Plantando sementes…

João 4:34-38     “Disse Jesus: “A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou e concluir a sua obra. Vocês não dizem: ‘Daqui a quatro meses haverá a colheita’? Eu lhes digo: Abram os olhos e vejam os campos! Eles estão maduros para a colheita. Aquele que colhe já recebe o seu salário e colhe fruto para a vida eterna, de forma que se alegram juntos o que semeia e o que colhe. Assim é verdadeiro o ditado: ‘Um semeia, e outro colhe’. Eu os enviei para colherem o que vocês não cultivaram. Outros realizaram o trabalho árduo, e vocês vieram a usufruir do trabalho deles”.
Pensemos em tudo o que contribuiu para a nossa história, em  como viemos a conhecer Cristo como nosso Senhor e Salvador. Provavelmente não é possível contar plenamente todas as sementes espirituais que Deus usou para nos chamar a  atenção, nem todas as pessoas que semearam  a boa semente em nossa vida,  sem mesmo  saber qual seria o resultado.
Temos a oportunidade e o privilégio - todos os dias - de semearmos na vida dos outros:  nossos amigos, colegas de trabalho, filhos, netos, ou até mesmo estranhos. Deus usa o que  plantamos e adiciona mais…  levando outros a  regar com mais “água” no solo. Pouco a pouco, a verdade vai sendo  cultivada em suas vidas. Teríamos alguma coisa mais importante a fazer?
Por  outro lado,  podemos  nos concentrar em fornecer a nossos filhos  muita segurança material e enviá-los para as melhores escolas e faculdades - e nada contaria  para a eternidade. Mas quando  semeamos em suas vidas as coisas de Deus e as qualidades de Jesus, estamos alimentando seus espíritos. As sementes que afetam seus corações, vindas de Deus, vão fazer a diferença  no mundo e são as que vão produzir frutos, genuínos e duradouros e uma grande colheita em suas vidas. Podemos ver ou não os resultados, mas podemos ter a certeza de que  o Senhor estará usando profundamente esse tipo de semente quando  as semeamos.
Deus vê todas as pequenas coisas que fazemos, Ele está interessado em mais do que apenas ”grandes” coisas. O fruto do Espírito Santo - como a bondade, paciência e auto-controle - muitas vezes se manifestam de maneiras tranquila sem que  os outros  nunca nos dêem o crédito. Mas essas sementes espirituais realizam o trabalho poderoso em seu reino.
Share
Posted in reflexao by agnes at March 2nd, 2012.
Tags: