Aceitando o presente do Amor de Deus

 1 João 4:7-12      “Amados, amemo-nos uns aos outros, pois o amor procede de Deus. Aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor. Foi assim que Deus manifestou o seu amor entre nós: enviou o seu Filho Unigênito ao mundo, para que pudéssemos viver por meio dele.Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou seu Filho como propiciação pelos nossos pecados. Amados, visto que Deus assim nos amou, nós também devemos amar-nos uns aos outros.Ninguém jamais viu a Deus; se nos amarmos uns aos outros, Deus permanece em nós, e o seu amor está aperfeiçoado em nós. 
Muitas pessoas simplesmente não podem acreditar que o Senhor as ama. Outros acreditam que Ele as ama, mas só quando O agradam de alguma forma. Por que é tão difícil  aceitarmos o Seu amor incondicional?
Uma das razões é que temos dificuldade em amarmos os outros sem impor condições. Podemos dizer as palavras “eu te amo” para o nosso cônjuge, filhos, amigos, colegas de trabalho, ou outros cristãos, mas muitas vezes estamos calculando em nossas mentes se essas pessoas vivem dentro do nosso padrão. Podemos até nos  desculparmos por amar certas pessoas, já que o comportamento delas nos perturba ou incomoda. O fato de colocarmos restrições sobre a extensão do nosso  favor, faz com que  achemos  que o Senhor faz o mesmo.
Outra razão é a pobre auto-imagem. Considerando-nos indignos,  recusamos  aceitar o amor de Deus.
 Quer saber de uma coisa? Nenhum de nós é digno da bondade do Pai celeste e da Sua misericórdia, para que possamos deixar de nos  desculparmos de uma vez por todas. Não  chegamos a Ele com base no nosso valor, pelo contrário, chegamos  com base em Sua graça, e nossa posição é segura em Cristo. Se recusamos estar ”sob Sua graça” estaremos pisoteando a Sua dádiva, generosidade e amor. Deus arranjou uma maneira impressionante e divina para nos reconciliar com Ele, e Seu maior desejo é de relacionamento com cada um de nós.
Se nos sentimos amados ou estamos lutando para nos aceitar, podemos pedir ao Espírito Santo para nos revelar a verdade do amor de nosso Pai celestial para conosco e que esse amor penetre profundamente em nosso coração. Recebamos a verdade que Ele revela. Será uma história completamente diferente quando descobrimos o nosso valor como indivíduo.
Share
Posted in reflexao by agnes at February 15th, 2012.
Tags: