como o sangue não pode deixar de circular, a vida Dele é a mesma vida que está em nós, é o Zoe, vida eterna, é a vida de Deus.

Criança ama ganhar brinquedos, não é? É o que elas mais gostam quando são crianças. O Senhor também nos presenteia, nos dá “brinquedos” , mas os brinquedos não são a nossa herança. Tem muita criança no meio cristão, achando que os “brinquedos” que Deus dá são Sua herança. Muitos acham que , por exemplo, a prosperidade financeira , uma casamento, uma cura é a herança do Senhor, grande engano,  são só brinquedos, presentes. O brinquedo faz parte da vida dos filhos quando são pequenos, mas Deus tem algo muito maior do que os presentes que Ele nos dá aqui na Terra. Não se contente com as coisas que são aqui da Terra. Elas não tem muito valor.

 V.4 “Vocês conhecem o caminho para onde vou”.

Jesus diz que os discípulos sabiam o caminho, mas Tomé questiona, ele não estava entendendo o que Jesus estava falando. A resposta de Jesus responde o capítulo inteiro.

V.12 “Digo-lhes a verdade: Aquele que crê em mim fará também as obras que tenho realizado. Fará coisas ainda maiores do que estas, porque eu estou indo para o Pai.

Ele estava indo para o céu? O céu é um lugar ou é com quem eu estou?

V. 28 “Vocês me ouviram dizer: Vou, mas volto para vocês. Se vocês me amassem, ficariam contentes porque vou para o Pai, pois o Pai é maior do que eu.”

 Para onde Jesus está indo? Para o Pai

 Como? Através da sua morte e ressurreição.

 Como Tomé  chegaria ao Pai?

 Jesus responde no V.6: Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai se não for por mim.

 A única maneira de se chegar ao Pai é estando em Cristo. Não tem outro meio. Existia uma distancia muito grande entre nós e Deus e ainda pior, nem saberíamos como chegar lá. Ele fez tudo. Ele construiu as estradas, fez a ponte, pagou o pedágio, e ainda por cima,Ele é o ônibus e também é o motorista. Só precisamos sentar. Não se precisa saber uma doutrina, nem é um ensinamento novo. Jesus disse para entrarmos Nele , ou seja, entrar no ônibus. Crer é uma pessoa, Ele é o caminho. Ele é o caminho para tudo. Se Deus viesse ensinar uma doutrina, seria impossível para cumprirmos, Jesus veio ensinar a base do fundamento para tudo que é Ele mesmo, Ele é o caminho. Ele é a verdade, Ele não veio ensinar auto-ajuda ou 10 passos para se ter vida, Ele é a vida. Caminho que o homem inventa, não é o caminho de Jesus .Jesus é tudo que precisamos. 

 Ler Mateus 16 para complementar essa primeira parte.

 2 Parte: Revelação sobre a Trindade, o Deus Triúno.

 V.7- 15 “Se vocês realmente me conhecessem, conheceriam também o meu Pai. Já agora vocês o conhecem e o têm visto”.Disse Filipe: “Senhor, mostra-nos o Pai, e isso nos basta”. Jesus respondeu: “Você não me conhece, Filipe, mesmo depois de eu ter estado com vocês durante tanto tempo? Quem me vê, vê o Pai. Como você pode dizer: ‘Mostra-nos o Pai’? Você não crê que eu estou no Pai e que o Pai está em mim? As palavras que eu lhes digo não são apenas minhas. Pelo contrário, o Pai, que vive em mim, está realizando a sua obra. Creiam em mim quando digo que estou no Pai e que o Pai está em mim; ou pelo menos creiam por causa das mesmas obras. Digo-lhes a verdade: Aquele que crê em mim fará também as obras que tenho realizado. Fará coisas ainda maiores do que estas, porque eu estou indo para o Pai. E eu farei o que vocês pedirem em meu nome, para que o Pai seja glorificado no Filho. O que vocês pedirem em meu nome, eu farei”.

“Se vocês me amam, obedecerão aos meus mandamentos.”


Uma só pessoa que são 3. Somos monoteístas. Jesus é Deus!!! As pessoas o adoraram e Ele recebeu a adoração!!!Jesus não é um espírito evoluído, é Deus!!!

Jesus e o Pai são um. Só há um Deus e um mediador entre Deus e os homens, Jesus.

Se me amais guardareis os meus mandamentos”. Não existe distinção entre amor e obediência. Amor não é emoção, calafrio….é ação.

Uma ilustração que não reflete a trindade , mas talvez sirva para explicar um pouco.

Deus Pai é uma grande melancia. Dá para absorver uma grande melancia? Impossível. Deus enviou Jesus, que seria uma fatia da melancia. Ele era melancia, tinha tudo da melancia, só que era a melancia revelada , podíamos ver o que ela tinha dentro , do que era composta e como era. Jesus é a exata expressão de Deus. Um pedaço da melancia  ainda era difícil de ser absorvida. Ela vira suco, que é o Espírito Santo. Agora você consegue beber. Não podíamos comer a fatia da melancia porque ela precisava ser moída para que fosse digerida. Jesus dizia que quem o visse , veria o Pai.Depois que foi moído, ele pode fluir em nós. A mesma essência, mas em forma diferente.Precisamos engolir, absorver o Espírito Santo de Deus.

 3 Parte: A vinda do Consolador. O Espírito Santo.

 João 14: 15-31 “E eu pedirei ao Pai, e ele lhes dará outro Conselheiro para estar com vocês para sempre,o Espírito da verdade. O mundo não pode recebê-lo, porque não o vê nem o conhece. Mas vocês o conhecem, pois ele vive com vocês e estará em vocês. Não os deixarei órfãos; voltarei para vocês. Dentro de pouco tempo o mundo já não me verá mais; vocês, porém, me verão. Porque eu vivo, vocês também viverão. Naquele dia compreenderão que estou em meu Pai, vocês em mim, e eu em vocês. Quem tem os meus mandamentos e lhes obedece, esse é o que me ama. Aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu também o amarei e me revelarei a ele”. Disse então Judas ( não o Iscariotes ): “Senhor, mas por que te revelarás a nós e não ao mundo? “Respondeu Jesus: “Se alguém me ama, guardará a minha palavra. Meu Pai o amará, nós viremos a ele e faremos nele morada. Aquele que não me ama não guarda as minhas palavras. Estas palavras que vocês estão ouvindo não são minhas; são de meu Pai que me enviou. “Tudo isso lhes tenho dito enquanto ainda estou com vocês. Mas o Conselheiro, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, lhes ensinará todas as coisas e lhes fará lembrar tudo o que eu lhes disse. Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbem os seus corações, nem tenham medo.”Vocês me ouviram dizer: Vou, mas volto para vocês. Se vocês me amassem, ficariam contentes porque vou para o Pai, pois o Pai é maior do que eu. Isso eu lhes disse agora, antes que aconteça, para que, quando acontecer, vocês creiam.

Já não lhes falarei muito, pois o príncipe deste mundo está vindo. Ele não tem nenhum direito sobre mim.Todavia para que o mundo saiba que amo o Pai e que faço o que meu Pai me ordenou. Levantem-se, vamo-nos daqui! “

O Espírito Santo é o nosso advogado de defesa, ajudador, o que instrui e ensina. Ele não veio para acusar, julgar ou condenar. O inimigo condena. O Espírito Santo consola e defende.

 1 João 2:1 Meus filhinhos, escrevo-lhes estas coisas para que vocês não pequem. Se, porém, alguém pecar, temos um intercessor junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo.”

O Espírito Santo intercede por nós, mostrando o sangue. Não profane o sangue. Em dias de tribulação, podemos lembrar que Ele está em nós e nos deixou a Paz.

O Senhor nos Deus o Consolador para enfrentarmos os problemas. A vida varia cada dia: dias nebulosos, dias calmos, dias com trovoadas…. Qual a diferença entre o adulto experiente e o jovem experiente? Os problemas, ou seja, o acúmulo de experiências. Como conhecer o Deus que cura, se ninguém está doente; como conhecer o Deus dá provisão , se não passar necessidade. Os problemas nos permitem conhecer Deus de forma mais real. Ser salvo é ter a Paz no meio das lutas. A paz de Deus é o Consolador dentro de nós. O regozijo numa situação que pode parecer irreversível para o mundo, mas não existe impossível para o Deus todo poderoso.

Vivemos preparados para as lutas, porque temos a Paz.

Nada pode nos separar do amor de Deus. Ele é o Espírito da verdade. É a dose de Deus para vencer a guerra. Estar cheio de Deus é estar cheio da provisão de Deus. Não é pastor, nem padre, nem livro, nem profeta.. Precisamos estar cheios do Espírito Santo de Deus.

1 Corintios 15:45Assim está escrito: “O primeiro homem, Adão, tornou-se um ser vivente”; o último Adão, espírito vivificante.”

Quando aceitamos a Jesus como nosso Senhor e Salvador, naquele momento, o Espírito Santo de Deus vem habitar em nós, nos dando vida e vida eterna . Porém a uma diferença entre ter a vida e estar revestido de poder.

 Lucas 24:49Eu lhes envio a promessa de meu Pai; mas fiquem na cidade até serem revestidos do poder do alto”.

Quando se cumpriu a promessa do poder? No pentecostes.

Antes do Pentecostes, os discípulos tinham o Espírito Santo?

João 20:22Novamente Jesus disse: “Paz seja com vocês! Assim como o Pai me enviou, eu os envio”. E com isso, soprou sobre eles e disse: “Recebam o Espírito Santo.”

Logo depois de Jesus ter ressuscitado, os discípulos receberam o Espírito. Uma coisa é o Espírito, como vida , o Zoé de Deus, que recebemos quando nos convertemos e somos salvos. Ser salvo é ter o Espirito como vida. É Regeneração e novo nascimento.

Outra coisa é ter o Espírito como poder para testemunharmos do Senhor. Para exemplificar, podemos fazer uma comparação com a autoridade do policial que tem a ver com a autoridade da função. Se ele acorda pela manhã, está vivo. Porém, se vai trabalhar sem a farda, ninguém o obedecerá. A farda é o revestimento de poder. Mas se o carro não parar….ele tem o nome de Jesus que é a arma.

Todos que nasceram de novo, tem o Espírito. Mas nem todos tem o poder e a autoridade. O poder é fruto do revestimento do Espírito.

Share
Postado por Agnes nas categorias biblia, estudo em August 25th, 2014. No Comments.

João 13 – “O Lavar os Pés”

João 13: 34-35   Um novo mandamento lhes dou: Amem-se uns aos outros. Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros. Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros”.

Como se reconhece um discípulo de Jesus ? Pela roupa? Pela linguagem?E como se reconhece o membro de uma igreja? Por que Jesus lavou os pés dos discípulos? O que Jesus falou especificamente para Pedro?Jesus queria mostrar humildade?

 O significado espiritual do “Lavar os pés” é a própria expressão do servir e do amor. Não por lei, nem ritual.Um discípulo de Jesus não é reconhecido por nenhum fator externo, mas interno.

 V. 10 “Respondeu Jesus: “Quem já se banhou precisa apenas lavar os pés; todo o seu corpo está limpo. Vocês estão limpos, mas nem todos”.

 O que é ser lavado inteiro? É ser lavado pelo sangue de Jesus.

 E o significado de Jesus lavar os pés? É remover a sujeira do pecado , do mundo e da carne. O mundo está corrompido, no caminhar vamos sendo contaminados.

 Condições para o lavar dos pés:

 v. 1-4 “Um pouco antes da festa da Páscoa, sabendo Jesus que havia chegado o tempo em que deixaria este mundo e iria para o Pai, tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim.

Estava sendo servido o jantar, e o diabo já havia induzido Judas Iscariotes, filho de Simão, a trair Jesus.
Jesus sabia que o Pai havia colocado todas as coisas debaixo do seu poder, e que viera de Deus e estava voltando para Deus; assim, levantou-se da mesa, tirou sua capa e colocou uma toalha em volta da cintura.”

Jesus repete várias vezes que iria à Jerusalem para morrer e morrer na cruz. Ele avisou. Símbolo de maldição, a pena de morte mais cruel. A cruz nos lembra que Jesus veio ao mundo para nos salvar e para isso pagou um preço muito alto. A cruz revela um Deus que nos ama de tal maneira que escolheu seu próprio filho para sofrer no nosso lugar. Deus é quem nos purifica. Jesus nos amou até o fim, ao máximo. Ele fez tudo.

 Passos a serem dados:

- 1. Amar

- 2. Se despir ( glória, realizações, ser transparente, não se colocar numa posição de superioridade.)

 1 Joã0 1: 7-8 “Se, porém, andamos na luz, como ele está na luz, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado. Se afirmarmos que estamos sem pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós.”

Ser cheio do Espírito Santo é ser cheio de amor. Deus é amor. O Espírito Santo é amor. Ser cheio do Espírito é ter amor.

- 3. Amarrou uma toalha. Fomos libertos da lei, do pecado e do mundo, mas nos amarramos muitas vezes pelo nosso irmão. Somos servos e procuramos a felicidade do irmão.

 Como lavar os pés?

V.5 “Depois disso, derramou água numa bacia e começou a lavar os pés dos seus discípulos, enxugando-os com a toalha que estava em sua cintura.”

A água na Bíblia significa: Espírito Santo, a Palavra viva, a vida eterna de Deus ( Zoé).

João 15:3 “Vocês já estão limpos, pela palavra que lhes tenho falado.”

Efésios 5:26 “para santificá-la, tendo-a purificado pelo lavar da água mediante a Palavra.”

Como a Igreja é lavada? Pela Palavra.

 Tito 3:6 “não por causa de atos de justiça por nós praticados, mas devido à sua misericórdia, ele nos salvou pelo lavar regenerador e renovador do Espírito Santo, que ele derramou sobre nós generosamente, por meio de Jesus Cristo, nosso Salvador.”

 O lavar os pés significa o que? É amar ao próximo como a si mesmo , é dar a sua vida pelo outro.

Como? Lavando os pés mostrando humildade? O lavar dos pés tem a ver com a igreja, um com o outro. Esse é o exemplo que Jesus está nos dando. Amar ao irmão como Jesus amou é muito superior. Para se ter comunhão nossos pés precisam ser lavados. Para lavar os pés dos irmãos precisa ter um relacionamento de amor. O sangue nos purifica e o Espírito Santo é a água que nos lava na caminhada.

Por que? Para limpar a terra, precisamos tirar o pó da pé. Nosso corpo foi feito do pó da terra.

 Gênesis 2:7 “Então o Senhor Deus formou o homem do pó da terra e soprou em suas narinas o fôlego de vida, e o homem se tornou um ser vivente.”

Gênesis 3:14 “Então o Senhor Deus declarou à serpente: “Já que você fez isso, maldita é você entre todos os rebanhos domésticos e entre todos os animais selvagens! Sobre o seu ventre você rastejará, e pó comerá todos os dias da sua vida.”

 Toda vez que estamos na carne, estamos alimentando um demônio, estamos mesmo cultivando um demônio. Demônios se alimentam do pó da terra. Esse pó é a sujeira da carne. Porque vivemos no mundo, nos relacionamos com pessoas, podemos não pecar, mas nos contaminamos com o pecado do outro. Por isso o lavar dos pés .Por isso um irmão orando pelo outro, exortando na Palavra, um lavando o outro. Essa é a igreja que Jesus instituiu.


Conclusão:

Não conseguimos perdoar os pecados dos outros, nem os outros perdoarem os nossos pecados. Duas pessoas num lamaçal não conseguem limpar uma à outra. Precisamos de alguém limpo, é por isso que precisamos de Jesus.

Brigamos pelo sucesso. Julgamos e condenamos. Competimos. Somos egoístas e queremos ganhar sempre. Não gostamos do que o outro fez e, assim, pegamos nossas coisas e saímos ofendidos.

Tão perto do cruz, mas tão longe do sangue. Tão perto da cruz, mas tão longe do Cristo.

Nossas diferenças nos separam tanto assim? Nossas opiniões são tão soberanas ? Nossos muros são tão largos?

Que todos sejam um”, Jesus orou.

Jesus deu a Sua vida por nós, tudo o que precisamos são corações dispostos a seguir o seu exemplo.

Somos capazes de construir pontes? Jogar uma corda? Cobrir um abismo?

Não é todo dia que encontramos alguém que nos dê uma segunda chance, ainda mais alguém que nos dê uma segunda chance todos os dias. Jesus está dando, recomece, deixe o que para traz ficou e prossiga para o alvo, corrigindo o que pode ser corrigido, e caminhando para o alvo. Nosso Deus não é acusador, Ele é o nosso libertador e Salvador!!!! 

Share
Postado por Agnes nas categorias biblia, estudo em August 6th, 2014. No Comments.

“Paciência”

Tiago 1:4 “  E a perseverança ( paciência) deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma.

Paciência é confiar que Deus sabe o que precisamos, quando precisamos e como vamos conseguir.

1. Deus sabe o que queremos e o que precisamos.

Nem sempre o que queremos é o que precisamos. Coisas que queremos podem exigir responsabilidades. Por exemplo: Quero um novo trabalho, mas preciso primeiro manejar corretamento onde estou.

 Lucas 12:28-31   Se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada ao fogo, quanto mais vestirá vocês, homens de pequena fé! Não busquem ansiosamente o que hão de comer ou beber; não se preocupem com isso. Pois o mundo pagão é que corre atrás dessas coisas; mas o Pai sabe que vocês precisam delas. Busquem, pois, o Reino de Deus, e essas coisas lhes serão acrescentadas.”

Paciência:

  • Fortalece nossa fé.
  • Melhora nossas decisões.
  • Esclarece nossos compromissos ( responsabilidades).

2.O Tempo de Deus é sempre oportuno. O tempo correto vem Dele. Nem antes , nem depois. Nunca cansar de semear a Palavra que no tempo certo irá frutificar.

Tiago 5:7  Portanto, irmãos, sejam pacientes até a vinda do Senhor. Vejam como o agricultor aguarda que a terra produza a preciosa colheita e como espera com paciência até virem as chuvas do outono e da primavera.”

Gálatas 6:09 Quem semeia para a sua carne, da carne colherá destruição; mas quem semeia para o Espírito, do Espírito colherá a vida eterna.

Isaías 08:17 Esperarei pelo Senhor, que está escondendo o seu rosto da descendência de Jacó. Nele porei a minha esperança.”

Isaías 30:18-19Contudo, o Senhor espera o momento de ser bondoso com vocês; ele ainda se levantará para mostrar-lhes compaixão. Pois o Senhor é Deus de justiça. Como são felizes todos os que nele esperam””Ó povo de Sião, que mora em Jerusalém, você não vai chorar mais. Como ele será bondoso quando você clamar por socorro! Assim que ele ouvir, lhe responderá.”


3. O processo de Deus nos levará para o Seu propósito. Esperar em Deus, mas fazer enquanto espera o que precisa ser feito Na Parábola do Filho pródigo, o pai espera a volta do filho. Deus dá mesma forma, Ele espera que façamos o que precisamos fazer. Não desistir de fazer o bem e plantar as sementes da obediência. Deus tem um propósito, mas tem o caminho que precisamos percorrer.

Êxodo 13:17-18 “Quando o faraó deixou sair o povo, Deus não o guiou pela rota da terra dos filisteus, embora este fosse o caminho mais curto, pois disse: “Se eles se defrontarem com a guerra, talvez se arrependam e voltem para o Egito”.Assim, o Senhor fez o povo dar a volta pelo deserto, seguindo o caminho que leva ao mar Vermelho. Os israelitas saíram do Egito preparados para lutar.
Tiago 1:2-4 “Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações,pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança.E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma.”
Jeremias 29:10-11 “
Assim diz o Senhor: “Quando se completarem os setenta anos da Babilônia, eu cumprirei a minha promessa em favor de vocês, de trazê-los de volta para este lugar. Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês”, diz o Senhor, “planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro.

 Passos para o crescimento de nossa paciência:

-Confie em que o tempo de Deus é melhor do que o seu timing.

-Aceitar que Deus vê o que você quer, mas sabe o que você precisa.

-Faça a sua parte, enquanto você espera que Deus faça a parte Dele.

-Esteja pronto para sua paciência ser testada.

-Cooperar com o processo que Deus tem para você.

Share
Postado por Agnes nas categorias biblia, estudo em July 27th, 2014. No Comments.

Tendo um bom começo com Deus

1 João 1:1-4 “O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e as nossas mãos apalparam — isto proclamamos a respeito da Palavra da vida.A vida se manifestou; nós a vimos e dela testemunhamos, e proclamamos a vocês a vida eterna, que estava com o Pai e nos foi manifestada.Nós lhes proclamamos o que vimos e ouvimos para que vocês também tenham comunhão conosco. Nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho Jesus Cristo.Escrevemos estas coisas para que a nossa alegria seja completa.”

Como se começa alguma coisa é sempre importante. Um bom começo nos ajuda a terminar ou concluir algo de forma correta.

 O apóstolo João começa sua primeira carta com alguns lembretes essenciais para um bom começo com Deus. Dê uma olhada em sua introdução:

 Vejamos três coisas que precisamos saber para ter um bom começo com Deus. Precisamos saber que:

1. Jesus é a vida, Jesus é a Palavra de vida.

João diz-nos, em primeiro lugar, que Jesus existiu “desde o início.”

1 João 1:1-2O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e as nossas mãos apalparam — isto proclamamos a respeito da Palavra da vida. A vida se manifestou; nós a vimos e dela testemunhamos, e proclamamos a vocês a vida eterna, que estava com o Pai e nos foi manifestada.”

Jesus é “a Palavra da vida.” Vamos olhar mais de perto duas palavras ricas nessa frase.

 “Palavra” (logos grego). Jesus é a Palavra de Deus. Assim como nossas palavras transmitem quem realmente somos por dentro, a Palavra de Deus, Jesus, nos comunnica Seu coração.

 Hebreus 1:1-3   Há muito tempo Deus falou muitas vezes e de várias maneiras aos nossos antepassados por meio dos profetas, mas nestes últimos dias falou-nos por meio do Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas e por meio de quem fez o universo. O Filho é o resplendor da glória de Deus e a expressão exata do seu ser, sustentando todas as coisas por sua palavra poderosa. Depois de ter realizado a purificação dos pecados, ele se assentou à direita da Majestade nas alturas.”

• “Vida” (zoe grego). Recebemos significativa, abundante e eterna vida de Deus, quando colocamos a nossa fé em Jesus! Sem Jesus, nós estamos mortos em nossos pecados. Estamos condenados à separação eterna de Deus. Pela fé em Jesus somos vivificados pelo Espírito de Deus e Sua vida enche os nossos corações. João nos diz que “a vida apareceu.” Deus revelou-nos a vida em Jesus!

Jesus foi a vida de Deus envolto em carne e apresentado a nós como uma livre presente. João testifica isso com autoridade. Ele tinha estado lá e visto Jesus como o “Verbo da vida” em primeira mão.

2. Jesus é o caminho para Deus relacionamentos com

Deus e aos outros.

Depois de contar-nos sobre a vinda de Jesus e da natureza de Jesus como a “Palavra de vida”, João nos ajuda a entender mais sobre o “por que” Jesus veio.

 1 João 1:3 “Nós lhes proclamamos o que vimos e ouvimos para que vocês também tenham comunhão conosco. Nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho Jesus Cristo.”

 João introduz outra importante palavra “comunhão”. João queria que compreendêssemos a mensagem de Jesus: “… para que vocês também tivéssem comunhão.”

A palavra grega é koinonia significa “compartilhar coisas em comum.” Quando colocamos nossa fé em Jesus Cristo, nós entramos em um relacionamento com Deus e com os outros que colocaram sua fé em Deus. Nós nos tornamos uma parte de uma família que compartilha um Pai Celestial e muitos outros benefícios espirituais que vêm de ser parte de sua família.

O relacionamento mais importante, Jesus torna possível , que é um pessoal relacionamento com Deus. Temos “a comunhão com Deus e com Seu Filho!” Qualquer tipo de relacionamento exige manutenção e desenvolvimento. Não é o suficiente simplesmente começar um relacionamento, ele precisa ser alimentado. O mesmo é verdade para a nossa relação com Deus e com a família de Deus. Há coisas que precisamos fazer para tornar a nossa relação e comunhão com Deus e Seus filhos alegre e frutífera. A chave para o crescimento é o investimento no relacionamento pessoal!

  • Para crescermos na nossa relação com Deus, precisamos : ler e refletir sobre a Palavra de Deus , nos comunicarmos com Ele ( oração) , obedecer aos Seus mandamentos e servi-Lo fielmente.

  • Para crescermos na nossa relação com os nossos irmãos e irmãs precisamos: estar conectado e plantado em uma igreja local , que é a família de Deus, participar ativamente no ministério da igreja, cuidar um do outro, orar uns pelos outros, servir um ao outro.

3. Relacionamento com Deus e com a família de Deus trazem alegria.

Pergunte às pessoas o que querem da vida e provavelmente você vai obter a resposta “, eu quero ser feliz! “

Em busca da felicidade, as pessoas tentam todos os tipos de atividades , lêem todos os tipos de livros, fazem todo tipo de coisas.

O apóstolo João nos ajuda a entender como conseguir algo ainda melhor do que a felicidade:

1 João 1:4   “Escrevemos estas coisas para que a nossa alegria seja completa.”

João começa com um testemunho pessoal. Através de seu relacionamento com Jesus, João descobriu a verdadeira alegria. Era algo que tinha no seu interior que ninguém, nem nada poderia tirar dele. João refletiu sobre sua vida antes de Jesus e sua vida depois de Jesus, e uma dasprincipais diferenças entre o seu A.C e a vida D.C foi a ALEGRIA!

O que é a alegria?

A palavra grega (chara) significa “alegria, alegria calma, grande felicidade. “

Em essência, João está compartilhando o caminho para a alegria. O propósito de sua carta era para compartilhar com os outros o caminho para experimentar a mesma alegria que ele descobriu através de Jesus. Como podemos descrever essa alegria?

Não é uma experiência de Poliana. É uma profunda sensação de bem-estar e segurança que vem de saber que Deus te conhece, ama e está trabalhando ativamente em sua vida. Esta alegria transcende a mente e as circunstâncias externas da vida. É algo real, no interior! Ela só é encontrada em Jesus!

Como podemos obter um bom começo com Deus?

Saiba que:

Jesus é a vida, a Palavra de vida.

Jesus é o caminho para Deus e para o relacionamento com as pessoas.

Relacionamentos com Deus e com a Sua família trazem alegria.

Share
Postado por Agnes nas categorias biblia, estudo em July 25th, 2014. No Comments.

Jesus vem para Jerusalém – João 12: 12-50

João 12:24 “Digo-lhes verdadeiramente que, se o grão de trigo não cair na terra e não morrer, continuará ele só. Mas se morrer, dará muito fruto.”


João 12:25 “Aquele que ama a sua vida, a perderá; ao passo que aquele que odeia a sua vida neste mundo, a conservará para a vida eterna.”

João 12: 37-43 “Mesmo depois que Jesus fez todos aqueles sinais miraculosos, não creram nele.

Isso aconteceu para se cumprir a palavra do profeta Isaías, que disse: “Senhor, quem creu em nossa mensagem, e a quem foi revelado o braço do Senhor? “Por esta razão eles não podiam crer, porque, como disse Isaías noutro lugar:”Cegou os seus olhos e endureceu os seus corações, para que não vejam com os olhos nem entendam com o coração, nem se convertam, e eu os cure”. Isaías disse isso porque viu a glória de Jesus e falou sobre ele.Ainda assim, muitos líderes dos judeus creram nele. Mas, por causa dos fariseus, não confessavam a sua fé, com medo de serem expulsos da sinagoga;pois preferiam a aprovação dos homens do que a aprovação de Deus.”

 Temos 2 versículos chaves para prestarmos atenção:

 Primeirov. 43 “pois preferiam a aprovação dos homens do que a aprovação de Deus.”

Ouviram de Jesus e até o reconheceram como o Messias , mas tinham vergonha de Jesus e não queriam perder prestígio, posição , poder…

Segundo – v. 24 “Digo-lhes verdadeiramente que, se o grão de trigo não cair na terra e não morrer, continuará ele só. Mas se morrer, dará muito fruto.”

 Existem 2 escolhas para todo ser humano:

-Aceitar o grão de trigo que é Jesus;

- Ou preferir a glória dos homens.

v. 47 “Se alguém ouve as minhas palavras, e não as guarda, eu não o julgo. Pois não vim para julgar o mundo, mas para salvá-lo.”

 Nos Capítulos 11 e 12 de João, não existe espaço de tempo, os fatos vão ocorrendo um após o outro.No capítulo 11 Jesus ressuscita Lázaro dos mortos. Como Lázaro estávamos mortos e alguns de nós já estávamos até em decomposição. Ele nos ressuscitou,nos deu vida e nos restaurou tirando as ataduras que nos amarravam. No capítulo 12 ocorre uma ceia em casa de Simão o leproso. Nessa ceia comparecem Simão , que era o anfitrião, Lázaro, Marta , Maria , Judas e Jesus. Temos uma igreja. Uma vez que os Lázaros são ressuscitados e os leprosos são limpos, a Marta servindo, a Maria adorando e a presença de Jesus, apontam para a Igreja hoje.

Importante observação:

  • A lepra surge no sangue no sangue e depois se manifesta. O pecado também começa nos pensamentos, na nossa natureza,  para depois se manifestar.
  • A lepra como o pecado provoca insensibilidade . Uma pessoa com lepra se queima e não sente nada. O pecado faz o mesmo no homem. Ouve , ouve a Palavra e isso lhe é indiferente, não o toca, não o sensibiliza impedindo a comunhão e o ouvir do espírito de Deus.

  • A lepra destrói o homem pelas beiradas, os dedos e as orelhas caem….O mesmo ocorre com o pecado ele destrói a imagem de Deus em nós.

  • A pessoa com lepra precisa se isolar. Quem tem pecado não consegue dialogar, conversar, apesar de se sentir sozinho não consegue ter comunhão, quer se isolar. Indisposição em congregar.

    A partir do verso 12 vemos o segredo da expansão do Reino de Deus. Quais foram as bases de como a igreja foi edificada?

Jesus estava no auge de seu ministério, Ele tinha acabado de ressuscitar um morto de 4 dias. O crescimento do Reino de Deus não seria fruto de estratégia humana nem do que o homem poderia fazer.

v.17 “A multidão que estava com ele, quando mandara Lázaro sair do sepulcro e o ressuscitara dos mortos, continuou a espalhar o fato.”

Jesus estava no auge do seu ministério

v. 20-21 “Entre os que tinham ido adorar a Deus na festa da Páscoa, estavam alguns gregos.
Eles se aproximaram de Filipe, que era de Betsaida da Galiléia, com um pedido: “Senhor, queremos ver Jesus”.

Até os gregos queriam ver Jesus. A Grécia era o centro cultural do mundo. Os romanos tinham a força militar, mas da Grécia vinha o conhecimento. Jesus estava no auge, mas não se empolgou. Foi exaltado , eram colocadas folhas de palmeira para que passasse em cima de um jumento, que era símbolo de realeza.Não era esse reconhecimento que faria o Reino de Deus crescer e Ele o sabia. Jesus diz claramente que o grão de trigo precisa morrer. Se o grão de trigo for colocado para exibição num pedestal para ser admirado, Ele não servirá para nada.Ele não agiria como eles esperavam, Ele veio em paz para redimir a humanidade.

Observação: Sempre que a igreja foi perseguida, ela crescia. Quantos mais cristãos eram jogados nas arenas de Nero para serem comidos pelos leões, mais a igreja crescia. Do primeiro ao quarto século era proibido se pregar o evangelho, o Evangelho crescia. No dia que os reis aceitaram o evangelho, veio o período das trevas.

 Jesus também foi testado. Será que Ele iria preferir a glória dos homens ou a glória de Deus? É bom ser reconhecido, ser elogiado, ser aprovado e receber a glória dos homens. A glória que Jesus escolheu foi ser uma semente , ser jogada na terra e morrer. Não é nada fácil, fazer, fazer e ninguém reconhecer. A semente precisa morrer para produzir frutos, sermos jogados até num lugar de desprezo e de não reconhecimento. O que é a semente morrer? É perder a casca ( que é o ego, a vaidade , o orgulho), ela precisa se desprender para poder ser semeada por Deus e receber a água do Espírito Santo. A cruz é o caminho da vida. Amar a vida é auto se preservar.

V. 25 “Aquele que ama a sua vida, a perderá; ao passo que aquele que odeia a sua vida neste mundo, a conservará para a vida eterna.”

O amor pelo nosso próprio conforto ainda era prioridade para aquela multidão e para a grande maioria de nós hoje também. As religiões resolveram abolir o inferno das suas ministrações, não soa politicamente correto, mas a Bíblia diz que existe o céu e o inferno. Tem pessoas vivendo num inferno em vida. Muitos estão perecendo porque não queremos entrar na morte por pessoas  que estão se perdendo Não queremos abrir mão do nosso tempo, do nosso lazer, priorizamos coisas que não são as mais importantes.O caminho é a cruz. A semente tem que ser germinada pela água do Espírito. Cada um de nós somos um grão de trigo que precisa morrer para o Eu, e assim germinar.

 Porque Jesus tinha que morrer?

João 7:39Ele estava se referindo ao Espírito, que mais tarde receberiam os que nele cressem. Até então o Espírito ainda não tinha sido dado, pois Jesus ainda não fora glorificado.”

V. 33- 34 “Mas eu, quando for levantado da terra, atrairei todos a mim”.Ele disse isso para indicar o tipo de morte que haveria de sofrer.”

Jesus que era 100% Deus , mas também era 100% homem. Ele se ofereceu para ser o grão de trigo, ser jogado na terra, morrer para perder a casca e poder habitar em todos os homens através do Espírito Santo de Deus, subjugando a satanás na cruz. Jesus seria glorificado e ser glorificado é a germinação do trigo.

Não devemos nos preocupar com a aprovação dos homens, se gostam ou não, devemos nos preocupar é com a aprovação e em alegrar o coração de Deus. Esse é o centro do Evangelho, sendo muito grave e séria as nossas escolhas, que significam, a escolha entre a vida ou a morte.

Share
Postado por Agnes nas categorias biblia, estudo em July 20th, 2014. No Comments.

Um gesto maravilhoso! João 12

João 12: 1-11 ”Seis dias antes da Páscoa Jesus chegou a Betânia, onde vivia Lázaro, a quem ressuscitara dos mortos. Ali prepararam um jantar para Jesus. Marta servia, enquanto Lázaro estava à mesa com ele.Então Maria pegou um frasco de nardo puro, que era um perfume caro, derramou-o sobre os pés de Jesus e os enxugou com os seus cabelos. E a casa encheu-se com a fragrância do perfume. Mas um dos seus discípulos, Judas Iscariotes, que mais tarde iria traí-lo, fez uma objeção: “Por que este perfume não foi vendido, e o dinheiro dado aos pobres? Seriam trezentos denários”. Ele não falou isso por se interessar pelos pobres, mas porque era ladrão; sendo responsável pela bolsa de dinheiro, costumava tirar o que nela era colocado.Respondeu Jesus: “Deixe-a em paz; que o guarde para o dia do meu sepultamento. Pois os pobres vocês sempre terão consigo, mas a mim vocês nem sempre terão”. Enquanto isso, uma grande multidão de judeus, ao descobrir que Jesus estava ali, veio, não apenas por causa de Jesus, mas também para ver Lázaro, a quem ele ressuscitara dos mortos. Assim, os chefes dos sacerdotes fizeram planos para matar também Lázaro, pois por causa dele muitos estavam se afastando dos judeus e crendo em Jesus.”

Jesus não veio fundar uma religião, um sistema, Ele veio para ser tudo dentro do homem. Ele é Deus encarnado. Quando Jesus disse que era o caminho, Ele não veio ensinar um caminho, Ele era o caminho. Quando Jesus disse que era a vida, Ele não disse que vinha criar uma religião que traria vida. Ele era a própria vida.Ele não veio ensinar uma verdade. Ele era a verdade.

Não existe na Bíblia um sistema organizado que Jesus tenha fundado. Ele não fundou nada.

Estávamos mortos como Lázaro e Ele nos deu vida e a vida é Ele mesmo.No Capítulo 12, vemos um modelo da igreja de Jesus. O que é a igreja ? Uma reunião de pessoas que receberam a Jesus como vida. Um tem a vida, outro tem a vida, e outro também….temos a igreja.

 Jesus não queria criar uma organização, aliás, a organização é inimiga de Deus. Toda organização humana, com o tempo, passa a resistir ao mover de Deus. As nossas regras impedem o mover de Deus.

O que é ser igreja?

v.2 “Ali prepararam um jantar para Jesus. Marta servia, enquanto Lázaro estava à mesa com ele.”

A ceia para o judeu era um momento importante. Convidaram Jesus para essa ceia, era uma festa. Jesus tinha acabado de ressuscitar Lázaro. Lázaro já estava em decomposição e Jesus faz um milagre.. As irmãs estavam felizes e uma multidão veio ver o morto que reviveu. A partir do capítulo 12 de João, Jesus não tem mais contato com o templo, a sinagoga. Jesus rejeitou aquele sistema. Ele veio estabelecer uma nova aliança.

1- A igreja do Cristo vivo é lugar de festa. Deus é um Deus de festa e se alegra. Fomos feitos a Sua imagem e semelhança e também gostamos de festa, aliás, necessitamos de festa. A festa não era por causa do milagre que ocorreu, mas porque Jesus estava ali. Onde Jesus está presente, há unção, então vai haver festa.

Jesus estava dando as suas últimas instruções, Ele prediz a sua morte e estava querendo ensinar o propósito da Sua morte.

A Páscoa era um feriado nacional e religioso. A celebração era porque Deus tirou o povo do Egito depois de 400 anos de escravidão no Egito. Deus usou Moisés para ir a Faraó . O coração de Faraó se endurecia e não permitia que o povo saísse do Egito. O Senhor foi mandando pragas , uma a uma, e Faraó permanecia impassível até a última praga, que seria a morte de todos os primogênitos. Para que o primogênito de cada família não morresse, um cordeiro deveria ser morto e nos umbrais das portas deveria ser aspergido o sangue desse cordeiro. Quando o anjo da morte passasse e visse aquele sangue na porta, o primogênito estaria salvo.

Esse foi o propósito da morte de Jesus. Morreu como um criminoso. Jesus é o nosso cordeiro. Jesus morreu para que tivéssemos vida. O sangue de Jesus foi aspergido no coração dos que crêem e o recebem como Senhor das suas vidas. A morte foi vencida.

Hebreus 10:14-18“Porque, por meio de um único sacrifício, ele aperfeiçoou para sempre os que estão sendo santificados. O Espírito Santo também nos testifica a este respeito. Primeiro ele diz: “Esta é a aliança que farei com eles, depois daqueles dias, diz o Senhor. Porei as minhas leis em seus corações e as escreverei em suas mentes”; e acrescenta: “Dos seus pecados e iniqüidades não me lembrarei mais”. Onde essas coisas foram perdoadas, não há mais necessidade de sacrifício pelo pecado.”

João 3: 16 “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu Filho unigênito para que todo aquele que Nele crer não pereça , mas tenha a vida eterna.”

Jesus escolheu a cruz por você, se tornou pecado por você, para que você se salvasse e se tornasse justiça de Deus. Cada pecado foi coberto. Éramos pecadores, agora somos justificados. Esse foi o motivo porque Deus se fez homem e decidiu morrer na cruz.

Vir para esse ajuntamento, ser da igreja de Cristo, estar na comunhão dos santos é ir para uma festa. Na páscoa dos judeus era ensinado as novas gerações como Deus tinha os livrado dos egípcios. A nossa páscoa é sobre a nossa libertação do pecado, da culpa e da morte e que deve ser passado e ensinado as novas gerações. Não é maravilhoso estar livre do pecado, da culpa e da morte?

2- Betânia significa casa de tristeza, casa de aflição.

O mundo pensa que o povo de Deus é triste, afligido, frustrado , deprimido, não se divertem… e assim era essa cidade até Jesus chegar.

Lázaro e as irmãs deviam ser pessoas simples, vivendo numa cidade pequena, mas tinham a alegria de Jesus que é a vida. Jesus conquistou o coração e deu vida. O mundo pensa errado.

3- Lázaro. Tinha sido ressuscitado dos mortos.Como cada um de nós, estávamos mortos e Deus nos deu vida.

Marta servia, Maria adora e Lázaro era testemunha. As multidões iam para ver o testemunho de Lázaro. As multidões querem ver manifestação de sinais, todos nós somos como Lázaros, cada um com a sua experiência.

No evangelho de Marcos vemos essa mesma narrativa.

Marcos 14:3Estando Jesus em Betânia, reclinado à mesa na casa de um homem conhecido como Simão, o leproso, aproximou-se dele certa mulher com um frasco de alabastro contendo um perfume muito caro, feito de nardo puro. Ela quebrou o frasco e derramou o perfume sobre a cabeça de Jesus.”

Essa ceia se deu na casa de Simão, o leproso, não foi na casa de Lázaro. Quem fez a festa foi Simão, o leproso.”

Todos nós éramos mortos como Lázaro e todos nós éramos leprosos pelo pecado.

A lepra torna o homem insensível. O pecado torna o homem insensível também. A lepra deforma e destrói, os membros caem. O mesmo faz o pecado, mata a pessoa em vida , destrói relacionamentos, família … Quando a lepra se manifesta a pessoa precisa se isolar das outras pessoas, o pecado da mesma forma separa, divide, isola as pessoas.

Simão estava purificado e limpo por Jesus e nós agora estamos também , fomos lavados pelo sangue do Cordeiro, Jesus. Participamos da ceia do Senhor porque fomos purificados.

4- Marta. Precisamos de Martas na igreja, a igreja não funciona sem as Martas. Existe na igreja viva: os adoradores( Maria), os que servem ( Marta); os que tem testemunho ( Lázaro) e os pecadores ( Simão).

Lucas 10:40 “Marta, porém, estava ocupada com muito serviço. E, aproximando-se dele, perguntou: “Senhor, não te importas que minha irmã tenha me deixado sozinha com o serviço? Dize-lhe que me ajude! “

Jesus não repreendeu Marta. Existe a arte de reclamar sem pecar. Jesus não a atendeu, mas ela colocou a sua questão diante do Senhor e recebeu orientação.

5- Maria. Escolheu a melhor parte. Todos os que receberam a vida de Jesus precisam ser Maria, mas o tamanho do amor é que pode variar.

  • Nível mais baixo (superficial) : medo de ir para o inferno.

  • Os outros níveis dependem da experiência com Deus.

Lucas 7: 36-38 “Convidado por um dos fariseus para jantar, Jesus foi à casa dele e reclinou-se à mesa. Ao saber que Jesus estava comendo na casa do fariseu, certa mulher daquela cidade, uma ‘pecadora’, trouxe um frasco de alabastro com perfume, e se colocou atrás de Jesus, a seus pés. Chorando, começou a molhar-lhe os pés com as suas lágrimas. Depois os enxugou com seus cabelos, beijou-os e os ungiu com o perfume.”

A pecadora fez o mesmo que Maria. A quem muito é perdoado, muito ama. A medida do quanto nos vemos na realidade do espelho de Deus determina o tamanho e a dimensão do nosso amor. O tamanho desse amor é determinado pela medida da revelação de quem somos.

Quem pouco se enxerga, se acha ótimo, perfeito, sem falhas, ama pouco a Deus. Podemos até ver mímica, encenação dramática, coreografia, mas pouco ama e o interior é vazio.

Maria fez a mesma coisa que a pecadora fez. Devoção demais? Um ato extravagante para para pessoas que não eram ricas? Nunca há desperdício quando estamos em adoração, não é desperdício de tempo, não é desperdício de nada…É a verdadeira riqueza, é para isso que fomos criados, esse é o perfeito sentido da vida. Não desperdice a sua vida, só temos uma e ela logo passa.

O que Maria fez:

  • Estava aos pés de Jesus ( simboliza amor intenso ao Senhor).

  • Sentou aos pés de Jesus em quietude, não existia agitação interior, havia serenidade.

  • Ungiu os pés de Jesus. Posição de grande humilhação.Usou o cabelo. O cabelo simbolizava glória.

1 Coríntios 11:14-15 “A própria natureza das coisas não lhes ensina que é uma desonra para o homem ter cabelo comprido, e que o cabelo comprido é uma glória para a mulher? Pois o cabelo comprido foi lhe dado como manto.”

  • Não se preocupou com a opinião dos outros.

  • Ofereceu algo precioso. Adoração não é só cantar, pode não ter a ver nem com o falar. É uma postura.

Marcos 14:3 “Estando Jesus em Betânia, reclinado à mesa na casa de um homem conhecido como Simão, o leproso, aproximou-se dele certa mulher com um frasco de alabastro contendo um perfume muito caro, feito de nardo puro. Ela quebrou o frasco e derramou o perfume sobre a cabeça de Jesus.”

  • Fez na frente de todos, não foi discreta. Não existe adoração sem quebrantamento e é nesse ponto que a glória de Deus vem.

6-Judas. O traidor. É o joio, cristão carnal, acha que é cristão mas não é… Se incomoda com a adoração dos outros. Jesus não merecia os 300 denários?

Os fariseus queriam matar Jesus, tinham ciúmes da popularidade, queriam manter o seu poder… Deus sabia dos seus planos e não seria nem antes , nem depois. O motivo de Judas trair Jesus poderia ser pela decepção , Judas esperava um rei que os livrasse do jugo romano? A Palavra diz que ele era ladrão e que permitiu que Satanás entrasse nele.

Com esse fato , podemos aprender que:

  • as trevas não estão brincando nesse mundo. Eles querem destruir tudo o que Deus criou e elas sabem que o tempo está se esgotando. Pessoas que são normais acabam fazendo coisas terríveis. O pecado é real.

  • A escolha de Judas em seguir Jesus estava no que ele poderia ganhar. A balança foi colocada. Judas viu que Jesus não era o que ele esperava, o coração dele estava buscando o momento, a rapidez na solução imediata, zona de conforto…. O verdadeiro tesouro é o próprio Jesus. O contraste entre Judas e Maria é chocante: Judas vendeu Jesus por 30 moedas de prata, Maria deu uma fortuna para Jesus.

Conclusão:

Jesus é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo (João 1:29). Ele é o cumprimento da verdadeira Páscoa. Nesse trecho da Palavra vemos duas situações: a traição de Judas e a adoração de Maria. Isto demonstra que podem haver maneiras diferentes das pessoas responderem a Jesus. O valor da Sua morte é a própria salvação do mundo. Maria percebeu esse inestimável valor.

Share
Postado por Agnes nas categorias biblia, estudo em July 19th, 2014. No Comments.

A verdadeira sabedoria

Ofertas de enriquecimento rápido aparecem todo o tempo, podem ser sob a forma de propagandas, idéias , oportunidades que dizem ser únicas , inclusive até em atividades ilegais. Sempre aparecerá  uma nova idéia para “fazermos milhões e nos aposentarmos mais cedo.”
Claro, são golpes que facilmente pegam os tolos.  No entanto, há algo dentro de nós que  desejaria que fosse verdade, que poderíamos ficar ricos  e nunca mais termos preocupações financeiras.
Por que somos estranhamente atraídos para esse tipo de  ofertas de  conto de fadas ? Talvez haja um desejo legítimo de “riqueza” que nos impulsiona. Considere as seguintes passagens:

Isaías 55:2  ”Por que gastar dinheiro naquilo que não é pão e o seu trabalho árduo naquilo que não satisfaz? Escutem, escutem-me, e comam o que é bom, e a alma de vocês se deliciará na mais fina refeição.”
Romanos 10:12   ”Pois não há diferença entre judeus e gentios, o mesmo é o Senhor de todos e abençoa ricamente todos os que o invocam.”
2 Coríntios 8:09  ” Pois conheceis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, que, sendo rico, por amor de vós se fez pobre, para que pela sua pobreza nos tornássemos ricos.”

Deus quer que sejamos ricos, mas seu foco não é o material. Ele adoraria ver a nossa alma “deliciar-se com o mais fina refeição”, Deus é bom e quer  que experimentemos a Sua bênção em todas as dimensões de nossas vidas.

3 João 2   “Amado, oro para que você tenha boa saúde e tudo lhe corra bem, assim como vai bem a sua alma.”

A chave para esse tesouro é Jesus Cristo. Nossa busca por riquezas reais e pela verdadeira prosperidade começa e termina Nele.

Colossenses 1:24 a 02:05   ”Agora me alegro em meus sofrimentos por vocês, e completo no meu corpo o que resta das aflições de Cristo, em favor do seu corpo, que é a igreja. Dela me tornei ministro de acordo com a responsabilidade por Deus a mim atribuída de apresentar-lhes plenamente a palavra de Deus, o mistério que esteve oculto durante épocas e gerações, mas que agora foi manifestado a seus santos. A eles quis Deus dar a conhecer entre os gentios a gloriosa riqueza deste mistério, que é Cristo em vocês, a esperança da glória. Nós o proclamamos, advertindo e ensinando a cada um com toda a sabedoria, a fim de que apresentemos todo homem perfeito em Cristo. Para isso eu me esforço, lutando conforme a sua força, que atua poderosamente em mim.Quero que vocês saibam quanto estou lutando por vocês, pelos que estão em Laodicéia e por todos os que ainda não me conhecem pessoalmente. Esforço-me para que eles sejam fortalecidos em seus corações, estejam unidos em amor e alcancem toda a riqueza do pleno entendimento, a fim de conhecerem plenamente o mistério de Deus, a saber, Cristo. Nele estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e do conhecimento. Eu lhes digo isso para que ninguém os engane com argumentos aparentemente convincentes.Porque, embora esteja fisicamente ausente, estou presente com vocês em espírito, e alegro-me em ver como estão vivendo em ordem e como está firme a fé que vocês têm em Cristo.”

 O que podemos aprender com Paulo nesses versículos? Como podemos perceber mais das riquezas de Cristo em nós?

  1. Servir e sofrer por Cristo
Paulo era um homem rico. Não sabemos nada sobre o sua situação financeira, mas é evidente que a conta de amor no seu coração estava cheia. Com o depósito do  Espírito Santo , sua vida produziu o fruto da verdadeira riqueza que é o amor sincero para com Deus e os outros, uma paz que excede todo o entendimento e a alegria do Senhor.
O ambiente em que esta alegria prosperou é um incrível testemunho da graça de Deus na vida de Paulo. Lembre-se de que ele está escrevendo da prisão.
Colossenses 1:24   ”Agora me alegro em meus sofrimentos por vocês, e completo no meu corpo o que resta das aflições de Cristo, em favor do seu corpo, que é a igreja.”

À primeira vista, o sofrimento parece ser um contexto estranho quando associado a  alegria. Esses dois sentimentos não se misturam em nossas mentes. No sofrimento, não nos sentimos com alegria, e esperamos que a nossa alegria será o resultado de circunstâncias felizes desprovidas de sofrimento.
As sementes de uma vida rica que levam à verdadeira alegria não prosperam  na terra da felicidade como prosperam no solo de sofrimento e do serviço. Olhem novamente como esse versículo traz esta verdade.

Jesus sofreu por nós. “Sofrimentos de Cristo” são “por causa de seu corpo, que é a igreja.” Ele sofreu com um propósito específico em mente:

Hebreus 12:2   “Tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé. Ele, pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz, desprezando a vergonha, e assentou-se à direita do trono de Deus.”

Jesus nos serviu, indo para o Calvário, disposto a suportar qualquer coisa para que  pudéssemos ter um relacionamento com o Deus Santo. Ele viu na  frente a nossa alegria de  irmos em segurança para casa com o Pai, e Ele escolheu o caminho da cruz para nos levar .
Servimos o sofrer por Cristo e pela Sua igreja. Desde o início da vida de Paulo em Cristo, foi revelado que ele iria enfrentar severa perseguição. “Eu lhe mostrarei quanto lhe importa sofrer pelo meu nome”, o Senhor proclamou em (Atos 9:16). O apóstolo seguiu a ordem de Jesus de pregar o evangelho e servir a igreja, por isso  foi espancado, maltratado e rejeitado pelo mundo. Mas essas aflições não eram sem propósito,  Paulo veio a perceber que “estou completando no meu corpo o que resta das aflições de Cristo, em seu corpo.”
Seguindo o exemplo de Paulo, o sofrimento do cristão em nome do evangelho é uma extensão de Cristo. Mesmo que não enfrentemos a ameaça de morte ou a perseguição física, quando servimos aos propósitos de Deus para o bem da sua igreja, também estamos participando deste processo divino. Jesus disse claramente: “Quem quiser ser meu discípulo deve negar a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me” (Lucas 9:23).
Paulo se alegra em Seu sofrimento para o Senhor, porque Ele sabia que ele servia para  um grande propósito. Estamos no caminho para as riquezas reais quando aprendemos que servir a Cristo se estende ao ministério da cruz e com alegria abraçamos isso como parte de seu plano para a igreja.

2. Aproveite a presença interior de Cristo
Quando nos referimos a alguém que demonstra integridade e caráter como uma pessoa  ”confiável”,queremos dizer que há algo dentro dela que alimenta a sua vida que é real e significativa. O âmago de seu ser é a base para fazer escolhas certas, manter compromissos e viver sabiamente e bem.
Para os crentes cristãos esta base é o próprio Cristo, vivendo em nós. Este é um mistério  maravilhoso que foi especialmente revelado e anunciado por Paulo.
Colossenses 1:25-27    “Dela me tornei ministro de acordo com a responsabilidade por Deus a mim atribuída de apresentar-lhes plenamente a palavra de Deus, o mistério que esteve oculto durante épocas e gerações, mas que agora foi manifestado a seus santos. A eles quis Deus dar a conhecer entre os gentios a gloriosa riqueza deste mistério, que é Cristo em vocês, a esperança da glória.”

Aqui o apóstolo puxa a cortina para nos revelar a verdadeira riqueza do céu. Conseguimos perceber tudo o que Deus tem feito para compartilhar suas gloriosas riquezas conosco? Como podemos apreciar o valor incalculável do que Ele colocou em nossos corações? Estes versos nos dão algumas respostas.

Cristo em nós é explicado pela Palavra de Deus. Sem  a revelação de Jesus  nunca iríamos saber sobre essa possibilidade e poder. Na verdade, Paulo diz que estava escondido em épocas passadas, até mesmo do próprio povo de Deus que foram confiados as Sagradas Escrituras. Somente quando o Messias prometido veio ao mundo é que o segredo foi revelado.
Vemos nos ensinamentos de Jesus: Ele veio não apenas para estar conosco, mas para habitar em nós (João 15:5-8). Ouvimos em sua oração ao Pai com relação aos cristãos: “… que eles sejam um, como nós somos um, eu neles e tu em mim … “(João 17:22-23). Em seguida, as cartas de Paulo esclarecem as implicações deste mistério:

Gálatas 2:20  ” Já estou crucificado com Cristo, e já não vivo, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, que me amou e se entregou por mim.”

Cristo em nós é vivido pela fé. Deus tem escolhido revelar este mistério para o povo conhecido  como “o povo do Senhor”, aqueles que são separados pela sua fé e confiança nEle. Note que Gálatas 2:20 diz que vivemos pela fé no Filho de Deus. Esta é a única resposta apropriada para a revelação do Filho. É pela fé que recebemos a vida n’Ele e Ele vem viver em nós. Cristãos que “andamos por fé e não por vista” (2 Coríntios  5:7). As riquezas de Deus são uma realidade diária para aqueles que acreditam que Cristo vive neles.

Cristo em nós é expressada pela esperança. Aquele em nós é a “esperança da glória.”Cristo está sempre presente, sempre amando, sempre trabalhando de dentro para fora. Os cristãos são pessoas de esperança. “Regozijamo-nos na esperança da glória de Deus”, “transbordem de esperança, pelo poder do Espírito Santo”, e descanso “na esperança da vida eterna” (Romanos 5:2; 15:13; Tito 1:2 ). Quanto mais nos damos conta sobre o Cristo que vive em nós,  mais inabalável a nossa esperança se torna.

3. Aproveitar a sabedoria de Cristo
O quanto é  valiosa a sabedoria? Quando Deus deu a Salomão a oportunidade de receber qualquer coisa que ele quisesse , ele escolheu sabedoria (1 Reis 3:1-15).

Provérbios 04:07  “O conselho da sabedoria é: procure obter sabedoria; use tudo que você possui para adquirir entendimento.”

Provérbios 8:11   ”pois a sabedoria é mais preciosa do que rubis; nada do que vocês possam desejar compara-se a ela.

A sabedoria é o conhecimento bem aplicado em situações cotidianas. É a capacidade de tomar boas decisões e julgamentos sobre a vida. Mas há uma dimensão mais significativa para a sabedoria para aqueles que conhecem o Senhor.

Colossenses 1:28 – 02:05   ”Nós o proclamamos, advertindo e ensinando a cada um com toda a sabedoria, a fim de que apresentemos todo homem perfeito em Cristo. Para isso eu me esforço, lutando conforme a sua força, que atua poderosamente em mim.Quero que vocês saibam quanto estou lutando por vocês, pelos que estão em Laodicéia e por todos os que ainda não me conhecem pessoalmente. Esforço-me para que eles sejam fortalecidos em seus corações, estejam unidos em amor e alcancem toda a riqueza do pleno entendimento, a fim de conhecerem plenamente o mistério de Deus, a saber, Cristo. Nele estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e do conhecimento. Eu lhes digo isso para que ninguém os engane com argumentos aparentemente convincentes.Porque, embora esteja fisicamente ausente, estou presente com vocês em espírito, e alegro-me em ver como estão vivendo em ordem e como está firme a fé que vocês têm em Cristo.”

Os tesouros da sabedoria de Deus está em Cristo! Isto está em contraste com a sabedoria do mundo.

• A sabedoria de Deus está preocupada com o avanço do Seu reino, em vez de aspirações humanas. Ela é baseada no caráter moral de nosso Criador, enquanto que a sabedoria do mundo caminha  sem uma âncora moral ou bússola. Como o autor David Wells colocou, “O mundanismo é  o sistema de valores, em qualquer idade, que tem no seu centro a nossa perspectiva humana caída, que desloca Deus e Sua verdade do mundo, e que faz o pecado parecer normal e a justiça parecer estranha “.

 • A sabedoria de Deus flui para fora do relacionamento com Ele e não pode ser entendida para além deste. Não somos “sábios” se  nos propusermos a viver bem ignorando o Autor da vida. É  tolo, e não  sábio, aquele que diz em seu coração: “Não há Deus” (Salmo 14:1).

É o lugar onde Jesus entra em cena! Como  expressão pessoal final de Deus para nós, o Filho é a personificação da Sua sabedoria. Cristo “se tornou para nós sabedoria de Deus, que é a nossa justiça, santidade e redenção” (1 Coríntios 1:30). Sabemos o que é viver com sabedoria através do exemplo e ensinamentos de Jesus. Experimentamos a graça e o poder para viver sabiamente através da Sua presença interior.
Paulo queria que os colossenses se  tornassem sábios em face das perspectivas mundanas, ensinamentos e práticas heréticas. Eles precisavam discernir entre a verdade e o erro, caminho certo e errado de Deus e dos  ímpios, “para que ninguém vos engane com argumentos que soam finas.”
A solução foi anunciar Cristo “, ensinando e admoestando a todos com toda a sabedoria.” A palavra “admoestar” (em grego noutheteo) fala da criação da mente de forma adequada  corrigindo ou avisando. Um aspecto importante de crescer em sabedoria é permitir que Deus e outros irmãos em Cristo venham  a corrigir nossos pensamentos e aumentem a nossa capacidade de discernir o que é certo e bom.
Paulo sabia que a riqueza do conhecimento divino e a sabedoria que buscamos é encontrada em Cristo, e não em um sistema religioso.
Seu último desejo era ver cristãos se tornarem maduros em Cristo.
Isso é o que Deus quer para nós! Nós podemos ter “as riquezas completas de entendimento ” as “riquezas da glória deste mistério, que é Cristo em vós”! Por que olhar para a riqueza em outro lugar?

Share
Postado por Agnes nas categorias biblia, biblia, estudo em June 27th, 2014. No Comments.

Como manter a Paz?

Mateus 5:9“Bem-aventurados os pacificadores, pois serão chamados filhos de Deus.”

 Como lidar com o problema do conflito? Os conflitos podem ser: entre marido e mulher, pais e filhos, entre parentes, vizinhos, no trabalho, entre amigos….Quando perguntaram a Jesus qual seria o mais importante mandamento , Ele respondeu que seria amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos. Crescemos no verdadeiro amor quando nos relacionamentos, como crescer na conexão com o outro?

1 . Cuidado com zonas de perigo

Efésios 4: 26-27 “Quando vocês ficarem irados, não pequem”. Apazigüem a sua ira antes que o sol se ponha, e não dêem lugar ao diabo.”

Tópicos que podem ser difíceis para a outra pessoa e que podem trazer à tona sentimentos doloridos, ressentimentos etc…

Como navegar em zonas de perigosas?

- Ser terno , sensível e gentil.

- Considerar o momento.

- Ser discreto.

- Tentar entrar na área , sem cobrar.

- Saber quando expor a situação.

- Confiar em Deus.

Em muitas situações não conseguimos restaurar um relacionamento quebrado e quando tentamos , só pioramos. Deus pode quando confiamos Nele e fazemos a nossa parte em obediência.

2. Preste atenção nos nossos próprios seus sentimentos, atitudes e ações .

- nos defendendo ( Ex. Estou irritada por sua culpa, sempre é vítima, comportamento infantil.)

- difamando ( por estar irritado, ofendido sai difamando a pessoa onde existe o conflito)

- culpando

- envergonhando

Escolhemos sentir o que queremos, ninguém é culpado! A atitude do outro não pode ser responsável pela nossa resposta. Quando Jesus ensinou a darmos a outra face quando baterem na nossa face, Ele nos ensinou a respondermos corretamente independente da atitude do outro. Eu escolho ser adulto ou imaturo. Eu escolho obedecer aos ensino de Jesus ou não.

 Salmos 51: 4 “Contra ti, só contra ti, pequei e fiz o que tu reprovas, de modo que justa é a tua sentença e tens razão em condenar-me.”

 (Davi reconhece que tinha pecado contra Deus, não desculpa seus erros, assume a sua responsabilidade.)

3. Evite superlativos, comparações e exageros.

 Provérbios 10:19 Quando são muitas as palavras o pecado está presente, mas quem controla a língua é sensato.”

 As palavras podem destruir relacionamentos se não forem pensadas e bem colocadas.

 4. Ser pacificador.

Mateus 5:9“Bem-aventurados os pacificadores, pois serão chamados filhos de Deus.”

Como podemos ser pacificadores?

- Valorizando a paz genuinamente .

- Limpando noso espírito da discórdia .

- Procurando a resolução e reconciliação nas situações de conflito.

- Livremente pedir perdão .

- Renunciando o noso direito de estarmos certos.

5. Faça depósitos de amor nas contas dos outros.

Filipenses 1:9 “Esta é a minha oração: que o amor de vocês aumente cada vez mais em conhecimento e em toda a percepção.”

6. Orar , brincar, louvar, se divertir, trabalhar, ter momentos de lazer juntos. Criar memórias positivas.

Share
Postado por Agnes nas categorias biblia, estudo em June 27th, 2014. No Comments.