Controlando nossos apetites.

1 Coríntios 9:24-27   “ Vocês não sabem que dentre todos os que correm no estádio, apenas um ganha o prêmio? Corram de tal modo que alcancem o prêmio.Todos os que competem nos jogos se submetem a um treinamento rigoroso, para obter uma coroa que logo perece; mas nós o fazemos para ganhar uma coroa que dura para sempre.Sendo assim, não corro como quem corre sem alvo, e não luto como quem esmurra o ar.Mas esmurro o meu corpo e faço dele meu escravo, para que, depois de ter pregado aos outros, eu mesmo não venha a ser reprovado.”
Que palavras você usaria para descrever a nossa sociedade? Materialista, sensual, impaciente, indulgente,indisciplinada - estes são apenas alguns exemplos. Somos também influenciados por essa cultura. Satanás é especialista em nos apresentar oportunidades de gratificação instantânea, enquanto nos  garante que se cedermos aos nossos apetites receberemos a satisfação que buscamos.
Apetites humanos, em si, não são pecaminosos. Na verdade, eles são dados por Deus. No entanto, por causa de nossas fraquezas carnais, eles precisam ser controlados. Quando os nossos apetites nos governam, estamos em apuros. Paulo comparou a vida cristã com atletas que estão  focados em vencer a corrida e que exerçem auto-controle em todas as áreas de suas vidas.
Isso é exatamente como nós somos chamados a viver,ainda não temos a total motivação, determinação e poder de fazê-lo em nossa própria força. Por esta razão, precisamos confiar no Espírito Santo dentro de nós. Se cedermos a nossa vida a Ele e sairmos em obediência a Sua inspiração, teremos a força para dizer não quando sentirmos desejos carnais avassaladores. (Gl 5:16).
Outra chave para o sucesso é mantermos o  nosso foco no que é eterno em vez do que é temporal. Muitas decisões que parecem banais são, de fato espiritualmente significativas. Você está se entregando a um apetite que pode resultar em  sacrificar uma recompensa incorruptível no céu?
Quando o inimigo nos tenta, ele sempre tenta manter a nossa atenção em nosso desejo e no prazer momentâneo em vez de ser nas  recompensas eternas e nas bênçãos que estaremos perdendo. Apenas lembre-se:  a gratificação imediata passa muito rápida e a recompensa eterna dura para sempre.
Dr. Charles Stanley
Share
Posted in reflexao by agnes at March 16th, 2012.
Tags:
  • DIRCE

    COM CERTEZA AMIGA!!! É ISSO MESMO!!! MUITO BOA! PRINCIPALMENTE PARA NOSSOS JOVENS.